• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2013.tde-30012014-105233
Documento
Autor
Nome completo
Paola Diniz Prandini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Mungioli, Maria Cristina Palma (Presidente)
Orofino, Maria Isabel Rodrigues
Soares, Ismar de Oliveira
Título em português
A cor na voz: linguagem e identidade negra em histórias de vida digitalizadas contadas por meio de práticas educomunicativas
Palavras-chave em português
discurso
Educomunicação
histórias de vida digitalizadas
identidade
negritude
Resumo em português
A pesquisa teve como objetivo principal analisar, por meio de seus próprios discursos, os processos de construção de identidade negra de jovens do Ensino Fundamental II de uma escola pública da periferia da cidade de São Paulo. O estudo de caso foi a técnica de pesquisa adotada e os procedimentos metodológicos se inseriram na pesquisa participante. O quadro teórico sobre o qual se assentou a pesquisa teve como base a Educomunicação, as práticas do Digital Storytelling, os estudos de linguagem empreendidos por Bakhtin, a Análise de Discurso (de linha francesa) e os conceitos relacionados ao "ser negro" no contexto sociocultural brasileiro. A pesquisa de campo contou com a realização de oficinas educomunicativas com um grupo de jovens de uma mesma sala de aula, capacitando-os para a criação de vídeos tendo como base suas histórias de vida, que constituíram parte fundamental do corpus da pesquisa. Para além do trabalho com as habilidades técnicas, o projeto contou com rodas de discussão a respeito do conceito de identidade em suas dimensões sociais e individuais. Cabe ressaltar que também foram objeto de análise as estratégias educomunicativas empregadas pela pesquisadora e os discursos dos alunos registrados ao longo do desenvolvimento da pesquisa. Para a elaboração da narrativa audiovisual, foram utilizados os procedimentos do Digital Storytelling e, dessa forma, pôde-se observar a produção de sentidos identitários individuais e sociais, na medida em que esta coloca em marcha um processo em que os sujeitos - os alunos - constituem-se como autores de suas próprias histórias. Os resultados da pesquisa indicam que, ao se constituírem como instância enunciadora, tais sujeitos dão início a um processo de conscientização em relação a si mesmos e ao grupo social, o que se torna possível graças ao distanciamento propiciado pelo ato de se autonarrar. Deve-se enfatizar que esse processo de construção identitária, de reconhecimento de si-mesmo, ganha corpo por meio da alteridade (Bakhtin), que pode propiciar a aquisição da consciência social de si mesmo e, assim, do "ser negro" na sociedade brasileira. Ademais, ressalta-se a importância da abordagem educomunicativa no processo conduzido junto aos jovens, pois se entende que o mesmo foi motivador da criação de um ecossistema comunicativo, necessário para que a pesquisadora - ali atuando como mediadora - e os sujeitos pesquisados ultrapassassem possíveis barreiras da relação professor-aluno para que, libertos, pudessem falar de si mesmos e de suas experiências, tendo, inclusive, os seus relatos digitalizados.
Palavras-chave em inglês
blackness
digital storytelling
discourse
Educommunication
identity
Resumo em inglês
The research aimed to analyze, through their own speeches, the processes of identity construction of young black students of a public school in the outskirts of São Paulo. The case study was the research technique used and the methodological procedures were inserted in the participant research. The theoretical framework on which sat the research was based on Educommunication, the practices of Digital Storytelling, the language studies undertaken by Bakhtin, Discourse Analysis (French line) and the concepts related to "being black" in the Brazilian sociocultural context. The field research included educommunicative workshops with a group of young people in the same classroom, enabling them to create videos based on their life stories, which were an essential part of the research corpus. In addition to working with the technical skills, the project had discussion groups about the concept of identity in its social and individual aspects. Note that also have been considered educommunicative strategies employed by the researcher and the speeches of the students registered during the development of the research. For the preparation of audiovisual narrative, were used the procedures of Digital Storytelling and thus it could be observed the production of individual senses of identity and social living, to the extent that this puts in motion a process in which the subjects - students - constitute themselves as authors of their own stories. The survey results indicate that, when constituted as an enunciative instance, these individuals initiate a process of awareness about themselves and the social group, which is possible thanks to the distance afforded by the act of narrating yourself. It should also be noted that this process of identity construction, the recognition of self, takes shape through the idea of otherness (Bakhtin), which can provide the acquisition of social consciousness of itself and thus of "being black" in Brazilian society. Moreover, it emphasizes the importance of the process approach educommunication proposal led to the youth, because we understand that it was motivating the creation of the so-called communicative ecosystem, necessary for the researcher - there acting as a mediator - and the subjects surveyed exceeded potential barriers in teacher-student relationship so that freedmen could talk about themselves and their experiences, and even having their reports digitalized.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.