• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1977.tde-25092015-095717
Documento
Autor
Nome completo
Remy David Antezana Paniagua
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1977
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro Filho, Evaristo (Presidente)
Davino, André
Qualifik, Paul
Título em português
Importância da estação sismográfica tipo arranjo de Valinhos
Palavras-chave em português
Sismologia
Valinhos(SP)
Resumo em português
A América do Sul possui uma densidade muito baixa de estações sismográficas, em relação a outras áreas de Terras e quase todas elas concentradas ao longo da faixa andina, onde o índice de sismicidade é elevado. A região centro-oriental sul-americana, de baixa sismicidade, permite a operação de sismógrafos com ampliações maiores que as situadas na região andina, onde o nível de ruído sísmico de fundo é elevado. A instalação de estações com equipamento altamente sensível na região centro-oriental sul-americana, convenientemente afastadas do litoral atlântico, aumenta as possibilidades de detectar um número maior de sismos, e em condições mais favoráveis, que as estações da região andina. A aplicação de alguns métodos de análise e interpretação de dados sísmicos permite a identificação de características estruturais existentes no interior da Terra, comparado como os dados fornecidos por estações pontuais. No presente trabalho, mediante a análise e interpretação de sismogramas, obtidos na estação sismográfica experimental de Valinhos e na estação tipo arranjo de Brasília (SAAS), foi possível mostrar que os dados obtidos na estação de Valinhos são úteis para efetuar estudos de sismicidade e tectônica a níveis local e regional, assim como para estudos da estrutura interna do nosso planeta. Para o presente trabalho, foram selecionados 37 sismos, com distâncias epicentrais compreendidas entre '15 GRAUS' e '68 GRAUS' em relação a Valinhos, cujos sismogramas foram analisados detalhadamente com a finalidade de identificar as fases sísmicas presentes, efetuar a leitura dos tempos de chegada dessas fases, e a leitura dos parâmetros para o cálculo de magnitude sísmica. O uso dos modelos sísmicos de Jeffreys e Bullen (J-B) e de Herrin, na análise mencionada, permitiram obter dois tipos de resíduos de tempo de percurso para as fases identificadas. A distribuição azimutal desses resíduos, não obstante o reduzido número de ) dados disponíveis no presente estudo, permitiu sugerir a existência de várias irregularidades na estrutura interna da Terra, tais como algumas áreas na região andina onde os sismos apresentam resíduos discordantes, em Valinhos e SAAS, com os resíduos predominantes dos sismos que ocorrem nessa região. Os resíduos, em relação ao modelo J-B, São maiores para sismos com epicentros em regiões tectonicamente mais complicadas, e na sua maioria, negativos (tempo de percurso teórico maior que o observado) para sismos com distância epicentral até '68 GRAUS'. Nesses sismos, as magnitudes calculadas em Valinhos e SAAS apresentam algumas características importantes, tais como, um valor elevado, em relação ao adotado por centro sismológicos internacionais, no caso de alguns sismos com distâncias epicentrais menores que '25 GRAUS'; a existência de alguns casos em que a magnitude é maior em Valinhos que em SAAS, para sismos ocorridos na mesma área. Os sismogramas analisados, dos sismos com distâncias epicentrais maiores que '125 GRAUS', oferecem a oportunidades de efetuar pesquisas detalhadas das diferentes ramificações da fase PKP, seus limites de ocorrência, tempos de percurso, etc., tornando possíveis o estudo do núcleo terrestre e a revisão das tabelas de tempo de percurso para essas fases. Pelos resultados obtidos no presente trabalho, conclui-se que a estação sismográfica de Valinhos fornecerá dados úteis para estudos de sismicidade e tectônica a níveis local e regional, e da estrutura interna da Terra. Considerando-se as características instrumentais e o tipo de estação, que se pretende instalar em Valinhos, a qualidade dos dados e o processamento dos mesmos serão notavelmente melhorados.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Not available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.