• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2018.tde-03122018-144842
Documento
Autor
Nome completo
Elisangela Rodrigues da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Soares, Ismar de Oliveira (Presidente)
Assis, Regina Alcântara de
Azevedo, Adriana Barroso de
Citelli, Adilson Odair
Gottlieb, Liana
Viana, Claudemir Edson
Título em português
Educomunicação e políticas públicas: estudo comparativo de educação midiática entre as redes municipais de ensino do Rio de Janeiro e de São Paulo
Palavras-chave em português
Currículo
Educomunicação
Mídia-Educação
Políticas Públicas
Protagonismo juvenil
Resumo em português
A presente tese, formulada na linha de pesquisa Comunicação e Educação do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, tem como objeto a análise das políticas de educação midiática implementadas por duas Secretarias Municipais de Educação pertencentes, respectivamente, às cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. A tese se justifica basicamente por duas razões. Em primeiro lugar, pela importância estratégica destas cidades, levando em conta que - além de possuírem as maiores redes públicas de educação básica do país - ambas vêm inserindo em suas práticas de ensino, ao longo das últimas décadas, elementos formativos que contemplam ações expressamente voltadas para esferas que tangenciam a Educação e a Comunicação; em segundo lugar, pelo fato de identificarmos nas distintas propostas elementos que se configuram como identificados, essencialmente, com duas correntes de práticas de educação midiática curricular: a Mídia-Educação, no Rio, e a Educomunicação, em São Paulo. No caso, a pesquisa se propõe a identificar as práticas e a comparar os elementos que as aproximam ou as caracterizam como específicas. O objetivo inicial é a confirmação de efetivas políticas públicas voltadas para os dois paradigmas em questão. E, em uma segunda instância, compreender o que caracteriza as diferentes experiências, enquanto práticas político-pedagógicas. Para tanto, analisamos, teórica e empiricamente, por meio de pesquisa qualitativa, com os sujeitos - gestores políticos, gestores escolares, professores e alunos - entendem e utilizam a prática da mídia-educação e da educomunicação no interior das unidades escolares, ou seja, em sala de aula. Os resultados comprovam que a educação midiática é objeto de efetivas políticas públicas nas referidas redes de ensino, tanto que existem dados empíricos relevantes na identificação das perspectivas teóricas e de gestão adotadas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Essas redes de ensino desenvolveram fundamentos e procedimentos específicos às questões da educação midiática como apresentado na tese comprovando que pode existir diálogos, ou seja, pontos em comuns, sintonias de ideias entre as políticas de educação midiática das duas redes.
Título em inglês
Educommunication and public policies: a comparative study of media education among the municipal teaching networks of Rio de Janeiro and São Paulo
Palavras-chave em inglês
Curriculum
Educommunication
Media-Education
Public policy
Youth protagonism
Resumo em inglês
This thesis, formulated in the Communication and Education research line of the Post-Graduation Program in Communication Sciences of the School of Communications and Arts of the University of São Paulo, has as its object the analysis of media education policies implemented by two Municipal Secretariats of Education, respectively, belonging to the cities of Rio de Janeiro and São Paulo. The thesis is justified basically for two reasons. First, because of the strategic importance of these cities, taking into account that - in addition to having the largest public networks of basic education in the country - both have been inserting in their teaching practices, over the last decades, formative elements that contemplate actions directed specifically for spheres that touch Education and Communication; Secondly, because we identify in the different proposals elements that are identified as identified, essentially with two currents of practices of curricular media education: the Media-Education in Rio and the Educommunication in São Paulo. In this case, the research proposes to identify the practices and compare the elements that approach them or characterize them as specific. The initial objective is the confirmation of effective public policies focused on the two paradigms in question. And, in a second instance, to understand what characterizes the different experiences, as political-pedagogical practices. For this, we analyze, theoretically and empirically, through a qualitative research, how the subjects - political managers, school administrators, teachers and students - understand and use the practice of media-education and educommunication within the school units, in the classroom. The results confirm that media education is the object of effective public policies in educational networks, so much so that there is relevant empirical data in the identification of the theoretical and management perspectives adopted in São Paulo and Rio de Janeiro. These teaching networks have developed specific foundations and procedures for the issues of media education as presented in the thesis, proving that there may be dialogues, that is, points in common, brainstorming between the two networks.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.