• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2008.tde-04092008-162340
Documento
Autor
Nome completo
Domingos Quiante
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Mierzwa, José Carlos (Presidente)
Garcia, Luis Antonio Villaça de
Pádua, Valter Lúcio de
Título em português
Procedimentos para apropriação de tecnologias para implantação de sistema de saneamento ambiental em comunidades isoladas e com poucos recursos financeiros e humanos.
Palavras-chave em português
Comunidades isoladas
Modelo de gestão
Saneamento ambiental (aspectos sócio-econômicos)
Resumo em português
A falta de sistemas de saneamento ambiental acarreta muitos problemas de saúde, elevando significativamente, os gastos públicos e privados no setor, principalmente, os públicos, no que se refere ao tratamento de enfermidades, como por exemplo, a malária, a dengue, doenças de chagas, diarréias e febre tifóide, entre outras. Muitos estudos têm mostrado a relação intrínseca dos investimentos em infra-estrutura, especificamente da implantação de sistemas de saneamento ambiental, com a saúde pública, sendo que a implantação de sistemas de saneamento contribui decisivamente na melhoria do bem estar físico e mental dos indivíduos e, também, com a diminuição dos gastos públicos e privados com a Saúde. O equacionamento dos problemas de natureza sanitária e ambiental vem sendo perseguido ao longo dos anos pelos órgãos competentes, mas sempre com alcance limitado, tornando-se uma tarefa que parece cada vez mais difícil, em especial nos países ditos em desenvolvimento. As Comunidades isoladas, localizadas nas zonas rurais e/ou urbanas, sem oferta de serviços de saneamento pelas companhias públicas e com limitação de recursos financeiros e humanos, padecem e são mais susceptíveis às enfermidades relacionadas à falta de estruturas adequadas de saneamento ambiental. Dada esta singularidade e considerando o insucesso de programas de saneamento propostos pelos órgãos públicos e agências internacionais de fomento e de desenvolvimento, o escopo deste trabalho foi o desenvolvimento de um modelo para implantação de um Sistema de Saneamento Ambiental por meio do Programa de Apropriação de Tecnologias de Saneamento Ambiental (Aptsa), de modo a priorizar a participação de moradores das comunidades na identificação, implantação e gestão de opções compatíveis com a sua realidade. Para se chegar ao modelo de Aptsa, procedeu-se: à identificação das tecnologias de saneamento existentes para as três grandes áreas (abastecimento de água, coleta, tratamento e destinação de esgoto e coleta e a disposição do lixo), ressaltando suas vantagens e desvantagens, visando a melhorar a escolha da opção que deveria se adequar às demandas específicas da comunidade; à análise de programas de saneamento ambiental proposto para comunidades isoladas, identificando-se o sucesso e fracasso; e por fim, a estudos das características das comunidades. Após o desenvolvimento do Programa Aptsa, procurou-se avaliar a sua aplicabilidade em uma Comunidade Tradicional da Praia de Goés, Guarujá/SP, que já havia sido objeto de um estudo de opções para o desenvolvimento de uma estrutura de saneamento ambiental. Como resultado desta atividade foi constatado a necessidade de um comprometimento entre os agentes envolvidos na busca por soluções dos problemas vivenciados pelas comunidades, com a implantação de soluções para os problemas existentes. Esta conclusão pode ser obtida em função da resistência apresentada pela comunidade, através de seus líderes, em colaborar com o programa proposto.
Título em inglês
Procedures for ownership of technologies for deployment of system on environmental sanitation in isolated communities with limited financial and human resources.
Palavras-chave em inglês
Environmental sanitation
Isolated communities
Models of environmental management
Ownership of technologies
Resumo em inglês
The environmental sanitation systems absence causes many problems of health, elevating significantly private and public expenses in the sector, mainly in the latter, concerning the handling of illnesses, as malaria, dengue, illnesses of Chagas, diarrheas, typhoid fever, among many others. Many studies have shown the intrinsic relation of the investments in infrastructure, specifically of the environmental sanitation systems implementation, with the public health, in a way that it was perceived that the sanitation systems contributed decisively to the improvement of the welfare of the individuals, and also, to the reduction of public and private expenses with health. The pursuit for environmental and sanitary problems solutions has been faced all over the years by the competent agencies, but it was never very successful, in a way that it became a task that seems very distant to be accomplished, mainly in the countries namely of the so-called Third World. Isolated communities, located in rural and/or urban zones, with no offer of sanitation services by public companies and with limitation of human and financial resources, suffer and are more susceptible to the illnesses related to the lack of environmental sanitation system. Given this singularity and considering the failure of the programs of sanitation proposed by the competent public organs and international agencies of development, the purpose of this work was to develop a model for implementation of environmental sanitation systems through the Program of Appropriation of Technologies of Environmental Sanitation (Aptsa), prioritizing the participation of the communities residents in the identification, setting up, and management of sanitation options compatible with its reality. Getting to the model of Aptsa implied: the identification of the sanitation technologies of the three great areas (water supply, sewage collection, handling and destination of, and garbage collection and disposal), identifying their advantages and disadvantages, aiming at helping in the process of choice of the option that would better adjust to the specific demands of the community; the analysis of programs of environmental sanitation proposed for isolated communities, identifying their success or failure; and, finally, the study of the characteristics of the communities. After the elaboration of the Aptsa Program, it was sought to apply it in a traditional community in Guarujá/SP, in the Beach of Goés, which had already been the object of a study of options for the development of a structure for environmental sanitation. As a result, it was noted the need for a compromise between those involved in the search for solutions of the problems experienced by communities, with the deployment of solutions to existing problems. This conclusion can be achieved if we consider the resistance presented by the community, through its leaders, in supporting the proposed program.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.