• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2014.tde-25032015-165603
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Anunciatto Depieri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Roseli de Deus (Presidente)
Cunha, Celio da
Delaine, David Antoine
Grimoni, Jose Aquiles Baesso
Missell, Valquiria Villas Boas Gomes
Título em português
A engenharia sob a ótica dos pré-universitários e o impacto das feiras de ciências.
Palavras-chave em português
Atitudes
Competências
Educação científica
Educação em engenharia
Educação para a engenharia
Engenharia
Estudantes de Ensino Médio
Feiras de ciências
Habilidades
Percepção
Professores de Ensino Médio
Resumo em português
Um mundo em mudanças, com necessidades crescentes de soluções globais de ciência e tecnologia para seus problemas, faz da demanda por cientistas e engenheiros uma questão importante para a competitividade e o desenvolvimento econômico e social de qualquer país. Jovens devem ser cada vez mais motivados e preparados na educação básica para proporcionar à sociedade não só mais, mas melhores estudantes universitários e profissionais de engenharia. Assim, conhecer as atitudes, pensamentos, opiniões e percepções dos pré-universitários em relação à engenharia é de fundamental importância para atuar no aumento do contingente de futuros engenheiros e para predizer sua persistência na área. Por ser no ensino médio que os jovens fazem as primeiras escolhas sobre suas carreiras, a participação no desenvolvimento de projetos investigativos e na apresentação em feiras de ciências parece desempenhar importante papel não só nessa decisão, mas no desenvolvimento de habilidades e competências indispensáveis ao sucesso em qualquer carreira profissional, principalmente para a engenharia. Para conhecer e analisar o universo dos estudantes do ensino médio, neste contexto, foram aplicados questionários em cinco situações de pesquisa, cujo público alvo eram jovens pré-universitários, envolvidos ou não com atividades de feiras de ciências, e, em uma sexta situação, aos professores. Com base nos dados deste trabalho, os jovens, de forma geral, apresentaram atitudes e percepções positivas em relação à engenharia e aos engenheiros, independente do gênero, da idade, do tipo de escola e do tipo de ensino médio que frequentam. No entanto, os estudantes envolvidos com o desenvolvimento de projetos investigativos e participação em feiras de ciências revelaram atitudes mais positivas e mais autoconfiança do que os não envolvidos. A intenção de cursar engenharia se mostrou em alta para todas as situações de pesquisa, principalmente nas áreas de civil e elétrica. Além disso, tanto os jovens como os professores reconheceram nas atividades de desenvolvimento de projetos investigativos e de participação de feiras de ciências, oportunidades para o aperfeiçoamento de habilidades e competências necessárias para o sucesso profissional no mundo globalizado. Esta pesquisa foi conduzida para conhecer e analisar esse universo do ensino médio em relação à engenharia com a intenção de fornecer subsídios para atuar no aumento do contingente de futuros engenheiros e para predizer sua persistência na área. Além disso, espera-se que os resultados dessa pesquisa possam, ainda, contribuir e subsidiar a elaboração de programas e propostas para mudanças no ensino médio, a fim de atender às necessidades de despertar, desenvolver e aperfeiçoar as novas habilidades e competências impostas pelo século XXI.
Título em inglês
Engineering through pre-university student's eyes and the impact of science fairs.
Palavras-chave em inglês
Abilities
Attitudes
Education to engineering
Engineering
Engineering education
High school students
High school teachers
Perception
Science fairs
Scientific Education
Skills
Resumo em inglês
A changing world, with increasing needs of global science and technology solutions, makes the demand for scientists and engineers a major issue for competitiveness and economic and social development of any country. Young people should be increasingly motivated and prepared in K-12 education in order to provide society with not only more, but better undergraduate students and engineering professionals. Thus, the knowledge of attitudes, thoughts, opinions and perceptions of preuniversity students regarding engineering is crucial to act on increasing the number of future engineers and to predict their persistence in the area. Because it is in high school that young people make their first choices about careers, participating in the development of science research projects and presentation at science fairs may play an important role not only in this decision, but in the development of essential skills and competencies to succeed in any career, especially in engineering. To understand and analyze the universe of high school students, in this context, questionnaires were applied in five research situations, whose target audience were young pre-university students, involved or not in science fair activities, and in another situation with teachers. Based on this research data, , young people had positive attitudes and perceptions towards engineering and engineers, regardless of gender, age, type of school and type of high school course attended. However, students involved with the development of research projects and participation in science fairs showed more positive attitudes and more self-confidence than those not involved. The intention of studying engineering was high in all research situations, particularly in the areas of civil and electrical engineering. Furthermore, both youth and teachers recognized in the activities related to the development of research projects and participation in science fair, opportunities to develop skills and competencies necessary for professional success in a globalized world. This research was conducted to understand and analyze the universe of secondary education students related to engineering and engineers with the intention to support future actions on increasing the number of future engineers and to predict their persistence in the area. Moreover, it is expected that results of this research may also contribute to and support the development of governmental programs and proposals for high school curricula changes in in order to meet the needs of awakening, developing and enhancing new XXI century skills and competencies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.