• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2012.tde-08012013-135811
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Batista Louzada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Wanderley, Maria das Graças Lapa (Presidente)
Filgueiras, Tarciso Sousa
Forzza, Rafaela Campostrini
Versieux, Leonardo de Melo
Wendt, Tânia
Título em português
Revisão taxonômica e filogenia de Orthophytum Beer (Bromeliaceae, Bromelioideae)
Palavras-chave em português
Cadeia do Espinhaço
Endemismo
Sincoraea
Sistemática
Taxonomia
Resumo em português
Orthophytum Beer, inclui 46 espécies distribuídas no leste do Brasil desde o estado do Ceará ao norte até os estados de Minas Gerais e Espírito Santo ao sul. Suas espécies são caracterizadas por serem plantas rupícolas, raramente terrícolas, crescendo sobre afloramentos rochosos graníticos ou quartzíticos. O presente estudo teve como objetivos reconstruir a filogenia e realizar a revisão taxonômica do gênero, sendo os resultados apresentados em quatro capítulos. O primeiro capítulo conta com um estudo filogenético baseado em sequencias de DNA do cloroplasto (psbA-trnH e trnL-trnF) e nuclear (phytochrome C) de 40 espécies de Orthophytum, oito de Cryptanthus e duas de Lapanthus. A análise dos dados combinados não foi suficientemente informativa para determinar o monofiletismo do gênero, contudo, foi possível testar grupos informais infragenéricos. Além disso, é discutida a importância taxonômica do padrão de inflorescência para o gênero Orthophytum. O segundo capítulo apresenta o restabelecimento do gênero Sincoraea, baseado no monofiletismo e na morfologia das espécies que compõem esse gênero. Ademais, são apresentadas novas combinações e um sinônimo novo. O terceiro capítulo, apresenta a combinação nova de O. vidaliorum no recém descrito gênero Lapanthus. Por fim, o quarto capítulo apresenta a revisão taxonômica das 46 espécies reconhecidas para Orthophytum. O tratamento taxonômico conta com descrições para o gênero e espécies, chave de identificação e comentários taxonômicos. Foram ainda confeccionados mapas de distribuição geográfica e pranchas de ilustração, incluindo desenhos esquemáticos e fotografias
Título em inglês
Taxonomic revision and phylogeny of Orthophytum Beer (Bromeliaceae, Bromelioideae)
Palavras-chave em inglês
Endemism
Espinhaço Range
Sincoraea
Systematics
Taxonomy
Resumo em inglês
The genus Orthophytum Beer (Bromeliaceae) comprises 46 species geographically distributed in eastern Brazil extending from the state of Ceará in the North, to Minas Gerais and Espírito Santo in the South. The growth form of these plants is typically lithophytic, only rarely terrestrial, and granitic or quartzitic rocky outcrops constitute their favorite substrates. This work focuses on reconstructing the phylogeny of Orthophytum to clarify its relationships with closely related bromeliads, and to perform a taxonomic revision of the genus. This dissertation is structured in four chapters. The first chapter shows a phylogenetic analysis based on a molecular data set of two plastid markers ((psbA-trnH and trnL-trnF) and one nuclear (phytochrome C) that includes 40 species of Orthophytum, eight of Cryptanthus and two of Lapanthus. The combined analyses were not conclusive to elucidate the monophyly of Orthophytum, however it was possible to test the infrageneric groups. The second chapter presents a restablishment of Sicoraea genus, based on the results of the molecular analyses and on a careful evaluation of the morphological traits characterizing this group. In the third chapter, morphological characters are used to assign the species O. vidaliorum to the newly described genus Lapanthus. Finally, in the fourth chapter shows a taxonomic revision of the 46 recognized species of Orthophytum is presented. The taxonomic treatment includes descriptions of the genus and species and an identification key combined with distribution maps, detailed drawings and photo plates
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Rafael_Louzada_1.pdf (72.98 Mbytes)
Rafael_Louzada_2.pdf (63.05 Mbytes)
Rafael_Louzada_3.pdf (30.09 Mbytes)
Data de Publicação
2013-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.