• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Walter Moreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Lara, Marilda Lopes Ginez de (Presidente)
Almeida, Carlos Henrique Marcondes de
Cintra, Anna Maria Marques
Kobashi, Nair Yumiko
Souza, Renato Rocha
Título em português
A construção de informações documentárias: aportes da linguística documentária, da terminologia e das ontologias
Palavras-chave em português
Informação documentária
Linguistica documentária
Ontologia
Terminologia
Resumo em português
Investiga a interface teórico-prática entre terminologia, ontologia filosófica, ontologia computacional e linguística documentária e os subsídios que oferecem para a construção de informações documentárias. Foram estabelecidos como objetivos específicos, a análise das condições de produção, desenvolvimento, implementação, uso e integração de ontologias com base no referencial teórico da ciência da informação; a investigação sobre a contribuição das ontologias para o desenvolvimento de tesauros e vice-versa; a discussão acerca do fundamento filosófico da aplicação de ontologias com base no estudo das categorias ontológicas presentes na filosofia clássica e nas propostas contemporâneas. Defende que a compreensão das ontologias por meio da teoria comunicativa da terminologia colabora para a organização de um acesso menos quantitativo (sintático) e mais qualitativo (semântico) à informação. Observa que, conquanto compartilhem alguns objetivos comuns, ainda há pouco diálogo entre a ciência da informação (e, no seu interior, a linguística documentária) e a ciência da computação. Defende que as ontologias concretas e as ontologias filosóficas não são eventos completamente independentes que guardam entre si apenas a similaridade de denominação e constata que a discussão sobre categorias e categorização na ciência da computação, nem sempre possui a ênfase que recebe na ciência da informação no âmbito dos estudos sobre representação do conhecimento. A abordagem do rizoma, de Deleuze e Guattari, foi tratada como provocadora de reflexões sobre a validade do modelo hierárquico arborescente e sobre as possibilidades de sua ampliação. Conclui que a construção de ontologias não pode prescindir do tratamento terminológico-conceitual, como compreendido pela terminologia e pela ciência da informação, acumulado nos referenciais teóricos e nas metodologias para construção de linguagens documentárias e que, por outro lado, a construção de linguagens documentárias mais flexíveis não pode ignorar o modelo de representação das ontologias, com mais predisposição para a formalização e para a interoperabilidade.
Título em inglês
Documentary information: contributions of ontology, terminology and documentary linguistic.
Palavras-chave em inglês
Documentary information
Documentary linguistics
Ontology
Terminology
Resumo em inglês
Investigates theoretical and practical interfaces between terminology, philosophical ontology, computational ontology and documentary linguistics and the subsidies that they offer for the construction of documentary information. It was established as specific objectives, the analysis of the production, development, implementation and use of ontologies based on the information science theories, the research on the contribution of ontologies for the development of thesauri and vice versa and the discussion of the philosophical foundation of the application of ontologies based on the study of ontological categories present in classical philosophy and in the contemporary proposals. It argues that the understanding of ontologies through the communicative theory of terminology contributes to the organization of a less quantitative access (syntactic) and more qualitative (semantic) of information. Notes that, in spite of sharing some common goals, there is little dialogue between the information science (and, inside it, the documentary linguistics) and computer science. It argues that the computational and philosophical ontologies are not completely independent events, which have among themselves only the similarity of name, and notes that the discussion of categories and categorization in computer science, does not always have the emphasis it receives in information science in studies on knowledge representation. The approach of Deleuze and Guattari's rhizome, was treated as instigator of reflections on the validity of the hierarchical tree model structure and the possibilities of its expansion. It concludes that the construction of ontologies can not ignore the terminological and conceptual analysis, as it's understood by the terminology and by the information science accumulated in the theoretical and methodological basis for the construction of indexing languages and, on the other hand, the construction of flexible indexing languages can not ignore the representational model of ontologies which are more capable for formalization and interoperability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-07-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.