• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2018.tde-02042018-104804
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Clemente Vieira Rêgo da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pompeo, Marcelo Luiz Martins (Presidente)
Borrely, Sueli Ivone
Doval, Julio Cesar Lopez
Rocha, Odete
Título em inglês
Effects of aquatic contaminants on the habitat selection and spatial distribution in fish: a complementary approach to traditional ecotoxicological tests
Palavras-chave em inglês
Aquatic pollutants
Ecotoxicology
Environmental risk analysis
Resumo em inglês
Conventional ecotoxicological tests (forced exposure) are an important tool when what is sought are the possible acute and chronic effects of environmental pollutants on each individual that is exposed. The disadvantage of this approach lies in the fact that the organisms are kept enclosed within containers of the same concentration for several hours and / or days. The forced exposure test has no ecological relevance when the modeled environment exhibits a contamination gradient and organisms can move along this gradient. In many aquatic ecosystems, it is common to observe a contamination gradient, with concentrations decreasing with distance from the discharge zone, so that organisms do not necessarily exhibit continuous and forced exposure to the contaminant. The objective of this work was to analyze how aquatic pollutants (e.g Triclosan, Bisphenol, Atrazine and Copper) influence the dispersion / habitat selection pattern of two species of fish: Poecilia reticulata and Danio rerio, using a static system (non-forced exposure) with several compartments, forming a gradient of contamination with the compound to be analyzed. All pollutants tested triggered an avoidance response in fish at environmentally relevant concentrations. The concentrations that caused avoidance on the organisms are lower than those that cause sub-lethal effects on aquatic organisms, including fish. We also find in one of our approaches the potential for the formation of a chemical barrier (habitat fragmentation) by the release of pollutants into the water bodies, reducing the migration potential of aquatic organisms. Finally, one of the most important findings is the interaction of the species with each other when exposed to a pollution gradient. In this case, the presence of one species interfered in the distribution of the other (reduction of the migration potential), when both were in the same system. Thus, the non-forced approach demonstrates to be a powerful tool in the evaluation of environmental risk, complementary to the traditional ecotoxicological tests
Título em português
Efeitos de poluentes aquáticos na seleção de hábitat e distribuição espacial em peixes: uma abordagem complementar aos testes ecotoxicológicos tradicionais
Palavras-chave em português
Análise de risco ambiental
Ecotoxicologia
Poluentes aquáticos
Resumo em português
Os testes ecotoxicológicos convencionais (exposição forçada) são uma ferramenta importante quando o que se busca são os possíveis efeitos agudos e crônicos dos poluentes ambientais sobre cada indvíduo que é exposto. A desvantagem dessa abordagem está no fato de que os organismos são mantidos enclausurados dentro de recipientes com uma mesma concentração por várias horas e/ou dias. O teste de exposição forçada não tem relevância ecológica quando o ambiente modelado apresenta um gradiente de contaminação e os organismos podem se mover ao longo deste gradiente. Em muitos ecossistemas aquáticos, é comum observar um gradiente de contaminação, com as concentrações diminuindo com a distância da zona de descarga, de modo que os organismos não apresentam obrigatoriamente uma exposição contínua e forçada ao contaminante. Desta forma, este trabalho teve como objetivo a análise de como os poluentes aquáticos (e.g. Triclosan, Bisfenol, Atrazina e Cobre) influenciam o padrão de dispersão / seleção de habitat por duas espécies de peixes: Poecilia reticulate e Danio rerio, utilizando um sistema estático (não forçado) com vários compartimentos, formando um gradiente de contaminação com o composto a ser analisado. Todos os poluentes testados dispararam uma resposta de fuga nos peixes em concentrações ambientalmente relevantes. As concentrações que causaram a fuga dos organismos são menores do que aquelas que causam efeitos sub-letais em organismos aquáticos, incluindo peixes. Encontramos também em uma de nossas abordagens o potencial de formação de uma barreira quimica (fragmentação de habitat) pela liberação de poluentes nos corpos hídricos, reduzindo o potencial de migração dos organismos aquáticos. Por fim, um dos achados mais importantes está na interação das espécies entre si quando expostas a um gradiente de poluição. Nesse caso, a presença de uma espécie interferiu na distribuição da outra (redução do potencial de migração), quando ambas se encontravam no mesmo sistema. Sendo assim, a abordagem não forçada demonstra ser uma ferramenta poderosa na avaliação de risco ambiental, complementar aos testes ecotoxicológicos tradicionais
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2019-06-21
Data de Publicação
2018-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.