• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2015.tde-19052015-092454
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Sayão de Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Migotto, Alvaro Esteves (Presidente)
Morandini, André Carrara
Souza, Facelúcia Barros Côrtes
Título em português
Avaliação de identidade taxonômica de Amathia cf. crispa e Amathia cf. vidovici (Bryozoa: Ctenostomata) com ocorrência ao longo da costa brasileira, a partir de dados morfológicos e moleculares
Palavras-chave em português
Amathia crispa
Amathia vidovici
Morfologia
Taxonomia
Resumo em português
Este trabalho visa esclarecer a identidade taxonômica de duas espécies de briozoários reportadas para o litoral brasileiro como Amathia cf. vidovici e Amathia cf. crispa, baseando-se em análises morfológicas e moleculares, utilizando os genes COI e 16S, que haviam se mostrado eficientes na diferenciação genética de outras espécies do gênero Amathia. Colônias foram amostradas em diversas localidades ao longo da costa brasileira, de Fortaleza, CE, a Palhoça, SC, tendo sido obtidas 107 amostras de A. cf. vidovici e 18 de A. cf. crispa. Uma espécie nova foi detectada para cada grupo avaliado: Amathia sp. nov.1 e Amathia sp. nov.2. Amathia sp. nov.1 é oriunda somente de localidades situadas em Cabo Frio, RJ e Vitória, ES, sendo distinta de A. cf. vidovici pelas medidas de maiores valores das seguintes características: 1) comprimento do agrupamento de zooides, 2) comprimento do internódio do estolão e 3) ângulo do agrupamento de zooides. Amathia sp. nov.2 foi encontrada exclusivamente na Ilha do Mel, PR revelando-se distinta de A. cf. crispa devido a medidas de menores valores das características: 1) ângulo da espiral, 2) número de pares de zooides, 3) comprimento do agrupamento de zooides e 4) comprimento do estolão. As análises moleculares corroboraram os resultados da morfologia, que conjuntamente revelaram também uma estrutura geográfica para A. vidovici. Esta foi encontrada em todo litoral do Brasil (CE, PB, PE, AL, BA, RJ, SP, PR, SC) sendo as colônias amostradas na ecorregião Nordeste, as que tiveram os menores valores mensurados das características analisadas quando comparadas com as das demais ecorregiões (maiores medidas). Amathia vidovici havia sido reportada anteriormente para localidades nos estados do Paraná, São Paulo e Alagoas, e Amathia crispa apenas para São Paulo
Título em inglês
Taxonomy re-evaluation of Amathia cf. crispa and Amathia cf. vidovici (Bryozoa: Ctenostomata) occurring along the Brazilian coast, based on morphological and molecular data
Palavras-chave em inglês
Amathia crispa
Amathia vidovici
Molecular analysis
Morphology
Taxonomy
Resumo em inglês
This work aims to clarify the taxonomic identity of two species of bryozoans reported on the Brazilian coast as Amathia cf. vidovici and Amathia cf. crispa based on morphological and molecular analysis using the mitochondrial genes 16S rRNA and COI, which had proved useful in the genetic differentiation at the species level of other species of genus Amathia. Colonies were collected in different localities along the Brazilian coast, from Fortaleza, Ceará state, up to Palhoça, Santa Catarina state, including 107 samples of A. cf. vidovici and 18 of A. cf. crispa. A new species was detected for each evaluated group: Amathia sp. nov.1 e Amathia sp. nov.2. Amathia sp. nov.1 was found only on sites situated in Cabo Frio, state of Rio de Janeiro, and Vitória, state of Espírito Santo, being distinct of A. cf. vidovici by having: 1) longer clusters of zooids, 2) longer stolon internodes, and 3) spiral of zooid clusters describing a greater angle. Amathia sp. nov.2 was exclusively found in Ilha do Mel, state of Paraná; it is distinct from A. cf. crispa by the following: 1) spiral of zooid clusters describing a smaller angle, 2) fewer pairs of zooids per cluster, 3) shorter clusters of zooids, and 4) shorter stolon internodes. The molecular analyses corroborate the morphological results, both also revealing a geographical structure for A. vidovici. This specie was found throughout the coast of Brazil (CE, PB, PE, AL, BA, RJ, SP, PR, SC), the ones from the Northeast Ecoregion with the lower values of all measured characteristics when compared with those from other ecoregions. Amathia vidovici was reported previously to localities in the states of Paraná, São Paulo, and Alagoas, and Amathia crispa was reported only to São Paulo
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Bruno_Sayao.pdf (6.17 Mbytes)
Bruno_Sayao_SIMPL.pdf (2.47 Mbytes)
Data de Liberação
2017-05-18
Data de Publicação
2015-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.