• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2007.tde-01112007-175854
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Donizetti Carvalho Costa Melfi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Angyalossy, Veronica (Presidente)
Ceccantini, Gregório Cardoso Tápias
Menezes, Nanuza Luiza de
Muniz, Graciela Ines Bolzon de
Nahuz, Marcio Augusto Rabelo
Título em português
Anatomia da madeira em Sapotaceae
Palavras-chave em português
Anatomia da madeira
Espécies neotropicais
Grupamento de espécies
Sapotaceae
Resumo em português
Este trabalho apresenta o levantamento anatômico da madeira de 107 espécies distribuídas em 11 gêneros pertencentes à família Sapotaceae (ordem Ericales), do continente americano, dentre os quais Manilkara Adanson, Sideroxylon Linnaeus, Micropholis (Grisebach) Pierre, Chromolucuma Ducke, Sarcaulus Radkolfer, Elaeoluma Baillon, Pouteria Aublet, Chrysophyllum Linnaeus, Ecclinusa Martius, Pradosia Liais e Diploon Cronquist. Na mais recente tentativa de classificação, Pennington (1990, 1991) reconheceu cinco tribos com base, principalmente, em características da flor e da semente. De acordo com o próprio pesquisador, quatro das tribos representariam grupos naturais, provavelmente monofiléticos. Entretanto Swenson & Anderberg (2005), utilizando a análise molecular combinada com características morfológicas, concluíram que os dois maiores gêneros da família, Chrysophyllum e Pouteria são polifiléticos. Desse modo, a família Sapotaceae necessita de uma revisão e inúmeros autores (Record, 1939; Kukachka, 1978a) mencionaram a necessidade de mais informações anatômicas do xilema para complementar e ampliar os estudos taxonômicos e filogenéticos. Portanto, este trabalho tem como objetivo verificar se a anatomia da madeira corrobora a classificação proposta por Pennington em 1990 e a obtenção de informações que possibilitem indicar características anatômicas de valor diagnóstico e estatístico, buscando contribuir com estudos futuros no agrupamento das espécies brasileiras associadas com as africanas e asiáticas da família. A descrição da anatomia da madeira segue a terminologia adotada pelo comitê da Associação Internacional dos Anatomistas de Madeira (IAWA Committee 1989). O resultado obtido pela estatística indica a formação de oito grupos que apresentam similaridades quanto ao tipo de parênquima axial, diâmetro dos vasos, diâmetro das pontoações intervasculares, tipo e localização das pontoações raio-vasculares e das inclusões minerais como, cristais prismáticos, estiloidais e areniformes, assim como dos corpos silicosos. Tais características agrupam gêneros e espécies afins com significância estatística. Conclui-se que a anatomia da madeira apresenta valor de diagnose para os diferentes gêneros, e que, em muitos casos, não corrobora a classificação proposta por Pennington (1990, 1991) na última revisão taxonomica da família.
Título em inglês
Wood anatomy of the Sapotaceae
Palavras-chave em inglês
Cluster analysis
Neotropical species
Sapotaceae
Wood anatomy
Resumo em inglês
This work presents the anatomical hoist of the wood of 107 species distributed in 11 belonging kinds to the family Sapotaceae (order Ericales), of the American continent, among the which Manilkara Adanson, Sideroxylon Linnaeus, Micropholis (Grisebach) Pierre, Chromolucuma Ducke, Sarcaulus Radkolfer, Elaeoluma Baillon, Pouteria Aublet, Chrysophyllum Linnaeus, Ecclinusa Martius, Pradosia Liais and Diploon Cronquist. In the most recent attempt of classification, Pennington (1990, 1991) recognized five tribes with base, mainly, in characteristics of the flower and of the seed. According to the own researcher, four of the tribes would represent natural groups, probably monofiléticos. However Swenson & Anderberg (2005), utilizing the molecular analysis combined with characteristics morfológicas, concluded that the two biggest kinds of the family, Chrysophyllum and Pouteria are polifiléticos. Of that way, the family Sapotaceae needs a revision and endless number authors (Record, 1939; Kukachka, 1978a) mentioned the need of more anatomical information of the xilema for complementary and extend the studies taxonômicos and filogenéticos. Therefore, this work has like objective verify itself the anatomy of the wood corroborates the classification proposal by Pennington in 1990 and the obtaining of information that are going to indicate worthy anatomical characteristics diagnosis and statistical, seeking contribute with future studies in the group of the Brazilian species associated with the Africans and Asians of the family. The description of the anatomy of the wood follows the terminology adopted by the committee of the International Association of the Anatomists of Madeira (IAWA Committee 1989). The result obtained by the statistical one indicates the formation of eight groups that present similarities as regards the kind of parênquima axial, diameter of the glasses, diameter of the pontoações intervasculares, kind and location of the pontoações ray-vascular and of the mineral enclosures as, crystals prismáticos, estiloidais and areniformes, as well as of the bodies silicosos. Such characteristics group kinds and related species with significância statistical. I concluded that the anatomy of the wood presents value of diagnose for the different kinds, and that, in many cases, does not corroborate the classification proposal by Pennington (1990, 1991) in the last revision taxonomica of the family.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.