• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-04092018-095204
Documento
Autor
Nome completo
Maria Elizabet Lautert de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Custodio, Eda Marconi (Presidente)
Kovacs, Maria Julia
Oliveira, Reinaldo Ayer de
Roggero, Rosemary
Schmidt, Maria Luisa Sandoval
Título em português
Formação médica e humanização
Palavras-chave em português
Educação médica
Formação médica
Humanidades na medicina
Humanização
Resumo em português
A formação médica e a humanização da Medicina tem sido tema de atenção crescente nas áreas da Educação e da Saúde brasileiras. Esta pesquisa teve por objetivo analisar e discutir a formação em Medicina quanto a aspectos relacionados com a visão humanista e humanizada da profissão, bem como as influências da cultura médica e dos sujeitos envolvidos no processo de formação técnica e humanística. Considerou-se que professores e estudantes fazem parte de um contexto social e cultural em que se dá a graduação, a prática médica e a formação, tanto pessoal quanto profissional. Os participantes convidados foram quatro professores e quatro estudantes de Medicina. Foi utilizada a História Oral como método de entrevista, com uma questão inicial disparadora. As narrativas indicaram núcleos temáticos com estreita relação com os objetivos desta pesquisa. Os recortes nas narrativas, destacados nos resultados, foram analisados com fundamentos teóricos relacionados à formação médica e humanização, à luz da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt e com contribuições de autores da Sociologia, da Psicologia, da Medicina e da Educação, com os quais fosse possível estabelecer diálogo. Verificou-se um consenso entre os entrevistados professores e alunos quanto a ênfase e importância dada à capacitação técnica, sem o que não haveria o exercício adequado da profissão. Reconhecem também a importância das práticas humanizadas na saúde, e o fato de que a humanização deve ser desenvolvida e praticada desde a formação, estendendo-se ao exercício da profissão. No entanto, comentam de diferentes modos a necessidade de uma mudança estrutural, que abarque a cultura médica acadêmica e hospitalar e, de forma mais ampla, o sistema de saúde imerso na cultura da sociedade brasileira
Título em inglês
Medical education and humanization
Palavras-chave em inglês
Health
Humanization
Medical Education
Oral History
Resumo em inglês
The medical education and humanization of Medicine has been a topic of growing attention in the areas of Brazilian Education and Health. The aim of this research was to analyze and discuss medical education regarding aspects related to the humanistic and humanized view of the profession, as well as the influences of the medical culture and the individuals involved in the process of technical and humanistic education. It was considered that teachers and students are part of a social and cultural context in which the graduation, medical practice and education are provided, both in personal and professional field. The invited attendees were four teachers and four medical students. Oral History was used as an interview method, with an initial triggering question. The narratives indicated thematic nuclei closely related to the aims of this research. The narrative clippings, highlighted in the results, were analyzed with theoretical foundations related to medical education and humanization, in the light of the Critical Theory of the Frankfurt School and with contribution from Sociology, Psychology, Medicine and Education authors, with whom dialogue was possible. There was a consensus among the interviewees - teachers and students - regarding the emphasis and importance given to technical training, without which there would be no adequate exercise of the profession. Furthermore, they recognize the importance of humanized practices in health, and the fact that humanization must be developed and practiced since the education, extending to the exercise of the profession. However, in different ways, the necessity of a structure change which embraces the medical, academic and hospital culture and, more broadly, the health system immerse in the Brazilian society culture was remarked
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
souza_parcial.pdf (478.80 Kbytes)
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-09-03
Data de Publicação
2018-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.