• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo da Silva Maffei
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Espósito, Breno Pannia (Presidente)
Cerchiaro, Giselle
Silva, Denise de Oliveira
Título em português
Novos complexos de Cu(II) com ligantes fluorados para o tratamento de leishmaniose
Palavras-chave em português
Antimônio
Cobre
Flúor
Lactato
Leishmaniose
Tifluorolactato
Resumo em português
Este trabalho teve como objetivo a síntese e caracterização de novos complexos de Cu2+ com α-hidroxicarboxilatos fluorados, como forma de aumentar a lipofilicidade dos mesmos e, conseqüentemente, a sua biodisponibilidade. Os sólidos de coloração azul obtidos foram caracterizados por análise elementar e métodos espectroscópicos (eletrônico e infra-vermelho), confirmando a coordenação do metal a dois equivalentes dos ligantes, que se coordenam através da carboxila e da α-hidroxila. Testes de partição em vesículas multi-camadas de lecitina indicaram que o complexo derivado do ácido trifluorolático é o mais lipossolúvel. A capacidade dos complexos catalisarem a reação de formação de espécies reativas de oxigênio pela reação com peróxido foi estudada por um método fluorimétrico (oxidação da 1,2,3- dihidrorodamina), sendo que os complexos fluorados em geral apresentaram menor taxa de formação de espécies oxidantes. A atividade anti-leishmânica dos compostos foi estudada em promastigotas de Leishmania amazonensis, tendo o complexo bis(trifluorolactato) de cobre(II) apresentado a maior atividade, que foi entretanto menor que o íon livre Cu(II), o que sugere que o ligante sirva como um transportador de metal para o alvo. Todos os complexos foram menos tóxicos a células de mamífero (HeLa). Nossos dados indicam que o aumento de lipofilicidade e/ou da taxa de formação de radicais livres pode ser uma estratégia interessante para o desenvolvimento de metalofármacos anti-leishmânicos a base de cobre
Título em inglês
New Cu(II) complexes with fluorinated ligands for the treatment of leishmaniasis
Palavras-chave em inglês
Antimony
Copper
Fluorine
Lactate
Leishmaniasis
Trifluorolactate
Resumo em inglês
In this work we synthesized and characterized new Cu(II) complexes with fluorinated a-hydroxycarboxilates as a means of increase its lipophilicity and bioavailability. The blue solids were characterized by means of elemental analysis and spectroscopic methods (electronic and infrared), confirming the 2:1 ligand to metal stoichiometry and coordination through both the carboxylate and α-hydroxyl moieties. Partition tests in multi-lamellar lecitin vesicles showed that the trifluorolactate derivative is the most lipossoluble. The ability of the complexes to catalyze the formation of reactive oxygen species under reaction with peroxide has been studied by a fluorimetric method (oxidation of 1,2,3-dihydrorhodamine); the fluorinated complexes showed decreased probe oxidation rate. Antileishmanial activities were studied on Leishmania amazonensis promastigotes, and the bis(trifluorolactate)copper(II) displayed the highest activity among the complexes, but smaller than that of free Cu(II), suggesting that ligand may ferry the metal to its biological target. All the complexes were less toxic to mammal (HeLa) cells. Our data suggest that increase of lipophilicity and/or free radicals generation rate may be an interesting strategy to develop antileishmanial metallodrugs based on copper
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-05-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.