• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2015.tde-02062015-112846
Documento
Autor
Nome completo
Marina Ciccone Giacomini
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Wang, Linda (Presidente)
Ishikiriama, Sergio Kiyoshi
Scaffa, Polliana Mendes Cándia
Título em português
Efeito de inibidores proteolíticos na adesão de dentina desmineralizada por cárie ou erosão
Palavras-chave em português
Adesivos dentinários
Cárie dentária
Dentina
Erosão dentária
Inibidores enzimáticos
Resumo em português
A longevidade da interação estabelecida entre a união do material restaurador e substrato tem sido o foco principal da Odontologia Adesiva. Se por um lado, a dentina é alterada por desafios como a erosão e a cárie dentária, por outro lado, tecnologias que atendam às condições distintas do substrato e que possibilitem união química tem sido desenvolvidas. O objetivo desde trabalho foi avaliar o desempenho de um sistema adesivo restaurador universal (modo convencional) na resistência de união (RU) à dentina em diferentes condições (artificialmente erodida ou cariada) e pré-tratadas com inibidores proteolíticos. Noventa molares hígidos foram selecionados e preparados, obtendo-se superfícies planas que foram tratadas com lixa 600 por 1 minuto. Os espécimes foram aleatoriamente divididos em três grupos iniciais, de acordo com o substrato: N- sem simulação de desafio ácido (mantidos em saliva artificial); ERO- simulação de erosão (3x5min/5dias com suco de laranja) e CA- simulação de cárie artificial (6h desmineralizante+ 18hremineralizante/ 5 dias + 48 remineralizante). Em seguida, cada um desses grupos foi redividido em três subgrupos, de acordo com o pré-tratamento da dentina: Atratado com água; CHX- tratado com clorexidina a 2%e E-64- tratado com o inibidor E-64 a 5 μM. No total, formaram-se, 9 grupos (n=10): N-A, N-CHX, N-E-64, ERO-A, ERO-CHX, ERO-E-64, CA-A, CA-CHX, CA-E-64. Todos os espécimes foram restaurados com adesivo Adper Single Bond Universal® e com resina composta Filtek Z250. Os dentes foram cortados para a obtenção dos palitos (área de 0,64mm2 aproximadamente), que foram submetidos ao ensaio de microtração em máquina de teste a 0,5mm/min em 7 dias e 6 meses. O modo de fratura foi classificado de acordo com a análise das interfaces com microscopia ótica 40X. Os dados foram submetidos ao teste de normalidade e homogeneidade e analisados por ANOVA a três critérios e teste de Tukey (p<0,05). Os resultados demonstraram que houve interação entre o substrato x tratamento (p=0,0011) e substrato x tempo (p=0,0003). A dentina alterada por erosão e cárie artificialmente contribuíram negativamente na RU do sistema adesivo. O uso de clorexidina afetou negativamente a RU em todas as condições testadas. O E-64 mostrou-se efetiva em manter a estabilidade da união aos 6 meses para os substratos alterados. O sistema adesivo universal apresenta-se promissor para ser utilizado na dentina alterada, mantendo a resistência de união ao longo do tempo. O uso de E-64 não comprometeu a união à dentina, ao contrário do impacto no uso da solução de clorexidina.
Título em inglês
Effect of proteolytic inhibitors in carious and eroded dentin adhesion
Palavras-chave em inglês
Dental caries
Dental Erosion
Dentin
Dentin-bonding agents
Enzyme inhibitors
Resumo em inglês
The longevity of the interaction established between restorative material and substrate has been the main focus of Adhesive Dentistry. Dentin is altered through challenges as dental erosion and caries and, on the other hand, technologies that attend for particular conditions of the substrate and favors for the chemical bonding has been developed. The aim of this study was to evaluate the performance of a universal adhesive system (etch-and-rinse mode) on bonding strength (BS) to dentin in different conditions (artificial caries or erosion) and pretreated with proteolytic inhibitors. Ninety molars were selected and prepared, obtaining flat surfaces treated with 600 sandspaper for 1 minute. The specimens were randomly divided into three groups according to the substrate: N- with no challenges (stored in artificial saliva), ERO-artificial erosion simulation (3x5min/5days with orange juice) and CA- artificial caries simulation (6h demineralizing+ 18h-remineralizing/ 5 days + 48 remineralizing). Then, each of these groups was redivided into three subgroups according to the pretreatment of dentin: A- treated with water; CHX-treated with 2% chlorhexidine and E-64- treated with 5 μM E-64 inhibitor. Therefore, they constituted 9 groups (n = 10): N-A, N-CHX, N-E-64, ERO-A, ERO-CHX, ERO-E-64, CA-A, CACHX, CA-E-64. All specimens were restored with Adper Single Bond ® Universal and composite resin Filtek Z250. The teeth were cut to obtain sticks (area of approximately 0.64 mm2), which were subjected to the microtensile bond test in the testing machine at 0.5 mm/min after 7 days and 6 months. The failure mode was classified according to the analysis of interfaces by optical microscopy 40X. Data was tested to verify normal distribution and homogeneity to be analyzed with three-way ANOVA and Tukey tests (p <0.05). Data revealed interaction between substrate x treatment (p=0.0011) and between substrate x time (p=0.0003). Dentin affected by artificial erosion and caries negatively contributed to the BS. The use of chlorhexidine negatively affected the RU for all tested conditions. E-64 showed to be effective to maintain the bonding stability to affected dentin for 6 months. The universal bonding system seems to be promissory to be employed to affected dentin, maintaining the BS overtime. The use of E-64 did not affect the bonding to dentin, controversial to the use of chlorhexidine.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.