• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2007.tde-23042007-141926
Documento
Autor
Nome completo
Guilhermo Almeida dos Reis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Sueli Mara Soares Pinto (Presidente)
Garcia, Laura Sanchez
Melly, Mylene
Título em português
Centrando a arquitetura de informação no usuário
Palavras-chave em português
Arquitetura de informação
Design Centrado no Usuário
Interação homem-computador
Sense-making.
Websites - Design
Websites - Usabilidade
Resumo em português
O presente trabalho analisa as metodologias de projeto de arquitetura de informação de websites sob o foco das abordagens de Design Centrado no Usuário da Ciência da Informação e da Interação Humano-Computador. A metodologia adotada foi uma revisão da literatura, para formular um quadro de referência para análise das metodologias de projetos de arquitetura de informação, e duas pesquisas de campo. A primeira pesquisa foi quantitativa, baseada em um questionário on-line, e teve por objetivo levantar o perfil do arquiteto de informação das listas de discussões brasileiras. A segunda pesquisa foi qualitativa e seguiu a abordagem do Sense-making, tendo como objetivo levantar as dificuldades, técnicas e metodologias encontradas nos projetos de arquitetura de informação de websites. Como resultado da revisão da literatura foi formulado um quadro de referência composto de cinco fases (Pesquisa, Concepção, Especificação, Implementação e Avaliação). Os princípios das abordagens de Design Centrado no Usuário são aplicados nas duas fases iniciais, sendo que na primeira é aplicada a abordagem da Ciência da Informação, e na segunda a abordagem da Interação Humano-Computador. A primeira pesquisa de campo retratou um profissional jovem, que vive nos grandes centros metropolitanos, com formação predominante na área de Humanas e que desenvolveu seus conhecimentos sobre Arquitetura de Informação de maneira autodidata. Quase metade deles não segue qualquer metodologia nos seus projetos e, entre os que seguem, a maioria utiliza uma metodologia própria. A segunda pesquisa mostrou que os arquitetos de informação experientes adotam uma metodologia nos seus projetos e dedicam mais atenção às três primeiras fases do quadro de referência (Pesquisa, Concepção e Especificação). As metodologias vistas na prática não seguem a abordagem de Design Centrado no Usuário da Ciência da Informação, pois raramente são feitas pesquisas com usuários. Com relação à abordagem da Interação Humano-Computador, ela é pouco seguida porque os contratantes desconhecem a importância dos testes de usabilidade e porque os arquitetos não dominam as técnicas desses testes mais adequadas à Arquitetura de Informação. Com relação às dificuldades enfrentadas nos projetos, foram identificados três focos: o contratante, o próprio trabalho de Arquitetura de Informação e o contexto tecnológico em que o website está inserido, sendo o primeiro o mais citado. Conclui-se que as metodologias de projetos de arquitetura de informação precisam evoluir na adoção das abordagens de Design Centrado no Usuário, para que consigam produzir websites que satisfaçam plenamente as necessidades dos usuários, e nas formas de avaliar os resultados, para verificar se os objetivos dos projetos foram plenamente alcançados.
Título em inglês
Centering the Information Architecture in the user
Palavras-chave em inglês
Human-Computer Interaction
Information Architecture
Sense-making
User Center Design
Web Design
Websites - Usability
Resumo em inglês
The study analyzes information architecture projects methodologies of websites under the focus of User Centered Design approaches of Information Science and Human-Computer Interaction. The adopted methodology included a literature review, to formulate a theoric model to analyze information architecture project methodologies, and two empirical researches. The first one was a quantitative research, based on an on-line questionnaire which aimed at mapping the profile of information architects in Brazilian discussion lists. The second one was a qualitative research, in which the Sense-making approach was applied to map the difficulties, techniques and methodologies found in information architecture projects of websites. As result the revision of literature review a theoric model with five phases was formulated (Research, Conception, Specification, Implementation and Evaluation) in which the approaches of User Centered Design should be applied in the two initial phases, in the first one should be applied the approach of Information Science and in the second one the approach of Human-Computer Interaction. The first research showed a young professional, that lives in the great metropolitan centers, which is often graduated in Human area and developed their knowledge of Information Architecture in an autodidactic way. Almost half of them doesn't follow any methodology in their projects and, most of the ones that follow uses theirs own methodology. The second research showed that seniors information architects adopt a methodology in theirs project and they dedicate more attention to the first three phases of the theoric model (Research, Conception and Specification). The methodologies found in practice don't follow the User Centered Design approach of Information Science, because they rarely make researches with users. The Human-Computer Interaction approach is little following because the clients are not convinced of the importance of usability tests and because information architects don't really know the techniques of usability tests more appropriate to information architecture projects. It were identified three focuses of difficulties faced in the projects: the clients, the own work of Information Architecture and the technology context in that the websites is inserted. It concludes that the methodologies of information architecture projects need to increase in the adoption of User Centered Design, to produce websites that fully satisfy the users, and in ways to evaluate the results of the projects, to verify if its objectives had been reached.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.