• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1990.tde-26082015-154650
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Alves de Almeida
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1990
Orientador
Banca examinadora
Coutinho, Jose Moacyr Vianna (Presidente)
Artur, Antonio Carlos
Egydio-Silva, Marcos
Título em português
Geologia da formação Água Clara na região de Araçaíba - SP
Palavras-chave em português
Geologia
Resumo em português
Na região de Araçaíba (SP) ocorrem dois litotipos, referidos às formações Água Clara e Córrego dos Marques. Essas unidades foram afetadas por sucessivas fases de deformação e metamorfismo e pos três grandes intrusões de rochas ígneas. A Formação Água Clara caracteriza-se por apresentar mudanças faciológicas de leste para oeste. A leste afloram rochas cálcio-silicáticas, de rochas xistosas, quartzísticas e metabásicas. Os metacarbonatos expostos a leste foram afetados por metamorfismo regional dinamotermal, em grau médio, da zona metamórfica da actinolita e os meta-sedimentos, com vulcânicas associadas, do lado oeste, por metamorfismo de grau médio da zona metamórfica do diopsídio. Havendo, assim, um aumento de grau metamórfico de leste para oeste. Associado a esse evento demetamorfismo regional dinamoternal, ocorreu o desenvolvimento do bandamento composicional detransposição ('S IND. n') da fase de deformação 'F IND. n', gerada por cisalhamento simples, de baixo ângulo e de caráter dúctil. As evidências mais marcantes desta fase de deformação são: presença dedobras intrafoliais. "boudinage" de camadas mais competentes, estiramento de grãos minerais, bem como a presença de dobras em bainha. Uma segunda fase de deformação 'F IND. n+1' desenvolveu o bandamento de transposição 'S IND. n+1' que se sobrepôs à superfície anterior 'S IND. n'. É uma foliação de transposição de alto ângulo que afetou generalizadamente os meta-sedimentos da Formação Água Clara. Associação a esta fase tardia de deformação desenvolveu-se um segundo evento de metamorfismo regional, de caráter termal, evidenciado pelo aparecimento de actinolitas centimétricas. Esse metamorfismo está associado à intrusão ígnea que, devido aos movimentos gerados por cisalhamento simples, de baixo ângulo, da fase 'F IND. n' resultou na formação de ortognaisses, expostos a oeste na área de estudo. A seguir, como conseqüência dessa deformação progressiva ) da fase 'F IND. n+1', ocorreu o desenvolvimento de movimentações sub-horizontais em zonas de cisalhamento de alto ângulo desenvolvidas tardiamente ("Shear Zones"), de uma fase de deformação 'F IND. n+2', que dobrou e redobrou os meta-sedimentos Água Clara, gerando macrodobras 'D IND. n+2'. Considerou-se para a Formação Água Clara uma idade de deposição no Proterozóico Inferior. Posteriormente, no Proterozóico Médio a Superior, houve a deposição dos meta-sedimentos da Formação Córrego dos Marques, correlacionados aos meta-sedimentos dos grupos Itaiacoca e Açungui-subgrupo Lajeado e Formação Rio das Pedras/Perau. A Formação Córrego dos Marques é constituída de meta-sedimentos predominantemente pelíticos e químicos e localmente psamíticos. São filitos, cálcio-filitos e cálcio-xistos finos, calcáreos dolomíticos impuros, quatzosos, com intercalações de quartzitos e metarenitos finos; localmente ocorrem metabasitos. Estruturalmente identificaram-se três fases de deformação denominadas de 'F IND. 1', 'F IND. 2' e 'F IND. 3', sendo que as duas últimas estão associadas às duas últimas fases que afetaram as rochas da Formação Água Clara, evidenciando um processo contínuo e progressivo de deformação. O metamorfismo regional dinamotermal é de grau fraco, fácies xisto verde. Intenso magmatismo ácido é identificado na área, através das rochas da Suíte Granítica Três Córregos. Posteiormente ocorreu novo magmatismo ácido caracterizado pelo Granito Apiaí. Atribuíram-se idades do Proterozóico Superior ao Cambro-Ordoviciano para essas unidades. E, finalmente, encerrando a etapa de transição da Plataforma Brasileira, ocorreram os grandes falhamentos transcorrentes, com destaque à Falha Quarenta Oitava.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Mot available.
Resumo em inglês
Two lithotypes occur in the Araçaíba region, in São Paulo State, attributed to Água Clara and Córrego dos Marques Formations. Both these units have been affected by several metamorphic events, plus the emplacement of three large intrusive igneous bodies. In the east part of the area, the Água Clara Formation displays alternating calc-silicate and impure carbonatic rocks, affected by regional dynamothermal metamorphism corresponding to the actinolite zone. Schists, quartzites and metabasites interbedded with calc-silicate rocks add to these rocks in the west area. In this case they are metamorphosed in the diopside zone, thus characterizing an increasing degree of metamorphism toward the west direction. Associated to this regional dynamothermal metamorphic event a compositional transposed layering has also developed ('S IND. n'), corresponding to an episode of deformation ('F IND. n'), caused by ductile low-angle simple shearing. The most remarkable evidences for this phase of deformation can be observed in different scales of approach: stretching of mineral grains, intrafolial folds, sheet folds and boudinage of more resistant rocks. A second phase of deformation ('F IND. n+1') caused the development of a compositional layering ('S IND. n+1'), overprinted on the previous surface ('S IND. n'). It is represented by a higy-angle transposed foliation which affected the metassediments of the Água Clara Formation as a whole. Together with this late phase of deformation, a second episode of regional metmorphism of thermal character has developed, as displayed by centimetric actinolite crystals. This metamorphism is associated with igneous activity resulted in orthogneisses, due to tectonic movements caused by simple low-angle shearing during the phase ('F IND. n'). Next, as a consequence of the progressive deformation of phase ('F n+1'), sub-horizontal movements affected the lately developed high-angle shear zones attributed to a ('F n+2') phase, wich folded and re-folde the metassediments of Água Clara Formation, thus originating macrofolds ('D n+2'). The deposition of sediments which composes the àgua Clara Formation is thought to be of Lower Proterozoic age, while those which formed the Córrego dos Marques Formation, would have been deposited in Middle to upeer Proterozoic. This Formation, as defined here, is correlated to the metassediments of Itaiacoca and Açungui Groups - Lajeado Subgroup and Rio das Pedras/Perau Formation. The Córrego dos Marques Formation ismade up mostly of politic (locally psamitic) and chemical metassediments: phyllites, calc_phyllites and fine-grained calc-schists, impure dolomitic limestones, interbedded with quartzites and fine-grained metarenites, and, locally, metabasites. Three phases of deformation have been recognized ('F IND.1' , 'F IND.2' and 'F IND.3), the last two of them being associated with the two last phases wich affected the rocks of Água Clara Formation. A progressive and continuous process of deformation is thus indicated. Regional dynamothermal metamorphism is weak, corresponding to the greenschist facies. Rocks of Thês Córregos Granitic Suite record an intense phase of acid magmatism, continued through the enplacement of Apiaí Granite. The ages of theses units are supposed to range from Upper Proterozoic to Cambro-Ordovician. The final events of the geologic evolution are connected to big transcurrent faults, among shich the Quarenta Oitava Fault is the most important. This tectonic activity represents the transitional stage whose end resulted in the achievement of the Brazilian Plataform.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Almeida_Mestrado.pdf (30.33 Mbytes)
Data de Publicação
2015-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.