• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2014.tde-02022015-151052
Documento
Autor
Nome completo
André Campos Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Costa, Rogério Luiz Moraes (Presidente)
Grossmann, Cesar Marino Villavicencio
Almeida, Alexandre Zamith
Brito, Maria Teresa Alencar de
Molina Junior, Sidney Jose
Título em português
A improvisação livre como metodologia de iniciação ao instrumento: uma proposta de iniciação (coletiva) aos instrumentos de cordas dedilhadas
Palavras-chave em português
Cordas dedilhadas
Ensino coletivo
Gesto instrumental
Improvisação livre
Iniciação ao instrumento
Resumo em português
Esta pesquisa investiga as possibilidades de iniciação aos instrumentos de cordas dedilhadas por meio da improvisação livre. Ela divide-se em três partes: fundamentação teórica, oficinas de improvisação livre e elaboração de um caderno de iniciação. A reflexão teórica tem como principais referências, as pesquisas de Rogério L. M. Costa e H. J. Koellreutter a cerca da Improvisação Livre, e as investigações de Flávia M. Cruvinel sobre o Ensino Coletivo de Instrumentos Musicais. Os diversos tipos de gestos musicais são descritos com enfoque no gesto instrumental, termo adotado na pesquisa para representar os elementos da técnica instrumental. Os gestos instrumentais foram selecionados através de seis oficinas de improvisação livre realizadas nos Conservatórios Estaduais de Música do Triângulo Mineiro, onde se procurou uma forma de registro gráfico musical que favorecesse a prática da improvisação livre e colaborasse no desenvolvimento de um caderno de iniciação aos instrumentos de cordas dedilhadas. Esta nova proposta de iniciação instrumental divide-se em seis partes através da sugestão de roteiros para improvisação livre, grafados de forma não tradicional, com o objetivo de estimular a exploração sonora e timbrística em sintonia com a música da contemporaneidade. Através da criação, da liberdade gestual e da expansão da escuta, permite ao aprendiz desenvolver habilidades instrumentais e musicais para a criação de seu próprio repertório, de acordo com sua identidade, sua biografia, sua experiência de vida.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Collective learning
Free improvisation
Instrumental gesture
Plucked strings
Starter instrument
Resumo em inglês
This research investigates the possibilities of initiation to plucked strings instruments through free improvisation. It is divided into three parts: theoretical foundation, free improvisation workshops and notebook initiation. The theoretical reflection has as main references the research of Rogério L. M. Costa and H. J. Koellreutter about Free Improvisation and Flávia M. Cruvinel investigations on Collective Teaching of Musical Instruments. The various kinds of musical gestures are described focusing on instrumental gesture, term adopted in the research to represent the elements of instrumental technique. The instrumental gestures were selected during six free improvisation workshops held in music conservatories in the state of Minas Gerais, where he sought a form of musical graphic record favoring the practice of free improvisation and collaborate into the development of a notebook initiation to plucked strings instruments. This new instrumental initiation proposal is divided into six parts that suggest a guide for free improvisation, written in a nontraditional way, with the aim of stimulating sound and timbre exploration combined with the contemporary music. Through the creation of the gestural freedom and the expansion of listening abilities, it seems likely that could develop musical and instrumental skills to create his/her own repertoire, according to his identity, his biography and life experience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.