• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2009.tde-06042009-160228
Documento
Autor
Nome completo
Luciane Portas Capelo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Cecilia Helena de Azevedo Gouveia (Presidente)
Christoffolete, Marcelo Augusto
Maciel, Rui Monteiro de Barros
Silva, Magnus Régios Dias da
Szejnfeld, Vera Lucia
Título em português
Os hormônios tireoideanos e o desenvolvimento esquelético fetal e pós-natal: estudo do padrão de expressão dos transportadores e das selenodesiodases das iodotironinas.
Palavras-chave em português
Desenvolvimento ósseo
Hipotireoidismo
Hormônios tireoideanos
Selenodesiodase das iodotironinas do tipo 2
Selenodesiodase das iodotironinas do tipo 3
Transportador de monocarboxílicos
Resumo em português
Ainda não é claro o papel dos hormônios tireoideanos (HT) no desenvolvimento do esqueleto fetal. Para responder a questão, induzimos hipotireoidismo materno e fetal em camundongos prenhes através da administração de metimazol e perclorato de sódio. O esqueleto fetal apresentou discretas morfológicas até 16,5 dias de idade embrionária (E). Apenas no final da gestação, em 18,5E, foram observadas a redução significativa da zona hipertrófica, do número de condrócitos hipertróficos, desorganização e diminuição da quantidade dos condrócitos proliferativos, além da redução da expressão do colágeno I, X e osteocalcina. Os TRs, assim como LAT1, LAT2 e MCT8 foram detectados em todas as idades estudadas. A alta expressão gênica da D3, principal inativadora do hormônio tireoideano, em 14,5E e sua redução significativa durante o desenvolvimento, até atingir níveis indetectáveis no período pós-natal indicam que a D3 seja responsável por manter baixos níveis de HT no esqueletono início da gestação, garantindo um desenvolvimento ósseo normal.
Título em inglês
Thyroid hormone and skeletal development at fetal and postnatal ages: the expression pattern of iodothyronine transporters and deiodinases.
Palavras-chave em inglês
Boné development
Congenital hypothyroidism
Deiodinase type 2
Deiodinase type 3
Monocarboxilate transporter 8
Thyroid hormone
Resumo em inglês
Thyroid hormone (TH) plays a key role on post-natal bone development and metabolism, while its relevance during fetal bone development is uncertain. To study this, pregnant mice and fetuses were made hypothyroid. The skeleton morphology was preserved up to 16.5 embryonic days (E). Only at E18.5, the hypothyroid fetuses exhibited a reduction in femoral type I and type X collagen and osteocalcin mRNA levels, in the length and area of the proliferative and hypertrofic zones, in the number of chondrocytes per proliferative column, and in the number of hypertrophic chondrocytes. This suggests that up to E16.5, thyroid hormone signaling in bone is kept to a minimum. D3 mRNA was readily detected as early as E14.5 and its expression decreased markedly at E18.5, and even more after birth. The expression levels of D3 gene during early bone development along with the absence of a hypothyroidism-induced bone phenotype at this time suggest that its expression keeps thyroid hormone signaling in bone to very low levels at this early stage of bone development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.