• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2001.tde-18092015-171000
Documento
Autor
Nome completo
Claudio Genthner
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Ferrari, José Antonio (Presidente)
Auler, Augusto Sarreiro
Karmann, Ivo
Título em português
Aplicação do traçador fluorescente rhodamina-WT no estudo geohidrológico da área carbonática Lajeado-Bombas, vale do Betari, sul do Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Hidrogeologia
Iporanga (SP)
Resumo em português
Testes qualitativos e quantitativos com o traçador fluorescente rhodamina-WT (RWT) foram realizados na porção sudoeste da área carbonática Lajeado-Bombas, localizada no alto vale do rio Ribeira de Iguape, município de Iporanga, na região sul-sudeste do Estado de São Paulo. A partir dos testes qualitativos foi possível identificar dois sistemas de drenagem subterrânea independentes na área estudada: sistema Córrego Fundo e sistema Areias-Bombas. No sistema Córrego Fundo foi comprovado que em condições de nível de água (n.a.) baixo, as águas coletadas pelo sumidouro da gruta do Córrego Fundo e pelo sumidouro do córrego da Passoca, ressurgem no lago do Bairro da Serra, configurando um sistema convergente. Já em períodos de n.a. alto, as águas destes dois sumidouros ressurgem tanto na ressurgência do lago do Bairro da Serra como na ressurgência da gruta do Córrego Seco, caracterizando um sistema divergente. No sistema Areias-Bombas, os córregos provenientes da serra da Anta Gorda são injetados na área carbonática, passam pela gruta das Areias de Cima e convergem para a depressão das Areias. Os córregos Batalha, Sebastião Machado e Carniça são responsáveis pela formação do ramo esquerdo desta gruta, enquanto que o córrego Grande e Roncador formam as galerias do ramo direito. Na depressão das Areias, a drenagem é injetada na gruta das Areias de Baixo, vindo a ressurgir na gruta do Laboratório. Neste percurso o sistema recebe as águas do sumidouro autogênico da Berta do Leão I e II. Os córregos Grande e Roncador apresentam um caráter divergente, remetendo parte do seu fluxo para a ressurgência das Bombas. Os testes quantitativos foram realizados na rota de fluxo "sumidouro do córrego Carniça-depressão das Areias-ressurgência da gruta do Laboratório", permitindo caracterizar parâmetros hidrológicos e características morfológicas da rota em duas situações distintas: durante período de chuvas e durante período de estiagem. No período de estiagem a circulação da água foi caracterizada por movimentos lentos com velocidades médias de 0,08 m/s e velocidades máximas de 0,17 m/s. Já em épocas de chuva os movimentos foram mais rápidos, com velocidades médias de 0,15 m/s e velocidades máximas de 0,38 m/s.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The main proposal of this research is the geohydrological study of the southwestern part of the Lajeado-Bombas limestone area using qualitative and quantitative dye-tracing tests with rhodamine-WT (RWT). The study area lies in the upper Riviera river valley, Iporanga municipality, Southern São Paulo, Brazil. Based on the qualitative dye-tracing test, two independent underground drainage systems have been identified: the Córrego Fundo and the Areias-Bombas systems. The Córrego Fundo system showed a convergent drainage behavior during low-stage periods, by which the water collected by the Córrego Fundo and Passoca caves comes out at the Bairro da Serra lake. On the other hand, during high-stage periods the same system exhibits a divergent pattern, and the water collected by the above two caves comes out both at the Bairro da Serra Lake and the Córrego Seco cave ressurgence. In the Areias-Bombas system, the allogenic rivers coming from the Anta Gorda range sink into the limestone, go through the Areia de Cima cave, and converge to the Areias karst depression. The Batalha, Sebastião Machado and Carniça creeks form the left branch of the Areias cave system, whereas the Grande and Roncador creeks belong to the right branch of this cave. In the Areias depression the water drains into the Areias de Baixo cave and comes out at the Laboratório cave ressurgence. During this flow route the system receives water from the Berta do Leão I and II autogenic sinkholes. The Roncador and Grande creeks have a divergent drainage pattern in which part of their water goes to the Bombas ressurgence. Quantitative dye-tracing tests were performed during high-and low-stage periods for the flow route between the Carniça creek sinkhole, Areias depression and Laboratório ressurgence. During the low-stage period the measured mean groundwater flow velocity was 0,08m/s with a maximum of 0,17m/s. During the high-stage period the mean flow velocity was 0,15 m/s with a maximum of 0,38 m/s.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Genthner_Mestrado.pdf (10.83 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.