• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2018.tde-25072018-153201
Documento
Autor
Nome completo
Andreina Alves de Sousa Virgínio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Perrotti, Edmir (Presidente)
Almeida Junior, Oswaldo Francisco de
Bortolin, Sueli
Talamo, Maria de Fatima Goncalves Moreira
Título em português
Biblioteca, Oralidade E Conhecimento: Uma Contribuição Aos Estudos De Mediaação e Apropriaação Cultural
Palavras-chave em português
Apropriação cultural
Biblioteca - Dispositivo cultural dialógico
Mediação cultural
Oralidade
Resumo em português
Esta pesquisa trata de relações intersemióticas entre oralidade e outras formas de expressão cultural, tendo em vista a construção de referências teóricas e metodológicas próprias a processos de mediação e apropriação cultural, em espaços biblioteconômicos contemporâneos. Discute conceitos de oralidade, escrita; cultura; apropriação, mediação cultural e biblioteca e adota parâmetros de pesquisa colaborativa, como perspectiva metodológica. O trabalho foi realizado na Casa da Leitura, biblioteca construída no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, na cidade de Floriano (PI). O problema da pesquisa desdobrou-se em questões concretas, a saber: como a oralidade se manifesta no espaço da biblioteca em questão, em relação a outras formas de comunicação cultural? Que lugar o dispositivo reserva para a viabilização de trocas orais entre os sujeitos envolvidos nas práticas aí realizadas? Como as manifestações orais são estimuladas em atividades educativas e culturais como: "Rodas de leitura", "Rodas de histórias" e "Rodas de memórias". Participaram das atividades, programadas pela pesquisadora em colaboração com educadores e profissionais da biblioteca, crianças de 8 - 9 anos, da Rede de Ensino Pública do município de Floriano (PI). Os resultados mostraram a oralidade como parte integradora essencial nos processos de apropriação e mediação cultural envolvendo diferentes linguagens. Ela foi percebida como manifestação fundamental das práticas culturais junto ao grupo de crianças, cujas dificuldades com a leitura poderiam afastá-las da biblioteca, ambiente marcado por forte tradição ligada à escrita. Além deste aspecto, a oralidade oportunizou trocas e experiências com possibilidades de negociações imediatas, tanto em relação aos conteúdos dos diferentes suportes informacionais da biblioteca, quanto em relação aos enunciados dos sujeitos envolvidos - pesquisadora, colaboradores e as próprias crianças. Assim, a Casa da Leitura foi percebida pelos participantes como espaço dialógico e acolhedor, aberto a experiências significativas que dizem respeito tanto à própria oralidade, como à escrita e outros códigos culturais. A perspectiva intersemiótica que pautou os trabalhos mostrou-se caminho promissor aos processos de mediação e apropriação cultural, abrindo portas de participação cultural ao grupo estudado.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Cultural appropriation
Cultural mediation
Library - Dialogical cultural place
Orality
Resumo em inglês
This research deals with intersemiotic relations between orality and other forms of cultural expression, in order to make theoretical and methodological references proper to mediation processes and cultural appropriation, in contemporary librarianship spaces. It discusses concepts of orality, writing; culture; appropriation, cultural mediation and library and it adopts parameters of collaborative research, as a methodological perspective. The work was conducted at "Casa da Leitura", a library built on the campus of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Piauí, in the city of Floriano (PI). The problem of research has developed into concrete questions, namely: how orality manifests itself in the space of the library in question, in relation to other forms of cultural communication? What accommodation does the place make feasible for oral exchanges between the subjects involved in the practices performed there? How oral manifestations, such as "reading groups", "story groups" and "memory groups" are stimulated in educational/cultural activities? Children of the Public Education System of Floriano City (PI), from 8 to 9, took part in the activities, programmed by the researcher in collaboration with educators and professionals of the library. The results showed orality as an essential integrating part in the processes of appropriation and cultural mediation involving different parlance. It was perceived as a fundamental manifestation of cultural practices among the group of children, whose difficulties with reading could keep them away from the library, a site marked by a strong tradition linked to writing. In addition to this aspect, orality has facilitated exchanges and experiences for immediate negotiations possibilities, both in relation to the contents of the different information media of the library and in relation to the statements of the subjects involved - researcher, employees and the children themselves. Thus, the "Casa de Leitura" was perceived by the participants as a dialogical and cozy space, opened to meaningful experiences that relate to its own orality, writing and other cultural codes. The intersemiotic perspective that guided the works showed itself as a promising path to the processes of mediation and cultural appropriation, allowing cultural participation to the studied group.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.