• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1993.tde-10042015-124746
Documento
Autor
Nome completo
Mario Juiti Motidome
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1993
Orientador
Banca examinadora
Sadowski, Georg Robert (Presidente)
Campanha, Ginaldo Ademar da Cruz
Hackspacher, Peter Christian
Título em português
Geologia do complexo Embu na região entre Santa Isabel e Biritiba-Mirim, SP
Palavras-chave em português
Geologia
São Paulo
Resumo em português
O mapeamento de uma faixa de 38 x 18 km entre Santa Isabel e Biritiba Mirim (centro-leste de São Paulo) permitiu o reconhecimento dos Complexos Rio Capivari, Pilar e Embu, limitados entre a Zona de Cisalhamento do Rio Jaguari (Falha de Jaguari/Monteiro Lobato) e a Zona de Cisalhamento de Cubatão. A Zona de Cisalhamento de Guararema divide esta área em dois grandes blocos, ao norte localizam-se os complexos Rio Capivari e Embu, e ao sul o Complexo Pilar. O Complexo Rio Capivari é constituído por hornblenda biotita gnaisses de composição tonalítica, de estrutura centimetricamente bandada. Encontra-se migmatizado por leucossomas brancos de composição trondhjemítica com anfibólio, e leucossomas rosados de composição granítica, com e sem anfibólio. Este conjunto, embora de idade do Proterozóico Inferior/Arqueano, mostra igual número de fases de deformação que as seqüências supracrustais dos Complexos Pilar e Embu. O Complexo Pilar é constituído essencialmente por metassedimentos pelíticos e pelito-psamíticos, além de rochas cálcio-silicáticas e possíveis ortognaisses de composição granodiorítica. A rocha volumetricamente mais importante corresponde a muscovita biotita xisto, e subordinadamente granada biotita xisto. O Complexo Pilar apresenta cerca de quatro fases de deformação sendo as três primeiras sin-xistosas. A foliação principal (Sz) é marcada por achatamento de grãos de quartzo e principalmente pela orientação de micas. O metamorfismo principal ocorreu em condições de fácies xisto verde, zona da granada e biotita, embora regionalmente sejam relatadas cianita e estaurolita. Rochas granitóides associadas ao Complexo Pilar são biotita granitos porfiróides (Granitos Itapeti e Santa Catarina) e granitos a duas micas (Granitos Mogi das Cruzes e Sabaúna, eventual portador de granada). Um terceiro tipo de granito que ocorre na área do Complexo Pilar e espacialmente associado à Zona de Cisalhamento de Guararema ) corresponde a turmalina leucogranitos brancos designados de Bairro dos Nogueiras, que formam pequenos corpos alongados. Foram individualizadas cerca de sete unidades de mapeamento no Complexo Embu, constituído basicamente por prováveis ortognaisses microporfiróides e biotita gnaisses aluminosos/xistos. Estas unidades foram tentativamente empilhadas segundo a principal superfície tectônica, a xistosidade Sz. Apresenta quatro fases de deformação, as três primeiras sin-xistosas. As duas primeiras foliações geraram-se em fácies anfibólito alto marcada pela formação de sillimanita e feldspato potássico. A terceira fase de deformação caracteriza-se por recristalização de biotita. Rochas granitóides intrusivas no Complexo Embu foram separadas em cinco tipos. Três destes foram analisadas quimicamente e apresentaram composições quartzo-monzoníticas, granodioríticas e graníticas. Elementos Terras Raras indicam fontes magmáticas distintas para os três tipos de granitóides. A história metamórfica e a associação de rochas granitóides distintas cós Complexos Pilar e Embu, sugerem que estes complexos não sejam correspondentes, embora estruturalmente semelhantes. Dados geocronológicos disponíveis indicam idades do Proterozóico Médio para a sedimentação do Complexo Pilar e metamorfismo principal a cerca de 750 Ma. Embora carecendo de melhor caracterização geocronológica, o Complexo Embu apresenta idades limitadas ao Proterozóico Superior e o evento metamórfico principal é algo mais jovem (730 Ma) que o Complexo Pilar.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Geological mapping of an area between Santa Isabel and Biritiba-Mirim (East of São Paulo State), measuring 38 x 18 km, bounded to the North by Rio Jaguari Shear Zone and to South by Cubatão Shear Zone, showed the ocurrence of Rio Capivari, Pilar and Embu Complexes. Guararema Shear Zone which runs aproximatelly East-West divides that area in the Northern part crop out rocks of Rio Capivari and Embu Complexes, and in the Southern portion rocks of Pilar Complex. Rio Capivari Complex consists of hornblende biotite gneiss of tonalitic composition, of banded to homogeneous structure. It is cut by three kinds of leucossome, hornblende bearing trondhjemitic white leucossome and granitic (with or without hornblende) pinkish leucossomes. This complex of Lower Proterozoic/Archean age, shows same deformation phases of the supracrustal rocks from Pilar and Embu complexes. Metamorphism responsible of migmatization took place possibly slightly above conditions of ordinary regional metamorphism. Pilar Complex contains three mapping units. It mainly consists of pelitic to psamo-pelitic metasediments, but also calc-silicate rocks and granodioritic gneisses of probable igneous origin. Most important rocks are muscovite biotite schists and garnet biotite schists. Pilar Complex shows four phases of folding, the last one has not generated an axial plane foliation. Main foliation is linked to the second phase and is characterized by flattening of quartz grains and the orientation of micaceous minerals. The sequence went through greenschist facies metamorphism, biotite to garnet zones, although regionally staurolite and kyanite have been reported. Granitic rocks intruding Pilar Complex are porphyritic biotite granites (Itapeti e Santa Catarina granites) and two mica granites (Mogi das Cruzes and Sabauna, the last one a garnet bearing granite). A third kind of granite which is spatially related to the Guararema Shear Zone is a white tourmaline leucogranite named Bairro dos Nogueiras. Seven lithological units have been defined in the Embu Complex, which consists of microporphyritic biotite orthogneiss and alumina-rich gneisses and schists. A tentative column of those units is based on the most pervasive structure S2. Four folding phases were recognized, the first two have generated a schistosity, which developed under upper amphibolitic facies (second isograd of sillimanite) and the third one under greenschist facies conditions. Granitic rocks (s.l.) were separated into five types of granitoids. Three types were geochemically analised and showed quartz-monzonitic, granodioritic and granitic compositions. Rare Earth Elements (REE) indicates three different magma sources. Metamorphic history and different igneous association suggest that Embu and Pilar Complexes are not similar, although show a very close structural history. Available geochronological data suggests a Middle Proterozoic age to the sedimentation of Pilar metasediments and main metamorphic event around 750 Ma. Although lacking better geochronological characterization Embu Complex suggest Upper Proterozoic ages, with main metamorphic event slightly younger (ca. 730 Ma) than Pilar Complex.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Motidome_Mestrado.pdf (12.33 Mbytes)
Data de Publicação
2015-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.