• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2002.tde-22102015-154259
Documento
Autor
Nome completo
Tânia Marize de Castro Jacobsohn
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Egydio-Silva, Marcos (Presidente)
Machado, Rômulo
Trindade, Ricardo Ivan Ferreira da
Título em português
Aplicação da anisotropia de susceptibilidade magnética na análise cinemática em rochas metamórficas de alto grau: complexos Juiz de Fora e Paraiba do Sul - divisa MG/RJ
Palavras-chave em português
Cinemática
Geologia estrutural
Rochas metamórficas
Resumo em português
A anisotropia de susceptibilidade magnética (ASM) foi utilizada como ferramenta auxiliar para o estudo do comportamento cinemático de rochas metamórficas de alto grau, paleoproterozóicas, retrabalhadas durante o Ciclo Brasiliano, cuja evolução inclui metamorfismo progressivo, fácies anfibolito alto e fácies granulito, migmatização, milonitização e metamorfismo retrógrado, numa área localizada na Faixa Ribeira, divisa Minas Gerais - Rio de Janeiro, região sudeste do Brasil. A contribuição de minerais ferromagnéticos e paramagnéticos, como magnetita, pirrotita, hematita alto titânio, ilmenita, biotita, piroxênio e anfibólio, responde pela fábrica magnética das rochas estudadas. Os elipsóides de ASM, predominantemente oblatos, mostraram eixos definidos e coordenadas geográficas concordantes com as atitudes das estruturas planares e lineares observadas em campo, agrupamento estatístico consistente e, fábrica magnética normal, possibilitando visualizar o comportamento cinemático da área através da aplicação da técnica da ASM. A associação dos estudos petrográficos, dados de campo e medidas da ASM indicaram que a área foi afetada por colisão frontal, de direção aproximada leste - oeste, que produziu transporte de massa para oeste, ao longo de falhamentos de empurrão, com mergulho suave para SE, num domínio de predominância da tectônica tangencial. Uma componente oblíqua associada produziu deslocamentos ao longo de um plano de alto ângulo, de direção NE, com sentido NE para SW, em domínio da tectônica direcional, no limite oriental da área. O quadro cinemático, considerando as principais direções de movimento e tensão verificadas na área, sugere um modelo evolutivo de convergência frontal do Cráton do Congo com o Cráton do São Francisco, no Neoproterozóico, sob regime transpressional. Falhamentos de empurrão, que promoveram o deslizamento de rochas de profundidade, sobre rampas oblíquas de baixo ângulo, para oeste, ) em direção ao Cráton do São Francisco, foram sucedidos por deslizamento direcional de massa, de NE para SW, ao longo de uma zona de cisalhamento dextrogira, de atitude média N45E/60SE. A fase tangencial, de cavalgamentos oblíquos, precedeu a fase transcorrente, dentro de um mesmo evento transpressivo, onde ocorreram soerguimento, rotação e inversão dos blocos de rocha que hoje afloram na região.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Anisotropy of magnetic susceptibility (MAS) was applied to study the kinematic behavior of high grade metamorphic rocks, with paleoproterozoic age, reworked during the Brasiliano Cicle, which geological history includes progressive metamorphism in high amphibolite and granulite facies, migmatization, mylonitization and retrogressive metamorphism, located in Ribeira Folded Belt, southeast of Brazil. The magnetic fabric is carried by ferromagnetic and paramagnetic minerais mainly magnetite, high-Ti hematite, pyrrothite, pyroxene, amphiboles and biotite. The AMS elipsoids, oblates is mostly part of the area, have well defined axes and, the geographic coordinates of AMS axes were in good agreement with planar and linear structure attitude, observed in the field studies. The AMS eigenvectors, K1 K2 and K3, shown a straight groupment, all over the area, as well the AMS, correlated with the field data, indicated a normal magnetic fabric. These data enabled to find the kinematic scenario and to recognize the effects of coaxial and non-coaxial strain, in the area. The association of petrographic studies, conventional structural methods and AMS measurements, allowed to conclude that the area has undergone frontal collision, with mass displacements towards the west, east - west sense, through thrust faults, gentle dipping SE, in tangencial domain. One oblique associated component developed strike-slip and down dip faults, NE strike, NE to SW sense, in transcurrent domain, eastwards. The kinematic scenario, regarding the main stress and movement strikes, suggests a tectonic evolution where the Congo and San Francisco had undergone frontal convergency, during the Brasiliano Cicle, under transpressional conditions. Thrust faults, along low - angle lateral oblique ramps, caused the mass transport towards the west, followed by strike - slip displacements along NE-SW high - dip shear zone, with dextral sense, attitude N45E/60SE. The oblique thrusts were previous to the transcurrent movements, both in the same transpressional domain, where the rocks wich outcrop in the area were uplift, rotated, flattened and sheared.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Jacobsohn_Mestrado.pdf (29.88 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.