• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.31.2017.tde-25082017-120923
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Lotti Carvalho Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Iumatti, Paulo Teixeira (Presidente)
Lara, Fernando Luiz Camargos
Nicodemo, Thiago Lima
Santos, Pedro Afonso Cristovão dos
Título em português
A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto"
Palavras-chave em português
Crítica Literária
História da Cultura
Modernidade
Modernismo
Sérgio Buarque de Holanda
Resumo em português
Esta dissertação nasceu com um propósito simples: ler Monções (1945). Lê-lo, contudo, carregou o signo de um esforço duplo: de encarar o livro ora como documento da história intelectual do Brasil da primeira metade do século XX, e ora como artefato que interage com a nossa atualidade, e que nos permite interpelá-lo através do diálogo e do comentário crítico. O objeto desta pesquisa é a linguagem deste livro. Mobilizamos como método de análise procedimentos criados por Roland Barthes para o estudo daquilo que ele designou como "o plural do texto"; e de Michel Foucault, no que ele denominou como "pesquisa arqueológica", "autor" e "arquivo". Estas são nossas referências teóricas mais explícitas. Afora elas, operamos metodicamente com objetivo de estabelecer com a dissertação a crítica literária do livro e a exposição histórica da linguagem de seu texto. Devido à referida leitura dupla, por mais que inquiramos em Monções o seu sentido no contexto de uma obra, o "autor" de sua produção, e a biografia de Sérgio Buarque de Holanda, esta pesquisa não se confunde com o estudo da obra, da vida e do pensamento do autor. Neste instante, tal distinção pode aparentar sutil, mas será decisiva para que a investigação faça da "linguagem do texto" o seu objeto de estudo. Para cumprirmos este objetivo de investigação, contextualizamos Monções com a literatura da primeira metade do século XX, reconhecendo no seu campo de debate os assuntos que aportam numa rede de interpretações sobre o Brasil, na qual a diversidade da linguagem intelectual surge como seu panorama histórico. A base teórica deste estudo acompanha uma bibliografia que problematiza "o ato de leitura", "o discurso histórico", "a modernidade", e "o modernismo no Brasil". Entendemos que esta dissertação, pelo seu problema, contribuirá no assunto "história intelectual do Brasil", para as décadas de 1930 e 1940, e, pelo seu método e objeto de estudo, acreditamos que este estudo contribui pelo seu esforço em historiar a linguagem do documento histórico.
Título em inglês
Monções (1945) language: an study through the "pluriel du texte"
Palavras-chave em inglês
History of Culture
Literary Criticism
Modernism
Modernity
Sérgio Buarque de Holanda
Resumo em inglês
This monography began with a simple purpose: to read Monções (1945). To read it, however, is also to carry the meaning of a double struggle, namely, to face the book as a document of Brazil's intellectual history at the beginning of the 20th century, and as an object that communicates with our present time, that allows us to question the book through dialogue and critical review. The method for analysis was some procedures created by Roland Barthes for critical review, which he designated as "le pluriel du texte"; and some procedures of Michel Foucault that he classifies as 'archeological research', 'author', and 'archive'. These are our most important theorical references. In addictions, methodologically, we conducted the research aiming at the connection between the critical review of the book and the historical appearance of the language in its text. Due to those approaches to the text, this research is not to be mistaken by the study of the oeuvre, and its author's thinking. For now, it's a subtle distinction, but it will be decisive to turn the language of the book into the study-object of this monography. To conclude this research, we contextualized Monções with the literature of the first half of the 20th century, acknowledging many subjects of this book in a weft of interpretations of Brazil, in which the intellectual language diversity arises as its historical perspective. The theoretical basis of this research builds upons literature that argues about the 'act of reading', 'historical discourse', 'modernity', and the 'modernism in Brazil'. We expect that this monography will contribute in the field of intellectual history of Brazil in the 30's and 40's of the 20th century, and because of its methodology and object of study, it will add a new view to historize the language in the document.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.