• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2018.tde-24052018-180804
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Menezes Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2017
Orientador
Banca examinadora
Navarro, Maria Fidela de Lima (Presidente)
Borges, Ana Flávia Sanches
Leal, Soraya Coelho
Pascotto, Renata Corrêa
Raggio, Daniela Prócida
Título em português
Avaliação clínica randomizada de restaurações de classe II em dentes permanentes de ART e de resina composta
Palavras-chave em português
Cárie dental
Cimento de ionômero de vidro
Dentição permanente
Ensaio clínico
Resina composta
Tratamento restaurador atraumático
Resumo em português
Este estudo avaliou a efetividade de restaurações de classe II por meio da técnica do Tratamento Restaurador Atraumático (ART), com retenções adicionais nas caixas proximais, em dentes permanentes, usando cimento de ionômero de vidro (CIV) de alta viscosidade, em comparação com restaurações convencionais de resina composta. Um exame epidemiológico foi realizado em uma população maior e representativa dos participantes da pesquisa. Cento e trinta e três participantes, de 8 a 28 anos, com boa saúde geral com uma a duas cavidades de classe II em dentes permanentes sem comprometimento pulpar e dor de dente foram incluídos neste estudo, com aprovação pelo Comitê de Ética sob o número: CAAE: 24012913.0.1001.5417. Foram feitas setenta e sete restaurações com cada material restaurador (Equia Fil-GC Corporation e Z350-3M). As restaurações foram avaliadas aos 6, 12 e 24 meses pelos critérios do ART e do Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos (USPHS) modificado. Correlação de Spearman e Regressão Linear Múltipla foram realizados entre as variáveis dor de dente, índice de placa visível (IPV), índice de sangramento gengival (ISG) e os índices CAST (The Caries Assessment Sprectrum and Treatment) e CPOD (contagem de dentes cariados, perdidos e restaurados) dos participantes do levantamento epidemiológico por meio do programa Statistica 7.1. Quanto à efetividade restauradora, os dados foram analisados, utilizando o programa SPSS 23.0, por meio dos testes de Mann-Whitnney, Qui-quadrado, Exato de Fisher, Qui-quadrado com tendência linear e Regressão logística pelo método Enter, quando pertinentes (p<0,050). O Teste de Kaplan-Meier avaliou as taxas de sobrevida das restaurações em relação ao critério do ART e USPHS modificado. O teste de Log-Rank comparou as curvas de sobrevida. Do índice CAST (1,53; 2,17) foi possível extrair o CPOD (0,58; 1,32) o qual apresentou menor especificidade e sensibilidade no registro da cárie. As taxas de sucesso para as restaurações de resina composta foram de 100% (6 meses), 98,7% (12 meses) e 91,5% (24 meses) para ambos os critérios de avaliação e para as restaurações de ART foram as mesmas para 6 meses (98,7%) e 12 meses (95,8%) e para 24 meses foram de 92% quando utilizado o critério do USPHS modificado e 90,3% quando utilizado o critério do ART, não sendo observada diferença estatística (p=0,466). As variáveis sexo, localidade, idade, CPOD, IPV, ISG, dor de dente, oclusão, contato proximal, tamanho da cavidade, anestesia e cooperação do paciente não apresentaram associação estatística com as taxas de sucesso das restaurações (p>0,050). Após 24 meses, as variáveis IPV e ISG não apresentaram odds ratio (OR) estatisticamente significante para as restaurações de ART (p>0,050). As restaurações de ART apresentaram uma sobrevida inferior pelo critério do ART (83,7%) quando comparado à sobrevida pelo critério do USPHS modificado (87,8%), após 24 meses (p=0,051). A sobrevida das restaurações de resina composta foi de 90,7% para ambos os critérios de avaliação. Conclui-se que não há diferença na taxa de sucesso de restaurações de classe II de ART com CIV de alta viscosidade, em dentes permanentes, com sulcos de retenção proximais, em comparação com restaurações de classe II de resina composta, após 24 meses.
Título em inglês
Randomized clinical trial of class II restorations of ART and composite resin in permanent teeth
Palavras-chave em inglês
Atraumatic restorative treatment
Clinical trial
Composite resin
Dental caries
Glass ionomer cement
Permanent dentition
Resumo em inglês
This study evaluated the effectiveness of Class II restorations through the Atraumatic Restorative Treatment (ART) technique, with additional retentions in the proximal boxes, in permanent teeth, using high viscosity glass ionomer cement (HVGIC), as compared to restorations of composite resin. An epidemiological examination was conducted in a larger and representative population of the participants of study. One hundred and thirty three participants, aged 8 to 28 years, with good general health with 1 to 2 class II cavities in permanent teeth without pulp involvement and tooth pain were included in this study, with was approved by the Ethics Committee under the number: CAAE: 24012913.0.1001.5417. Seventy-seven restorations were made with each restorative material (Equia Fil-GC Corporation and Z350-3M). Restorations were evaluated at 6, 12, and 24 months by the criteria of ART and the modified United States Public Health Service (USPHS). Spearman Correlation and Multiple Linear Regression were performed between the variables tooth pain, visible plaque index (VPI), gingival bleeding index (GBI) and the CAST (The Caries Assessment Sprectrum and Treatment) and DMFT (Decayed, Missing and Filled teeth) obtained at the epidemiological survey using the Statistica program 7.1. As for restorative effectiveness, data were analyzed using the Mann-Whitnney, Chi-square, Fisher's Exact, Chi-square tests with linear trend and Logistic Regression by Enter method, where relevant (p<0.050). The Kaplan-Meier test evaluated the survival rates of the restorations in relation to the ART and modified USPHS criteria. The Log-Rank test compared the survival curves. From the CAST index (1.53; 2.17) it was possible to extract the DMFT (0.58; 1.32) which presented lower specificity and sensitivity in caries detection. The success rates for composite resin restorations were 100% (6 months), 98.7% (12 months) and 91.5% (24 months) for both assessment criteria and for ART restorations were the same for 6 months (98.7%) and 12 months (95.8%) and for 24 months were 92% when using the criteria of modified USPHS and 90.3% when using the criteria of ART, and no statistical difference was observed (p=0.466). The variables gender, locality, age, DMFT, VPI, GBI, toothache, occlusion, proximal contact, cavity size, anesthesia and cooperation of the participant did not present a statistical association with the success rates of the restorations (p>0.050). After 24 months, the VPI and GBI variables did not present a statistically significant odds ratio (OR) for ART restorations (p>0.050). ART restorations presented a lower survival rate by the criteria of ART (83.7%) when compared to the criteria of USPHS modified (87.8%), after 24 months (p=0.051). The survival of composite resin restorations was 90.7% for both evaluation criteria. It was concluded that there is no difference in the success rate of class II restorations of ART with HVGIC, in permanent teeth, with proximal retention grooves, compared to class II resin composite restorations, after 24 months.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.