• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2003.tde-22092008-140739
Documento
Autor
Nome completo
Claudio Romero Farias Marinho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Mosig, Jose Maria Alvarez (Presidente)
Abrahamsohn, Ises de Almeida
Corbett, Carlos Eduardo Pereira
Ibañez, Olga Célia Martinez
Rodrigues, Mauricio Martins
Título em português
A infecção murina pelo clone Sylvio X10/4 de Trypanosoma cruzi: um modelo para estudo da patogenia da doença de Chagas crônica.
Palavras-chave em português
Clone Sylvio X10/4
Doença de Chagas
Genética
Linhagem isogênicas (A/J e C3H/HePAS)
Patologia
Trypasoma cruzi
Resumo em português
Este trabalho descreve um novo modelo murino para o estudo da infecção crônica pelo T. cruzi usando o clone Sylvio X10/4. A infecção crônica de camundongos C3H/HePAS é caracterizada por intensas lesões inflamatórias no coração que podem ser comparáveis às observadas na doença de Chagas humana. Lesões moderadas também estavam presente na musculatura estriada esquelética desses animais. No coração dos animais crônicos foram detectados parasitas viáveis, confirmando a hipótese de que o desenvolvimento da patologia cardíaca na doença de Chagas está diretamente relacionada com a persistência do T. cruzi no tecido inflamado. Em contraste, camundongos A/J cronicamente infectados desenvolvem lesões no fígado e no músculo estriado, enquanto que no coração, não foram observados lesões nem parasitas. A análise fenotípica das gerações F1 e F2 (A/J X C3H/HePAS) sugere que a predisposição genética para desenvolver lesões teciduais na infecção pelo T. cruzi é heterogênea uma vez que a patologia no coração e no fígado é segregada na geração F2. Nossos resultados corroboram a hipótese que a heterogeneidade na patologia observada em pacientes com a doença de Chagas (ausência ou presença de lesões cardíacas ou digestivas) pode ser atribuída a fatores genéticos.
Título em inglês
The murine infection with the Sylvio X10/4 clone of Trypanosoma cruzi: a model to study the phatogenesis of chronic Chagas' disease.
Palavras-chave em inglês
Chagas\' disease
Clone Sylvio X10/4
Genetic
Pathology
Trypanosoma Cruzi
Resumo em inglês
This work describes a novel murine model of the chronic infection by T. cruzi using the clone Sylvio X10/4. The infection in the C3H/HePAS mouse strain is characterized by intense inflammatory lesions in the heart, which can be comparable to the observed in the human Chagas' disease. Moderate striated muscle lesions are also present in C3H/HePAS mice. In the heart of the chronic animals viable parasites were detected, confirming the hypothesis that the development of the heart pathology in the Chagas' disease is related to parasite persistence in the inflamed tissue. By contrast, in infected A/J mice, develop lesions in the liver and skeletal muscle, while in the heart, lesions nor parasites were not observed. The phenotypic analysis of the generations F1 and F2 (A/J X C3H/HePAS) mice suggests that the genetic predisposition to develop the inflammatory lesions caused by T. cruzi is heterogeneous because the heart and liver pathology segregate in the F2 generation. These findings raise the hypothesis that the pathology heterogeneity observed in humans with Chagas' disease (absence and presence of cardiac or digestive chronic lesions) can be attributed to host genetic factors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-24
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MARINHO, C. R., et al. Pathology affects different organs in two mouse strains chronically infected by a Trypanosoma cruzi : A MODEL FOR GENETIC STUDIES IN CHAGAS’ DISEASE. Infection and Immunity [online], 2004, vol. 72, n. 4, p. 2350-2357. [cited 2016-08-13]. Available from : <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15039360>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.