• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2008.tde-17062008-093152
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Scarano Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Vivo, Mario de (Presidente)
Azevedo, Alexandre de Freitas
Martins, Marcio Roberto Costa
Pardini, Renata
Rollo Junior, Mario Manoel
Título em português
Estudo das vocalizações de golfinhos-rotadores, Stenella longirostris (Cetacea, Delphinidae), no arquipélago de Fernando de Noronha
Palavras-chave em português
Stenella longirostris
Assobios
Bioacústica
Grasnidos
Grupos de Corte
Odontocete
Resumo em português
O conhecimento acerca das vocalizações dos odontocetos é extremamente heterogêneo e concentra-se principalmente nas espécies mantidas em cativeiro. Neste estudo, descrevo quantitativamente parte do repertório vocal dos golfinhos-rotadores, Stenella longirostris, que vivem ao redor do Arquipélago de Fernando de Noronha, subdividido nos seguintes elementos: assobios, grasnidos emitidos na faixa audível e grasnidos emitidos pelos machos durante a corte. Além disso, avaliei a influência tantos dos diferentes sistemas de gravação e análise de dados, quanto da escolha, interpretação e extração de variáveis por diferentes pesquisadores na variabilidade dos assobios e grasnidos emitidos por golfinhosrotadores. Para avaliar a variabilidade dos assobios desta população de golfinhos-rotadores, uma série de análises quantitativas foi conduzida. Nove variáveis foram extraídas de cada contorno de assobio selecionado aleatoriamente. Os valores médios observados foram muito similares àqueles reportados por OSWALD et al. (2003) para golfinhos-rotadores do Oceano Pacífico Tropical Oriental e apresentaram diferença significativa apenas em relação a freqüência máxima dos assobios. Com relação aos grasnidos, amostras foram selecionadas aleatoriamente e destas foram extraídas oito variáveis. Uma série de análises quantitativas foram então conduzidas para avaliar a variabilidade destas emissões. Os valores obtidos para cada uma das variáveis diferiram dos valores previamente reportados para a espécie, mas as razões para esta variação são ainda desconhecidas. Na busca de indícios sobre a função dos grasnidos no comportamento reprodutivo, eu dividi os grasnidos gravados em duas categorias: corte e não-corte. Grasnidos de corte foram aqueles sons gravados na presença de grupos de golfinhos compostos por uma ou duas fêmeas e por vários machos, engajados em comportamento de corte. Grasnidos de não-corte eram todos aqueles gravados em outros comportamentos ou situações. Os resultados obtidos mostraram diferenças significativas entre as duas categorias tanto nas análises univariadas, quanto na Análise Discriminante (AD), pelo menos quanto à duração e ao número de pulsos. Além disso, a AD mostrou que 98% das amostras foram corretamente classificadas nessas categorias. Estes resultados reforçam a idéia de que os grasnidos são usados em contextos sociais, especialmente em situações aflitivas e exaltam a importância da identificação do emissor dos sinais, assim como o uso de equipamentos de gravação de amplo espectro de freqüência. Por fim, realizei uma série de testes para avaliar a metodologia de gravação e análise de sons. Para isso, gravei as emissões utilizando dois sistemas distintos de gravação, ambos com taxa de amostragem de 48 kHz. Além disso, dois pesquisadores diferentes extraíram as variáveis de um mesmo grupo de amostras e os resultados obtidos para cada pesquisador, bem como para cada sistema foram comparados. Os resultados mostraram que, para os assobios, houve diferenças significativas entre as análises de cada pesquisador, quanto à às variáveis freqüência mínima, freqüência final e duração. Ao comparar os resultados obtidos pelos diferentes sistemas de gravação, notei que a duração apresentou diferenças significativas. Quanto aos grasnidos, notei uma diferença significativa no número de amostras de qualidade gravadas por cada um dos sistemas de gravação. Entretanto, as amostras gravadas em ambos os sistemas não apresentaram diferenças significativas em nenhuma das variáveis extraídas, tampouco foram observadas diferenças entre os diferentes pesquisadores. Acredito que o conhecimento gerado aqui contribuirá para uma melhor compreensão dos padrões de variação da espécie e servirá como base para uma série de outros estudos comparativos.
Título em inglês
Study on the vocalizations of spinner dolphins, Stenella longirostris (Cetacea, Delphinidae), from the Fernando de Noronha Archipelago
Palavras-chave em inglês
Stenella longirostris
Bioacoustics
Burst-pulsed sounds
Court Groups
Odontocete
Whistles
Resumo em inglês
Knowledge on odontocete vocalizations is extremely heterogeneous and centered mainly in those species kept in captivity. In this study, I describe quantitatively part of the vocal repertoire of the spinner dolphin, Stenella longirostris, from Fernando de Noronha Archipelago, off Brazil, subdivided in the following elements: whistles, burst-pulses emitted in the aural range, and burst-pulses emitted by males during courtship. Furthermore, I evaluated the influence of different recording and analysis systems, and the choice, interpretation and extraction of the acoustic variables by different researchers in the variability of whistles and burst-pulses emitted by spinner dolphins. To evaluate the variability of whistles emitted by this population, a series of quantitative analyses was conducted. Nine variables were extracted from each randomly selected whistle contour. The mean values observed were very similar to those reported by OSWALD et al. (2003) for the spinner dolphins from Eastern Tropical Pacific and presented significant differences only in relation to the maximum frequency of the whistles. I extracted eight variables from randomly selected burst-pulsed sound samples. A series of quantitative analyses were conducted to evaluate the variability of these emissions. The values obtained from each of the variables differed from previously data reported for the species, but the reasons to this variation are still unknown. In the search of any signs of burstpulse functions in reproductive behaviors, I divided the recorded burst-pulses in two categories: court and no-court pulses. Court bursts were those sounds recorded in the presence of groups of dolphins composed by one or two females and several males, engaged in courtship behavior. No-court bursts were all those recorded in other behaviors or situations. The results showed significant differences between the two categories in univariate analysis and also in the Discriminant Function Analysis (DFA). The DFA also showed that 98% of the samples were correctly classified in these categories. These results reinforce the idea that burst-pulsed sounds are used in social contexts, specially in afflictive situations, and exalt the importance of identifying the signal emitter, as well as using wide frequency capable recording equipment. Finally, I performed a series of tests to evaluate the methodology of recording and sound analysis. To achieve this, I recorded the sound emissions using two different recording systems, both with sample rate of 48 kHz. Furthermore, two rsearchers extracted the variables of a group of samples, and the results from each researcher and each recording system were compared. Taking into account the whistles, the results showed that there were significant differences between the researchers on duration, minimum and final frequencies recorded. I compared the results obtained by different recording systems and noticed that the sound duration presented significant differences. With respect to burst-pulses, I noticed a significant difference in the number of samples with quality recorded by each of the recording systems. However, the samples recorded in both systems didn't show any difference in none of the extracted variables, nor there were observed differences between researchers. I believe that the knowledge produced here will contribute to the comprehension of variation patterns, and will also serve as a basis to further comparative studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
fernanda_camargo.pdf (19.38 Mbytes)
Data de Publicação
2008-07-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.