• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2007.tde-24042009-152705
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Roberto da Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Mayra Rodrigues (Presidente)
Buitoni, Dulcilia Helena Schroeder
Oliveira, Gilberto Maringoni de
Prado, Jose Luiz Aidar
Soares, Rosana de Lima
Título em português
A revista no Brasil, o século XIX
Palavras-chave em português
Caricatura
Formação do público leitor
História da imprensa
Impressores
Jornalismo em revista
Livreiros
Resumo em português
Este estudo investiga e analisa as publicações periódicas brasileiras criadas no século XIX e realiza um resgate histórico e panorâmico da trajetória da criação jornalística em revistas, do nascimento da imprensa no país até a virada para o século XX. Elaborado como uma grande reportagem, o trabalho acompanha o desenvolvimento histórico das revistas no século em que trilhamos os primeiros passos de vida independente e busca entender o processo de formação do público leitor e o papel que o jornalismo e em particular as revistas desempenhou na discussão dos caminhos que o país queria trilhar. Em sete capítulos, a pesquisa se detém em alguns periódicos que foram marcos no aprimoramento de redatores, impressores, caricaturistas, diagramadores. As primeiras revistas, saídas da Impressão Régia, criada em 1808; a chegada dos impressores contratados fora ou que vinham para o Brasil fazer a América; os primeiros desenhistas e ilustradores; a entrada das mulheres nas redações; a contribuição dos livreiros; o auge das semanais ilustradas no período de estabilidade do Segundo Império e a discussão e os debates promovidos por elas em torno da desgastante Guerra do Paraguai, da libertação dos escravos ou do final do Império e da implantação da República, são os conteúdos desses capítulos que contam a trajetória das revistas brasileiras no século XIX.
Título em inglês
The magazine in Brazil, 19th century
Palavras-chave em inglês
Booksellers
Caricature
Configuration of the reading public
History of the press
Journalism in magazines
Pressmen
Resumo em inglês
This study investigates and analyzes the Brazilian regular publications founded in the 19th century and recovers the historic and panoramic course of the journalistic creation in the magazines of the 19th century, from the birth of the press in the country to the turn of the 20th century. Elaborated as a great news report, this study follows the historical development of the magazines in the century in which we tracked the first steps of our independence, and tries to understand the process of making up the reading public, as well as the role that journalism especially the magazines has played in the discussion of the paths the country intended to trail. In seven chapters, the research dwells on some publications which were landmarks for the improvement of writers, pressmen, cartoonists, designers. The first magazines, published by Impressão Régia (name of the Brazilian official printing house), founded in 1808, the arrival of the pressmen hired overseas or coming to Brazil with the aim of making up America; the first draftsmen and illustrators; the admission of women in newsrooms; the contribution of booksellers; the pinnacle of the illustrated weekly magazines in the steady period of the Second Empire in Brazil in addition to the discussion and debates promoted by them on the outwearing Paraguay War, on the freedom of slaves or on the end of the Empire, as well as the implementation of the Republic, constitute the contents of the chapters giving an account of the development of Brazilian magazines in the 19th century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
3231765.pdf (5.55 Mbytes)
Data de Publicação
2009-05-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.