• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2016.tde-14092016-111556
Documento
Autor
Nome completo
Graziela Krohling Kunsch
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Machado Junior, Rubens Luis Ribeiro (Presidente)
Marzochi, Ilana Feldman
Rolnik, Suely Belinha
Saber, Tales Afonso Muxfeldt Ab'
Xavier, Ismail Norberto
Título em português
Não caber + Início da pesquisa Estou na frente da câmera mas a minha cabeça está atrás dela ou A performance da diretora ou A performance da crítica
Palavras-chave em português
Autoimagem
Crítica
Crítica Institucional
Documentário & Performance
Efeito-câmera
Graziela Kunsch
Performance
Reflexividade
Resumo em português
1) A pesquisa artística não pode se subordinar à obediência acadêmica. 2) A presença de cineastas como personagens de seus próprios filmes, interpretando seus próprios papeis, talvez seja o mais próximo que o cinema chega da performance. Essa presença, de caráter supostamente documental, se dá sempre com a consciência que o realizador/a realizadora tem da câmera, de modo que exerce o duplo papel de atorencenador (como Renato Cohen descreve o performer) ou protagonista-observador de sua própria atuação (Jorge Glusberg). A frase que dá título à esta parte da pesquisa - "Estou na frente da câmera mas a minha cabeça está atrás dela" - foi dita por Jean-Luc Godard durante a sua participação no filme Quarto 666, de Wim Wenders. 3) A crítica do artista tende a ser sempre individual; a verdadeira crítica só pode ser coletiva.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Camera-effect
Critique
Documentary & Performance
Graziela Kunsch
Institutional Critique
Performance
Reflexivity
Self-Image
Resumo em inglês
1) Artistic research cannot be subordinated to academic obedience. 2) The presence of filmmakers as characters in their own movies, playing their own roles, is perhaps the closest cinema gets to performance. This presence, supposedly documentary-oriented, always occurs with the awareness that the director has of the camera, so that he/she performs the dual role of actor-director (as Renato Cohen describes the performer) or actor-observer of his own performance (Jorge Glusberg). The sentence used as title of this part - "I'm in front of the camera but my head is behind it" - was said by Jean-Luc Godard while participating in the film Room 666, by Wim Wenders. 3) Artist's criticism tends to be always individual; the real criticism has to be collective.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GrazielaKunsch.pdf (2.25 Mbytes)
Data de Publicação
2016-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.