• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2019.tde-13122018-152050
Documento
Autor
Nome completo
Isabela Rodrigues de Souza Cavalcanti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Grant, Taran (Presidente)
Brunetti, Andrés Eduardo
Fontana, Pedro Luiz Mailho
Título em português
Estudo morfológico comparativo do inchaço do quarto dedo das rãs-de-veneno e seus parentes (Amphibia: Anura: Dendrobatoidea)
Palavras-chave em português
Anura
Dendrobatoidea
Glândulas cutâneas
Histologia
Inchaço do dedo IV
Rãs-de-veneno
Taxonomia
Resumo em português
A pele dos anfíbios possui uma grande diversidade de glândulas responsáveis por diversas funções. Glândulas cutâneas sexualmente dimórficas (GCSDs) são geralmente encontradas em machos e podem formar macroglândulas conhecidas como regiões "inchadas". Dendrobatoidea é o único clado de anfíbios em que machos adultos possuem um inchaço no dedo IV, supostamente associado ao amplexo cefálico que também é exclusivo da superfamília. No entanto, poucos estudos referentes a este caráter foram realizados e sua histologia nunca foi examinada. Buscamos caracterizar as morfologias do inchaço, avaliar a distribuição anatômica de suas glândulas e realizar sua análise taxonômica. Observamos as morfologias externa e interna das mãos de machos e fêmeas adultos e juvenis de 27 espécies da superfamília e fizemos a histologia das mãos de todos os indivíduos para comparar os dedos e os tipos glandulares presentes neles. Realizamos análises histoquímicas para diferenciar e descrever os tipos glandulares encontrados e para determinar se encontramos GCSDs na região do inchaço, analisamos também a pele do dorso de alguns dendrobatóideos. Encontramos glândulas granulosas e mucosas comuns no dorso e nos dedos de todos os indivíduos. Exclusivamente nos machos adultos com o inchaço, encontramos glândulas mucosas especializadas de tipos I, II e III no dedo IV. Glândulas de tipo I estão presentes em todos os machos que apresentam o inchaço do dedo IV, de tipo II estão restritas aos Dendrobatidae e de tipo III ocorrem apenas em Anomaloglossus stepheni. Observamos ainda que machos de espécies anteriormente codificadas sem o inchaço possuem o inchaço no dedo IV e corroboramos a existência do caráter pela presença dos tipos glandulares descritos. Segundo nossa amostragem, a presença do inchaço e de glândulas de tipo I no inchaço é uma sinapomorfia de Dendrobatoidea, com ausência secundária nas espécies que não possuem o caráter. A presença de glândulas de tipo II é uma sinapomorfia de Dendrobatidae, com perdas independentes em duas espécies e a presença de glândulas de tipo III é uma autapomorfia de An. Stepheni. Trazemos, portanto, informações que poderão guiar estudos em diversos campos como: comportamento reprodutivo, bioquímica das secreções glandulares e taxonomia dos dendrobatóideos
Título em inglês
Comparative morphological study of the swollen fourth finger of poison frogs and their relatives (Amphibia: Anura: Dendrobatoidea)
Palavras-chave em inglês
Anura
Dendrobatoidea
Histology
Poison dart frogs
Skin glands
Swelling in finger IV
Taxonomy
Resumo em inglês
Amphibians possess a great diversity of skin glands, among which sexually dimorphic skin glands (SDSGs) are present in males and can form macroglands usually referred to as "swollen" regions. Dendrobatoidea is the only clade in which adult males present a swollen in finger IV supposedly associated with the cephalic amplexus, also exclusive to the superfamily. However, few studies of this character have been carried out and the histology of the structure has never been examined. We characterized the different morphologies of the swelling, assessed the anatomical distribution of its glands and tested its homology by taxonomic analysis. We studied the external and internal morphologies and the histology of the hands of adult males and females and juveniles of 27 species to compare all fingers and its gland types. To compare and describe the gland types found at the fingers we ran histochemical studies. We also analyzed the skin of the dorsum of dendobatoid frogs to determine if the gland types found at the swollen region were in fact SDSGs. Our findings showed typical serous and mucous glands at the dorsum and fingers of all individuals and we discovered specialized mucous glands of types I, II and III only at males with the swollen fourth finger. Type I glands are present in all males with the swelling, type II are restricted to Dendrobatidae and type III occur only in Anomaloglossus stepheni. We have also observed that males whose fourth finger was previously coded as "without the swelling" had in fact the swelling present, a fact corroborated by the presence of the specialized gland types. According to our samplings, the presence of the swelling in finger IV and of type I glands is a synapomorphy of Dendrobatoidea, with secondary absence at species without the swelling. The presence of type II glands is a synapomorphy of Dendrobatidae and the presence of type III glands is an autapomorphy of An. Stepheni. Our findings will guide studies in the most diverse fields such as dendrobatoid's reproductive behavior, biochemistry of glandular secretion and taxonomy
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-12-12
Data de Publicação
2019-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.