• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Emy de Freitas
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Colquhoun, Alison (Presidente)
Esposito, Breno Pannia
Santos, Jonnatan Julival dos
Santos, Marinilce Fagundes dos
Siviero, Fábio
Título em português
Análise de processos celulares em linhagens de GBM tratadas com complexos de Rutênio associados a AINEs e seu impacto na via de eicosanoides.
Palavras-chave em português
Anti-inflamatórios
Câncer
Complexo Rutênio
Fosfolipase A2
GBM
Resumo em português
Glioblastoma (GBM) é caracterizado por sua agressividade e invasão infiltrativa do tecido cerebral. Mecanismos inflamatórios demonstram associação direta com processos carcinogênicos, especialmente aqueles relacionados à produção de eicosanoides através da ativação da fosfolipase A2 (PLA2). Compostos metálicos como o rutênio associado a drogas anti-inflamatórias não esteroides (AINEs) surgem como tratamentos antitumorais promissores. O objetivo foi avaliar in vitro a ação desses complexos de rutênio em linhagens celulares de GBM. Pudemos observar que todos os complexos de Rutênio utilizados apresentaram diminuição na contagem celular, aumento de apoptose e diminuição da mitose, destaque para a linhagem U87MG para o tratamento RuIBpOTf com diminuição de 65,4% e na linhagem A172 para aumento de apoptose em todos os tratamentos, especialmente RuIBpCl com 106,8% . Em ambas as linhagens celulares verificamos que houve a captação dos complexos, inclusive em suas frações celulares como o núcleo. Alterações nas enzimas PLA2 e COX 1 e 2 também foram detectadas nos ensaios realizados ELISA e RT-PCR. Através destes resultados, concluímos que os complexos de rutênio foram eficazes na diminuição do número de células de GBM em concentrações e tempos pré-determinados, aumento da apoptose e diminuição das mitoses, características que são fortemente recomendadas para novos fármacos.
Título em inglês
Analysis of cellular processes in GBM lines treated with Ruthenium complexes and AINEs and their impact in pathway of eicosanoids 2017.
Palavras-chave em inglês
Glioma
Iinflammation
Phospholipase A2. Cancer
Ruthenium complex
Resumo em inglês
Glioblastoma (GBM) is characterized by its aggressiveness and infiltrative invasion of brain tissue. Inflammatory mechanisms demonstrate direct association with carcinogenic processes, especially those related to the production of eicosanoids through the activation of phospholipase A2 (PLA2). Metal compounds such as ruthenium associated with non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) appear as promising antitumor treatments. The objective was to evaluate in vitro the action of these ruthenium complexes in GBM cell lines. It was observed that all the Ruthenium complexes showed decrease in the cell count, increase of apoptosis and decrease of mitosis, highlight to the U87MG cell line for the treatment RuIBpOTf with reduction of 65.4% and in cell line A172 to increase apoptosis in all the treatments, especially RuIBpCl with 106.8%. In both cell lines we verified that there was the uptake of the complexes, including in their cellular fractions as the nucleus. Changes in PLA2 and COX 1 and 2 enzymes were also detected in ELISA and RT-PCR assays. Through these results, we conclude that ruthenium complexes were effective in decreasing the number of GBM cells at predetermined concentrations and times, increased apoptosis and decreased mitoses, characteristics that are strongly recommended for new drugs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2019-11-17
Data de Publicação
2017-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.