• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.39.2006.tde-06092006-111731
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Alberto de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Tani, Go (Presidente)
Benda, Rodolfo Novellino
Correa, Umberto Cesar
Freudenheim, Andrea Michele
Petersen, Ricardo Demétrio de Souza
Título em português
Aquisição de uma habilidade motora básica: a prática sistemática em foco
Palavras-chave em português
Desenvolvimento motor
Habilidade motora
Prática sistemática
Rebater
Resumo em português
O propósito desse estudo foi investigar a influência da prática sistemática no desempenho e na estrutura do movimento em crianças de diferentes estados de desenvolvimento na habilidade motora básica rebater. Seqüências de desenvolvimento geralmente são utilizadas para definir mudanças de um estágio para outro, entretanto, essas mudanças não se relacionam exclusivamente a fatores internos. Restrições do organismo, do ambiente e da tarefa são responsáveis por mudanças. Nesse contexto, surge uma indagação: será que com a prática sistemática o indivíduo mudaria de um estágio para outro? Para responder a essa questão, um estudo foi realizado compreendendo um delineamento de duas fases nas quais as crianças deveriam praticar o rebater ao alvo uma bola de tênis de mesa lançada por um robô: a primeira fase foi denominada de aquisição e a bola foi lançada formando uma trajetória parabólica, sendo que as crianças deveriam atingir a meta critério de três acertos consecutivos na pontuação 50 do alvo, em até no máximo 120 tentativas; na segunda fase, denominada transferência, a bola foi lançada numa trajetória semi-retilínea e foram executadas 30 tentativas. Participaram dessa investigação 70 crianças com média de 11,6 anos de idade. Vinte e nove crianças atingiram a meta critério, as quais foram classificadas em grupos (inicial e avançado). As tentativas analisadas foram divididas em quatro blocos com três execuções cada. Dezenove variáveis foram estudadas envolvendo análise cinemática e medidas qualitativas a partir do checklist proposto por LANGENDORFER (1987a). Os resultados mostraram que a prática influencia a aquisição da habilidade, e foi revelada diferença estatisticamente significante (p< 0,05) na análise coletiva dos componentes, na ação da raquete, na aceleração e velocidade da raquete. Os resultados também mostraram que o controle dos graus de liberdade passa a ser feito nas articulações ou segmentos distais a medida que se congela e domina os graus de liberdade das grandes articulações ou segmentos corporais durante a ação motora.
Título em inglês
Acquision of a basic motor skill: focus on the systematic practice
Palavras-chave em inglês
Motor development
Motor skill
Practice
striking
Resumo em inglês
The purpose of this study was to investigate the effect of systematic practice on the performance and movement structure of children in different development stages in the basic motor skill of striking. Developmental sequences are often used to define changes from one stage to another, but these changes are not exclusively related to internal factors. Organismic, environmental and task constraints are responsible for them. In this context, a question arises: can a systematic practice change the developmental stage? Based on this question, a study was carried out having an experimental design of two phases, on which children practiced striking a table tennis ball thrown by a robot to a target. The first phase was denominated acquisition and the ball was thrown in a parabolic trajectory. Children were asked to reach a performance criterion of three consecutive hits on the target (50 points), allowed a maximum of 120 trials. In the second phase, called transfer, 30 trials were performed with the ball thrown in a straight trajectory. Seventy children (±11,6= years old) participated in this study and 29 of them reached the defined criterion, who were divided into two groups (initial and advanced). The trials were divided in four blocks with three trials each. Nineteen variables envolving kinematic and qualitative measures belonging to a checklist (LANGENDORFER, 1987a) were analysed. Results showed that practice affects skill acquisition and a statistic differences (p<0.05) on collective component analysis, racquet action, and racquet acceleration and velocity were observed. The results also showed that the control to degrees of freedom is transferred to distal joints or body segments as the degrees of freedom of major joints and body segments are frozen during the action.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
1_CAPA2_Jorge.pdf (3.57 Kbytes)
Data de Publicação
2006-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.