• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.39.2015.tde-25052015-091049
Documento
Autor
Nome completo
Aline Dessupoio Chaves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Osvaldo Luiz (Presidente)
Luguetti, Carla Nascimento
Dantas, Luiz Eduardo Pinto Basto Tourinho
Nunomura, Myrian
Souza, Mauricio Teodoro de
Título em português
O clima motivacional nas práticas pedagógicas do esporte educacional
Palavras-chave em português
Clima motivacional; Esporte educacional; Prática esportivas educacionais
Resumo em português
As Práticas Esportivas Educacionais (PEEs), oferecidas em algumas escolas e em outros espaços, devem ser abordadas na perspectiva do Esporte Educacional, e a prática pedagógica dos professores deve ser pautada em ações que motivem os alunos e produzam autonomia, tomada de decisão e prazer. O objetivo do presente estudo foi investigar como ocorrem as Práticas Esportivas Educacionais (PEEs), a partir: a) do clima motivacional percebido pelos alunos participantes das PEEs; b) da percepção dos professores em relação ao seu papel educacional e motivacional nas aulas das PEEs; e c) do clima motivacional das aulas das PEEs. O estudo foi desenvolvido como uma pesquisa de natureza descritiva, com delineamento qualitativo e quantitativo, através de três delineamentos: 1) o clima motivacional dos alunos das PEEs, na qual foi aplicado o Questionário do Esporte de orientação para Tarefa ou Ego traduzido, adaptado e validado por Hirota e De Marco (2006), a uma amostra intencional de alunos do Centro Municipal de Educação Avançada - CEMEA de Uberaba - MG, entre 10 e 14 anos de idade, de ambos os sexos, praticantes de pelo menos uma das modalidades do PROETI (Programa de Tempo Integral); 2) a percepção dos professores das PEEs do seu papel educacional e motivacional, estudo que contou com a análise do documento norteador do Programa PROETI, entrevista com os professores do programa e observação das aulas em relação aos aspectos educacionais do esporte; 3) o clima motivacional nas aulas das PEEs, no qual foram observadas as aulas utilizando o instrumento Target como referência para verificar a orientação dada pelos professores. Os dados do questionário foram tabulados e analisados através do software SPSS-DATA EDITOR (versão 21.0 for Windows). As entrevistas foram gravadas, transcritas e analisadas segunda a Análise de Conteúdo (BARDIN, 2011). Para as observações, foi utilizada a técnica de "Registro de Evento" de Fagundes (2006) caracterizada pela contagem de frequência das vezes em que os comportamentos investigados se repetem, dentro de um intervalo determinado. Após a realização destas investigações, foi realizada a triangulação entre os resultados, visando a uma inter-relação entre os dados obtidos, com o objetivo de entender melhor o fenômeno estudado. Participaram do Estudo 1, 118 praticantes de modalidades esportivas, cujos resultados demonstraram que o clima motivacional deles é orientado para a tarefa. No Estudo 2, o documento norteador do PROETI aponta para o ensino do Esporte Educacional com o objetivo de formação; os professores motivam seus alunos através de atividades recreativas, percebem a motivação dos alunos pelas suas atitudes, utilizam um padrão tradicional de aula e, embora trabalhem aspectos educacionais nas aulas, não conseguem identificá-los na prática; e as atividades propostas enfocam, principalmente, o princípio da corresponsabilidade. No Estudo 3, verificamos que o clima motivacional das aulas é orientado para a aprendizagem. Concluímos que, embora, o documento norteador do projeto, os alunos e as aulas apontem para uma mesma orientação, no caso para a tarefa ou aprendizagem, os professores não têm muita consciência de sua ação no ensino do Esporte Educacional
Título em inglês
The motivational climate in pedagogical practices of educational sports
Palavras-chave em inglês
Educational sports
Educational sports practices
Motivational climate
Resumo em inglês
The Educational Sports Practices program (PEEs), offered in some schools and other areas, must be addressed according to the Educational Sports program, and the teaching pedagogical practices used should be based on actions that motivate students and develop their autonomy, decision-making skills and promote enjoyment. The objective of this study was to investigate how the Educational Sports Practices (PEEs) happen through: a) the motivational climate perceived by PEEs participants; b) the teachers' perception of their educational and motivational role in the PEEs classes; c) the motivational climate of PEEs classes. The study was conducted as a descriptive research with qualitative and quantitative plans, through three outlines: 1) the motivational climate of PEEs students, in which we applied the Task and Ego Orientation in Sports Questionnaire, translated, adapted and validated by Hirota & De Marco (2006), to an intentional sample of students from the Municipal Center of Advanced Education - CEMEA - in Uberaba - MG, aged between 10 and 14 years old, from both sexes, and who do sports on the Full Time Program (PROETI); 2) the perception of PEEs teachers of their educational and motivational roles, which included the analysis of the PROETI guidance document, interview with the program's teachers and observation of classes focusing on the educational aspects of sports; 3) the motivational climate in PEEs classes, by observing classes and using the Target instrument as a reference to check instructions given by teachers. The questionnaire data was tabulated and analyzed using the SPSS-DATA EDITOR software (version 21.0 for Windows). Interviews were recorded, transcribed and analyzed according to Content Analysis (Bardin, 2011). In the observations we used the "Event Log" technique by Fagundes (2006) which is characterized by the frequency count of the times the investigated behavior is repeated at given intervals. After conducting these investigations, triangulation of the results was performed aiming at an interrelationship between the data obtained in order to better understand the phenomenon studied. Study 1 results showed that the motivational climate of the 118 sports participants in it is task-oriented. In Study 2, the PROETI guidance document aims at Educational Sports for teachers' formation; teachers motivate their students through recreational activities, realize students' motivation by their attitudes, use a traditional standard class model, and, although they work educational aspects in class, they cannot identify these aspect in practice; and the proposed activities focus mainly on the principle of coresponsibility. In Study 3, we find that the motivational climate of the classes is learning oriented. It is concluded that, even though the guidance document of the project, students and classes point to the same direction, for the task or learning, teachers do not have much awareness of their action in Educational Sports
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.