• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2001.tde-05102015-124709
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Maria Ferrer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Hypólito, Raphael (Presidente)
Duarte, Uriel
Sígolo, Joel Barbujiani
Título em português
Fixação e mobilidade de espécies de mercúrio no sistema sedimento/Água do mangue no município de Cubatão, São Paulo
Palavras-chave em português
Geoquímica
Sedimentologia
Resumo em português
A área de estudo, encontra-se degradada especialmente devido o lançamento contínuo de efluentes na Baía de Santos, Rio Cubatão etc. com fontes difusas de emissão de mercúrio, além da ocupação urbana e industrial, muito próximas. Uma vez detectada a presença de mercúrio no estuário, realizaram-se levantamentos sobre as características geológicas e parâmetros físico-químicos locais, objetivando o estudo do comportamento do mercúrio nesse ambiente. A assembléia mineralógica é composta essencialmente por quartzo, minerais micáceos e fragmentos síltico-argilosos associados ao Complexo Costeiro. Presença de pirita, matéria orgânica e valores de potencial de óxido-redução, indicam estabilidade do mercúrio sob a forma de 'Hg IND. (aq)' e de HgS. As cargas superficiais negativas das partículas coloidais associadas aos argilominerais facilitam a adsorção de mercúrio iônico e/ou complexado. O mercúrio acha-se associado à matéria orgânica nos sedimentos e nos lodos exerce pouca influência em seu comportamento. Os óxidos-hidróxidos pouco contribuem para a fixação do mercúrio nos sedimentos, mas são decisivos nos lodos. A força iônica influi na mobilidade do mercúrio apenas nos locais sujeitos à variação da maré. Verificou-se experimentalmente que a presença de sais atua na adsorção de mercúrio nos principais minerais da área (caulinita e gibbsita).
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The study area, is especially degraded due to the continuous release of effluent in the Santos Bay, Cubatão River etc. coming from diffuse sources of mercury emission, besides the urban and industrial, very close occupation. Once presence of the mercury was detected in the estuary, were made studies of the geological characteristics and local physical-chemical parameters, in order to determine the behavior of the mercury in this environment. The mineralogical assembly is composed essentially by quartz, micaceous mineral and siltic-loamy fragments associated to the Complexo Costeiro. Pyrite presence, organic matter and value of oxide-reduction potential, indicated mercury stability under the form of 'Hg IND. (aq)' and HgS. The negatives surperficial loads of the colloidal particles associated to the clay minerals facilitate the adsorption of mercury ionic and/or complex. The mercury is associate to the organic matter in the sediments and in the muds it has little influence in your behavior. The oxide-hydroxides a little contribute to the mercury fixation in the sediments, but they are decisive in the muds. The ionic strength just influences on the mobility ofo the mercury in the places subject to the variation of the tide. It was verified experimentally that salt presence acts in the mercury adsorption in the principal minerals of the area (caulinite and gibbsite).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Ferrer___Mestrado.pdf (9.50 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.