• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2015.tde-27082015-102654
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Teixeira Saturni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Metzger, Jean Paul Walter (Presidente)
Meyer, Sebastian Tobias
Santos, Isabel Alves dos
Viana, Blandina Felipe
Título em português
Efeito da estrutura da paisagem sobre a diversidade de polinizadores e a efetividade da polinização do café
Palavras-chave em português
Análise multi-escalar
Ecologia da paisagem
Serviços ecossistêmicos
Resumo em português
Apesar de vários estudos terem demonstrado que a presença de abelhas resulta em aumento da produtividade de culturas agrícolas, os mecanismos que determinam a eficácia da polinização em escalas espaciais mais amplas ainda são desconhecidos. Avaliamos a influência da composição e configuração da paisagem sobre a composição da comunidade de abelhas e a polinização do café (Coffea arábica). Nosso estudo foi realizado em uma das regiões cafeeiras mais importantes do Brasil, em nove paisagens compostas de cafezais e diferentes quantidades de remanescentes de Mata Atlântica. Utilizando experimentos de exclusão floral, avaliamos a polinização em 15 pés de café por paisagem. A eficiência da polinização foi medida através da contagem e pesagem dos frutos formados. Também coletamos e identificamos os visitantes florais. Nossas análises foram feitas no nível de paisagem, com 1 e 2 km de raio, e no nível do pé de café, com 300 m de raio em torno de cada árvore. Foram coletados 241 indivíduos de abelhas e identificadas um total de 22 espécies. A abelha Apis mellifera (Apini) foi a espécie mais abundante, seguida de Trigona spinipes (Meliponini). A abundância A. mellifera foi afetada pela composição da matriz na paisagem e a composição da comunidade de abelhas nativas mudou com a distância ao fragmento florestal mais próximo. A presença das abelhas, por sua vez, resultou em um aumento 28% na produção de frutos. A abundância de A. mellifera afetou positivamente a frutificação, enquanto a composição da comunidade de abelhas nativas afetou a frutificação de modo diferente no nível da paisagem e do pé de café. Nossos resultados indicam que a estrutura da paisagem afeta a composição da comunidade de visitantes florais e que as flores expostas às abelhas apresentam um aumento na frutificação. Embora nossos resultados não permitam separar claramente os mecanismos responsáveis pelo aumento observado na frutificação, nosso trabalho mostra que o serviço de polinização das abelhas pode ser afetado pela estrutura da paisagem. Estes resultados podem ser utilizados na conservação e planejamento agrícola a fim de maximizar a produção de culturas e, ao mesmo tempo, conservar a biodiversidade e o serviço de polinização.
Título em inglês
Influence of landscape structure on pollinator diversity and coffee pollination effectiveness
Palavras-chave em inglês
Ecosystem services
Landscape ecology
Multi-scale analyses
Resumo em inglês
Although several studies have shown that the presence of bees results in increased crop yields, the mechanisms that determine pollination effectiveness on broader spatial scales are still largely unknown. We evaluated the influence of landscape composition and configuration over bee community composition and coffee (Coffea Arabica) pollination. Our study was undertaken in one of the most important coffee-producing regions of Brazil, and comprised nine landscapes of sun coffee plantations surrounded by different amounts of Atlantic Forest remnants. Using floral exclusion experiments we evaluated pollination effectiveness in 15 coffee trees per landscape. Pollination effectiveness was measured by counting and weighing the fruit set. We also sampled the bees visiting coffee flowers. Our analyses were made at the landscape level, with 1 and 2 km radii, and at the coffee tree level, with 300 m radius around each tree. We collected 241 bee individuals and identified a total of 22 species. The honeybee Apis mellifera (Apini) was the most abundant species followed by Trigona spinipes (Meliponini). Honeybee abundance was affected by landscape matrix composition while native bee community composition changed with distance to the nearest forest fragment. The presence of bees resulted in an increase in coffee fruit set of 28%. A. mellifera abundance positively affected fruit set at both levels, while the composition of the native bee community affected fruit set differently at the landscape level than at the tree level. Landscape structure was found to affect the community composition of floral visitors, and coffee flowers exposed to bees showed an increase in fruit set compared to flowers excluded from pollinators. Although our results do not allow disentangling the mechanisms responsible for the observed increase in fruit set, our work shows that bee pollination services can be affected by landscape structure. These findings can be used in conservation and agricultural planning to maximize crop production while safeguarding biodiversity and the provision of pollination services.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Fernanda_Saturni.pdf (1.43 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.