• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2008.tde-15082008-140644
Documento
Autor
Nome completo
Roseane Ribeiro Sarges
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Riccomini, Claudio (Presidente)
Figueiredo Junior, Alberto Garcia de
Rossetti, Dilce de Fátima
Silva, Telma Mendes da
Suguio, Kenitiro
Título em português
Relações entre as estruturas tectônicas, sedimentação coluvial e geomorfogênese da região de Manaus, Amazonas
Palavras-chave em português
Amazônia
Estruturas tectônicas
Geomorfogênese
Sedimentação coluvial
Resumo em português
O relevo da região de Manaus, porção nordeste do Estado do Amazonas, constitui um excelente exemplo de modificação de paisagem. Localizada entre dois rios de grande porte, o Negro e o Amazonas, esta região foi palco de eventos de denudação e movimentações tectônicas que ocorreram desde o final do Cretáceo. Parte da sedimentação resultante da atuação de processos denudacionais na região está documentada pelos depósitos coluviais, que foram subdivididos em quatro tipos, denominados DCA, DCB, DCC e DCD, com base na litologia e constituição dos litoclastos presentes. O DCA é constituído por cascalhos maciços sustentados pela matriz (fácies Cmsm), cascalhos maciços sustentados por clastos (fácies Cmsc) e areias maciças (fácies Am). O DCB consiste em cascalhos maciços com seixos de lamitos semi-flint (fácies Cmsf). O DCC compreende cascalhos maciços sustentados pela matriz (fácies Cmsm) e cascalhos finos com gradação inversa (fácies Cgi). Finalmente, o DCD corresponde a cascalhos maciços sustentados pela matriz (fácies Cmsm) ou por clastos (fácies Cmsc) e cascalhos com gradação inversa (fácies Cgi). Estes depósitos foram formados em múltiplos eventos de coluviação que ocorreram provavelmente desde o Plioceno-Pleistoceno, sob influência de pulsos tectônicos. Os processos denudacionais associados a movimentos tectônicos foram responsáveis pela geração de suprimento sedimentar e construção do modelado, resultando na erosão e pediplanação das rochas sedimentares da borda norte da Bacia do Amazonas. O relevo resultante é caracterizado por terraços fluviais, terraços erosivos, vales, planícies de inundação, divisores dissecados com topo agudo e divisores tabulares com topo côncavo a plano, com baixos ângulos de declividades (em média 8º). Estas feições geomórficas estão distribuídas nos compartimentos topográficos Δh<50m, Δh=75m e Δh>100m. O compartimento Δh<50m compreende as áreas de acumulações fluviais distribuídas ao longo dos rios Amazonas, Negro, Cuieiras, Tarumã Mirim, Tarumã Açu, Puraquequara e Preto da Eva. Os compartimentos Δh=75m, que ocorre na região do rio Cuieiras, e h>100m, que compreende a área entre os rios Tarumã Mirim e Preto da Eva, correspondem às áreas de ocorrência de divisores tabulares com diferentes graus de dissecação. Falhas normais sinsedimentares resultantes de esforços distensivos N-S que afetam a Formação Alter do Chão indicam que pulsos de movimentações tectônicas têm atuado na região desde o final do Cretáceo. Subseqüentemente, vigorou uma distensão radial, registrada por falhas e fraturas nos depósitos pós-cretáceos. A última fase está representada por esforços distensivos E-W, com falhas e fraturas que afetam perfis lateríticos imaturos e sedimentos quaternários. Estes movimentos tectônicos estão refletidos no relevo como inflexões abruptas ou segmentos retilíneos nos canais de drenagem, desembocaduras afogadas e alinhamentos de feições geomórficas. Os esforços tectônicos foram responsáveis por duas reorganizações na rede de drenagem, que imprimiram importantes modificações na paisagem da área. A primeira reorganização, miocena, está representada pelo paralelelismo dos rios Tarumã Mirim, Tarumã Açu, Puraquequara e Preto da Eva, tributários dos rios Negro e Amazonas, e associado à reversão do fluxo do rio Amazonas de oeste para leste, conforme o modelo proposto para a região. A segunda, de abrangência local e registrada na parte no oeste da área, imprimiu inflexões anômalas em trechos do canal do rio Cuieiras, promoveu capturas de drenagens e está associada à formação do compartimento Δh=75m. Esta modificação local da rede de drenagem está relacionada à distensão radial pós-cretáceo.
Título em inglês
Relation ships between tectonic structures, colluvial sedimentation and geomorphogenesis in the Manaus region, Amazonas
Palavras-chave em inglês
Amazonia
Colluvial sedimentation
Geomorphogenesis
Tectonic structures
Resumo em inglês
The landforms of the Manaus region, northeastern State of Amazonas, constitute an excellent example of the modification of landscape. This region is located between two large rivers, the Negro and the Amazonas, and has been subjected to denudation and tectonic events that occurred since the late Cretaceous and are the main mechanism for shaping the landscape of the Manaus region. Sedimentation and denudation in the region are recorded by colluvial deposits which are subdivided into four classes (DCA, DCB, DCC and DCD), based on their facies characteristics (mainly lithology) and composition of lithoclasts. The DCA consists of massive matrix-supported gravels (facies Cmsm), massive clast-supported gravels (facies Cmsc) and massive sands (facies Am). The DCB are characterized by gravels with semi-flint mudstone pebbles (facies Cmsf). The DCC consists of massive matrix-supported gravels (facies Cmsm) and fine gravels with inverse grading (facies Cgi). Finally, the DCD consists of massive matrix-supported gravels (facies Cmsm), or alternatively massive clast-supported gravels (facies Cmsc) and gravels with inverse grading (facies Cgi). The origin of these deposits has been attributed to various episodes of colluviation that likely occurred in the Pliocene or Pleistocene. The denudation and tectonic events generated sedimentary supply and sculpted the relief, leading to the erosion and pediplanation of sedimentary rocks in the studied region. The relief is characterized by fluvial and erosional terraces, valleys, floodplains, dissected divides (acute to tabular tops) and low declivities (averaging 8º). These geomorphic features are distributed in three topographical domains, Δh<50m, Δh=75m and Δh>100m. Topographical domain Δh>100m, which corresponding to the area between the Tarumã Mirim and Preto da Eva rivers, is a tabularshaped divide with varying degrees of dissection. Synsedimentary normal faults in the Alter do Chão Formation, attributed to an extensional N-S trending stress-field, indicate tectonic activity since the deposition of this Cretaceous formation. Subsequent tectonic pulses are related to a radial extensional regime that affected post-Cretaceous deposits. This was followed by an another extensional E-W trending regime that affected the immature lateritic profiles and Quaternary sediments. The tectonic events caused drainage anomalies, alignments of geomorphic features, reorganization of drainage networks and also imposed important modifications on the landscape in the region. The drainage anomalies include sharp inflections in drainage channels, rectilinear drainage segments and dammed channels. Two main landscape modifications took place: the first one is represented by the parallel configuration of the Tarumã Mirim, Tarumã Açu, Puraquequara and Preto da Eva rivers which are tributaries of the Negro-Amazonas river system, and the second one, a local readaptation of segments of the Cuieiras river. In addition, this later reorganization caused anomalous inflections and captures in the Cuieiras river channel and is associated with the formation of the topographical domain Δh=75m. This event was attributed to tectonics related to the radial extension.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RRS1.pdf (17.50 Mbytes)
Data de Publicação
2008-08-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.