• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2002.tde-23032006-021513
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Marcos Amorim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Vergueiro, Waldomiro de Castro Santos (Presidente)
Cunha, Murilo Bastos da
Ianni, Octavio
Título em português
A globalização do mercado de periódicos científicos eletrônicos e os consórcios de bibliotecas universitárias brasileiras: desafios à democratização do conhecimento científico.
Palavras-chave em português
bibliotecas digitais
Consórcios de bibliotecas (Brasil)
exclusão digital
globalização
periódicos científicos eletrônicos
Resumo em português
Esta pesquisa buscou avaliar se as bibliotecas envolvidas em atividades de consórcio estão atuando como instrumentos sociais de democratização e ampliação do acesso à informação científica através de suas políticas de desenvolvimento de coleções. Para tanto, foi realizado um estudo de caso de consórcio de bibliotecas universitárias brasileiras para aquisição de periódicos científicos. Por meio de uma postura dialética como forma de conhecimento e como método de pensar o objeto de estudo, foi realizada uma análise do contexto sócio-econômico caracterizado pela globalização eletrônica, o processo de crescente exclusão social e a mudança no fluxo do conhecimento científico para uma cultura do digital, buscando verificar quais as relações implícitas e explícitas que afetam o desenvolvimento de coleções e ampliam uma tendência marcada pelo agravamento da infoexclusão digital no Brasil em tempos recentes. Constatou-se que a forte presença de oligopólios de poder no mercado internacional de periódicos científicos e a existência de um contexto dominado pela diminuição crescente de recursos financeiros nas bibliotecas brasileiras, sobretudo a partir da década de noventa, tem restringido a amplitude das metas de consórcios e impedido que se maximize, assim, o ganho social em longo prazo. Os resultados da pesquisa também revelaram que persistem desafios para o desenvolvimento de coleções através de atividades cooperativas, dentre eles o fortalecimento das atividades de marketing executadas pelas bibliotecas participantes, permitindo maior disseminação dos recursos eletrônicos existentes e um maior poder de negociação do consórcio com os oligopólios do mercado de periódicos científicos. Além disso, ficou constatada uma carência real pela realização de novos consórcios de bibliotecas, que contemplem outros tipos de documentos que não periódicos científicos e associados às bibliotecas públicas e regionais, possibilitando uma democratização do conhecimento para uma maior parcela da sociedade, minimizando a exclusão digital existente.
Título em inglês
The globalization of the market of electronic scientific journals and the consortium of Brazilian academic libraries: challenges for democratization of the scientific knowledge.
Palavras-chave em inglês
digital apartheid
digital libraries
electronic scientific journals
globalization
Library consortia (Brazil)
Resumo em inglês
The research aimed at evaluating the consortia activities in terms of its performance as social instruments of democratization and broadening of scientific information access, by means of its policies of collection development. A case of study of brazilian University libraries’ consortia for the acquisition of scientific journals was carried out. By means of a dialectal point of view as a way to develop new knowledge and methodology for this research’s subject matter, an analyses of the electronic globalization’s social and economic context was performed, as for the growing of social exclusion, and the change in the flow of scientific knowledge towards a digital culture. The analysis above struggles to check implicit and explicit relations affecting collection development and widening a trend, marked by the gravity of current digital exclusion in Brazil. Research findings revealed that : the presence of scientific publishers monopoly power and the lower budgets of the brazilian libraries in the nineties, have restricted consortia’s purposes as well as blocked likely long-term social gains; challenges for collection development through cooperative activities still persist among them, the strenghtening of marketing actions performed by those participating libraries, allowing greater electronic resources dissemination, as well as greater negotiation posssibilities between consortium and monopolies in the scientific periodicals market ; lack of new libraries consortia embracing other types of documents – non-scientific journals – associated with public and regional libraries, allowing knowledge democratization to greater extents of society, minimizing digital exclusion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-03-29
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.