• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2015.tde-25112015-110230
Documento
Autor
Nome completo
Nara Lya Simões Caetano Cabral
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Mayra Rodrigues (Presidente)
Costa, Maria Cristina Castilho
Martinez, Mônica
Título em português
Mobilizações discursivas da categoria 'politicamente correto': um mapa dos sentidos que emergem no jornalismo
Palavras-chave em português
Discurso
Interdição
Jornalismo
Liberdade de expressão
Politicamente correto
Resumo em português
Esta pesquisa investiga os sentidos, valores e discursos circulantes que emergem nas páginas da imprensa em torno da categoria "politicamente correto", observando suas relações com a liberdade de expressão e formas de controle da produção discursiva. A partir de matérias da Folha de S. Paulo, no período de 1991 a 2014, pesquisamos as transformações do politicamente correto no Brasil e as regulações por ele estabelecidas. Embasamo-nos, nesse percurso, nas proposições de Michel Foucault sobre a arqueologia dos discursos, de modo que as matérias jornalísticas devem ser tomadas como acontecimentos discursivos, isto é, como vestígios materiais que servem de base à "escavação" de plataformas culturais, saberes e regras sócio-históricas que condicionam a emergência de enunciados e discursos. Nossos resultados apontam para a emergência do politicamente correto como categoria em disputa no debate público, inserida em um contexto de reposicionamentos dos saberes sobre liberdade de expressão, e para o papel decisivo do jornalismo na introdução dessa expressão nas discussões que se travam na esfera pública brasileira. O posicionamento assumido pelo jornalismo remete a um imaginário discursivo sobre a democracia, o que também tem seu papel na consolidação da legitimidade e do lugar de fala da imprensa. De modo correlato, a discussão pública sobre o politicamente correto no Brasil mostra-se profundamente polarizada. Por fim, a emergência da categoria "politicamente correto" como forma de denominar processos de regulação sobre a linguagem reflete - e também determina - a centralidade e a visibilidade adquiridas por esse fenômeno em nossa cultura: centralidade da linguagem, de modo amplo, como mediadora das relações sociais; centralidade do individual na condução de ações políticas; centralidade do paradigma de circulação de ideias - e, por conseguinte, visibilidade das formas de controle da expressão, entendidas cada vez mais como intoleráveis.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Discourse
Freedom of expression
Interdiction
Journalism
Political correctness
Resumo em inglês
This research investigates the senses, values and circulating discourses that emerge in the pages of the press around the category "political correctness". Our goal is to understand the relationship between such category, freedom of expression and forms of control of discursive production. From journalistic texts published by Folha de S. Paulo, in the period from 1991 to 2014, we researched the transformation of political correctness in Brazil and the regulations laid down by it. In this journey, we base ourselves on Michel Foucault's propositions on the archeology of speeches; so that the newspaper articles should be taken as discursive events, as material evidence underpinning the excavation of cultural platforms, knowledge and socio-historical rules that constrain the emergence of statements and speeches. Our results show the emergence of political correctness as a category in dispute in the public debate, set on a repositioning context of knowledge on freedom of expression, as well as the decisive role of journalism in the introduction of the expression "political correctness" in the discussions which take place in Brazilian public sphere. The position assumed by journalism refers to an imaginary discourse on democracy, which also plays a role in the consolidation of legitimacy and place of speech of the press. At the same time, the public discussion of political correctness in Brazil shows up deeply polarized. Finally, the emergence of the category "political correctness " as a way of giving a name to processes of language regulation reflects - and also determines - the centrality and visibility acquired by this phenomenon in our culture: the centrality of language, broadly, mediating social relationships; centrality of the individual in the conduct of policy actions; centrality of the circulation of ideas - and therefore visibility of control strategies of expression, increasingly understood as intolerable.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.