• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1992.tde-22072015-094204
Documento
Autor
Nome completo
Amarildo Salina Ruiz
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1992
Orientador
Banca examinadora
Brito Neves, Benjamim Bley de (Presidente)
Cesar, Antonio Romalino Santos Fragoso
Ulbrich, Horstpeter Herberto Gustavo Jose
Título em português
Contribuição à geologia da região do Distrito de Cachoeirinha - MT
Palavras-chave em português
Cachoeirinha (MT)
Geologia regional
Resumo em português
O mapeamento geológico (esc.1:100.000) realizado na região do Distrito de Cachoeirinha, sudoeste de Mato Grosso, revelou a existência de dois grandes conjuntos de rochas: o Grupo Alto Jauru, uma sequência vulcano-sedimentar do tipo greenstone belt, e as Unidades Intrusivas representadas por gnaisses granodioriticos (Gnaisses São Domingos) e monzograniticos (Gnaisses Aliança), tonalitos orientados (Tonalito Cabaçal), um batolito monzogranitico com sienogranitos e granodioritos minoritários (Suíte Intrusiva Santa Cruz) e, finalmente, monzogranitos maciços (Suíte Intrusiva Alvorada). O Grupo Alto Jauru exoõe-se como um cinturão estreito e alongado (Sinforme da Fazenda Sudam) com orientação em torno de N20°W ou como megaxenólitos distribuídos no interior das Unidades Intrusivas. Os fragmentos são essencialmente hor nblenda anfibolitos cinza escuro, orientados, de granulação fina a média. A parte exposta no cinturão foi dividida em duas unidades informais: a unidade dos biotita-muscovita-granada gnaisses e dos muscovita-sillimanita-biotita xistos. A primeira ocorre na região mais externa da sinforme, constitui-se essencialmente por biotita-muscovita-granada gnaisses com intercalações subordinadas de tremolita-clorita xistos, tremolita-actinolita anfibolitos muscovita-quartzo xistos; a outra unidade, constitui-se de granada-muscovita-sillimanita-biotita-xistos e se restrige ao núcleo da estrutura dobrada. As rochas gnáissicas são representadas pelos Gnaisses São Domingos e Aliança que, na ausência de dados conclusivos, foram posicionados como contemporâneos. O primeiro é composto por gnaisses cinza escuros e cinza escuro rosados, equigranulares, de granulação média a grossa, de composição modal equivalente a dos granodioritos. Os Gnaisses Aliança são cinza claros, de granulação média e raramente grossa e possui composição modal monzogranitica. Integram ainda as Unidades Intrusivas: o Tonalito Cabaçal, um corpo estreito e alongado, constituído por rochas cinza escuras, de granulação média a grossa, equigranulares, fortemente orientados e com milonitização nas bordas; a Suíte Intrusiva Santa Cruz, um batólito alongado, composto por duas facies distintas: uma, a base de rochas róseas, grossas, orientadas, de composição monzogranitica e raramente sienogranitica, e outra composta por granodioritos grossos, equigranulares e orientados: finaliza o magmatismo, um conjunto de stooks circulares a subcirculares constituídos por rochas cinza claras e rosa acinzentadas, equigranulares, granulação fina a média e composição mozogranitica (Suíte Intrusiva Alvorada). A análise estrutural revelou uma história deformacional com pelo menos três fases super impostas de dobramentos. A primeira (D1) caracteriza-se pelo desenvolvimento de uma foliação penetrativa S1 (bandamento ou xistosidade) com orientação em torno de N50°-60°W/60°-70°NE e raramente SW, observada no Grupo Alto Jauru, Gnaisses São Domingos e Aliança. A fase Dz é marcada pelo desenvolvimento de dobras apertadas a cerradas, assimétricas, isoclinais, desenhadas pelas superfícies S1. A foliação Sz é principalmente uma clivagem de crenulação ou uma xistosidade paralela a S1 e visível nos Gnaisses e supracrustais. No tonalito Cabaçal e Suíte Santa Cruz é definida por uma xistosidade com atitude em torno de N50°-60°W/60°-70°NE. A fase Da desenvolveu estruturas localizadas e é marcada por dobras abertas, simétricas a assimétricas, com eixo caindo para NE. A foliação plano axial é uma clivagem de crenulação ou de fratura com orientação de N30°-40°E/65°-75°SE, indicando vergência para SE.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
The geologic mapping (scale 1:100.000) made in the region of Cachoeirinha District. Sothwet of the state of Mato Grosso. , has shown the existence of two large sets of rocks: the Alto Jauru Group, a volcano-sedimentary sequence of the greenstone belt lype, and the Intrusive Units represented by granodioritics gneisses (São Domingos Gneisses) and monzogranitics (Aliança Gneisses) oriented tonalities (Cabaçal Tonalite), a monzogranitics batolito with minority sienogranites and granodiorites (Santa Cruz Intrusive Suite) and, finally, massive monzogranites (Intrusive Suite Alvorada). The Alto Jauru Group outcrops as a narrow and alongated belt (sinforme of the Sudam Farm) with orientation of abount N20W or as megaxenolites distributed in the interior of the Intrusive Units. The fragments are mainly oriented light gray hornblende anfibolite, with a fine to medium granulation. The outcropped part of the belt was divided in two informal units: the biolite-muscovite-garnet gneisses and the muscovite-sillimanite-biolite schists. The former appears in the most external region of the sinform, and is mainly composed of biotite-muscovite-garnet gneisses with intercalations subordinated of tremolite-clorite schists, tremolite-acnolite anfibolites and muscovite-quartz schists; the latter is formed by garnet-muscovite-sillimanite-biolite schists and restricted to the folded structure core. The gneissic rocks are represented by the São Domingos and Aliança Gneisses which, in the absence of concluding data, were placed as contemporary. The former is composed by dark-gray and dark pinkish-gray gneisses which are equigranulates, of a medium to thick granulation, and a modal composition equivalent to the granodiorites. The Aliança Gneisses are light gray, of a medium rarely thick granulation and has a monzogranitic modal composition. The Intrusive Units are also composed of Cabaçal Tonalite, which is a narrow and alongated body, formed by dark-gray rocks, of medium to thick granulation, which is equigranulated, strongly oriented and with milonitization in its borders; the Santa Cruz Intrusive Suite, an alongated batolite, composed of distinct facies: one, made of oriented thick pink rocks, of monzogranitic and rarely sienogranitic composition and the other composed of thick, equigranulated, oriented granodiorites; the magmatism ends in a set of circular to subcircular stocks made of loght gray grayish pink rocks, which are equigranulated, of a fine to medium granulation and monzogranitic composition (Alvorada Intrusive Suite). The structural analysis has shown a deformational history with at least 3 superposed folde phases. The former (D1) is characterized by the development of a penetrative foliation S1 (banding or schistosity) with orientation of about N50-60W/60-70 NE and rarely SW, observed in the Jauru Group, São Domingos and Aliança Gneisses. The Dz phase is marked by the development of closed to thick folds, which are assimetric, isoclinal, designed by the S1 surfaces. The Sz foliation is mainly a crenulation cleavage or a schistosity that is parallel to S1 and visible in the Gneisses and supracrustals. A schistosity with attitude of about N50-60W/60-70 NE is defined in the Cabaçal Tonalite and Santa Cruz Suite. The Da phase has developed a localized structure and is marked by opened folds shich are assimetric, with its axis plunging to the NE. The axial plane foliation es either a crenulation or a fracture cleavage with orientation of about N30-40E/65-75 SE, indicating vergence to SE.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Ruiz_Mestrado.pdf (10.25 Mbytes)
Data de Publicação
2015-07-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.