• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2009.tde-31082015-155002
Documento
Autor
Nome completo
Tiago Quiroga Fausto Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Maria Immacolata Vassallo de (Presidente)
Citelli, Adilson Odair
Braga, Jose Luis
Ferrara, Lucrecia D'Alessio
Marcondes Filho, Ciro Juvenal Rodrigues
Título em português
Comunicação, andança, restauração: possibilidades de uma episteme comunicacional
Palavras-chave em português
Afeto
Comunicação
Episteme
História
Técnica
Resumo em português
presente trabalho apresenta-se como contribuição ao que se vem chamando hoje de constituição de uma episteme comunicacional. Dado o caráter extremamente incipiente do assunto, procura-se aqui, antes de qualquer coisa, realizar uma reflexão que tem, na apresentação de alguns problemas que cercam o tema, seu principal objetivo. A título de compreender os postulados que orientam tal debate, assim como de agregar à presente temática uma análise de cunho propositivo, toma-se como método de trabalho o recurso historiográfico. Através da genealogia dos termos e conceitos que caracterizam o aparecimento do problema comunicação, formula-se a hipótese de pesquisa, que tem no advento da técnica moderna sua conformação prática. Pergunta-se pela técnica como acontecimento que particulariza a emergência do campo de conhecimento em questão - os estudos de mídia - e também em que medida, em torno de seus desdobramentos atuais, não residiriam importantes chaves interpretativas quanto à conquista do objeto de estudo da área. Como resultado final, tem-se a eleição do valor-afeto como espécie de crivo teórico para se pensar a especificidade comunicacional, isto é, para se adjetivar a chamada midiatização social.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
-
Resumo em inglês
This dissertation is a contribution to what is nowadays called the constitution of a communicational episteme. Given the extremely incipient character of the subject, it is considered, before anything, to carry a reflection through, in which the main purpose is the presentation of the problems that surround this subject. Thus, to understand the postulates that guide such theme, as well as adding to the debate an analysis with a propositional characteristic, it was chosen the historiographical methodology. Through the genealogy of the terms and concepts that characterize the appearance of the communication problem, it is formulated the research hypothesis, which has in the advent of the modern technique its practical conformation. So it is asked if the technique is an event that distinguishes the field of knowledge in question - the media studies -, and also if in the current unfolding of the technique would (not) inhabit important interpretative keys about the conquest of the object of study of this area. As final result, it was elected the value-affection as a species of theoretical sifter to think the comunicacional specificity, that is, to label the so called social mediatization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.