• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2018.tde-19092018-152451
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Yoshio Nunomura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bucci, Eugênio (Presidente)
Belda, Francisco Rolfsen
Blotta, Vítor Souza Lima
Cunha, Michelle Prazeres
Silva, Carlos Eduardo Lins da
Singer, Andre Vitor
Título em português
Notícias de Segunda Mão: os jornais locais e a cobertura política
Palavras-chave em português
comunicação política
crise política
democracia
governo Dilma
governo Temer
imprensa
jornais locais ou regionais
jornalismo
Resumo em português
Esta tese de doutorado, que se insere no âmbito das pesquisas de comunicação e política, tem como objeto a imprensa regional ou local, a partir de uma questão crucial: teriam os jornais locais deixado de exercer o papel de controle e fiscalização do poder e, portanto, deixado de cumprir a missão de bem informar os cidadãos, acomodando-se a seguir a pauta e o enfoque dos veículos aos quais tomam de empréstimo o noticiário? Por meio de uma investigação da história do jornalismo local, conjugada com estudos empíricos acerca do discurso midiático, o presente trabalho conclui, baseado em estudos de caso e análises quantitativas e qualitativas de uma amostragem significativa de jornais locais e regionais, que a resposta a essa pergunta é "sim". O Brasil não conta uma imprensa local forte, o que acarreta implicações negativas para a democracia. O corpus da pesquisa foi recortado de seis veículos locais ou regionais: Comércio do Jahu-SP, Correio do Povo-RS, Diário do Rio Doce-MG, Folha do Estado da Bahia-BA, Jornal do Povo-MS e O Liberal-PA. Foram estudadas edições de cada um desses títulos, publicadas durante as crises políticas de 2015 a 2017. Além disso, profissionais responsáveis por esses conteúdos e representantes de associações de diários dos interiores e agências de notícias foram longamente entrevistados. Os resultados evidenciam o uso excessivo de notícias de segunda mão, isto é, não produzidas por equipes próprias. A análise do discurso aqui empreendida demonstrou que, no caso do impeachment de Dilma Rousseff, os seis jornais reproduziram, com ângulos praticamente idênticos e sem contextualização municipal ou regional, o discurso de Folha de S.Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo. Já sob o governo de Michel Temer, esses jornais procuraram se afastar da narrativa das três grandes publicações, denotando estar a serviço de interesses políticos de suas regiões.
Título em inglês
Second-Hand News: local newspapers and political coverage
Palavras-chave em inglês
democracy
Dilma government
journalism
local or regional newspapers
political communication
political crisis
press
Temer government
Resumo em inglês
This thesis, which belongs to the field of communication and political research, has as its subject regional or local press. Its crucial question is: would the local newspapers have abandoned their roles as watchdogs and, therefore, failed to properly inform their readers as the free press should do? Have they conformed themselves to the agenda and approach of the national newspapers from which they get the news? We started with a historical investigation of the local journalism, and we continue with empirical studies on media discourse, to conclude, based on case studies and content analysis of a significant sampling of local and regional newspapers, that the response to this question is "yes". Brazil does not have a strong local or regional press, which brings negative consequences for our democracy. The corpus of the research focuses on six local or regional vehicles: Comércio do Jahu-SP, Correio do Povo-RS, Diário do Rio Doce-MG, Folha do Estado da Bahia-BA, Jornal do Povo-MS and O Liberal-PA. We studied editions of each of these publications during the Brazilian political crisis of 2015 to 2017. In addition, journalists responsible for these contents and members of newspaper associations and news agencies were interviewed. The complete results show the excessive use of second-hand news, which is not produced by their own teams. The content analysis here showed that, in the case of Dilma Rousseff's impeachment, the six newspapers reproduced, with almost identical angles and without local contextualization, the discourse of Folha de S.Paulo, O Globo or O Estado de S. Paulo, the three major national newspapers in Brazil. But under Michel Temer government, these six newspapers sought to distance themselves from the narrative of the three major national titles, giving evidence of serving the political interests of their regions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnexoA.xlsx (37.60 Kbytes)
AnexoB.xls (2.99 Mbytes)
AnexoC.xlsx (114.25 Kbytes)
ApendiceA1.xlsx (54.32 Kbytes)
EDUARDONUNOMURA.pdf (5.05 Mbytes)
Data de Publicação
2018-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.