• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2015.tde-03092015-090511
Documento
Autor
Nome completo
Paula Maria Pereira Paiva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferrari, Deborah Viviane (Presidente)
Lopes, Andréa Cintra
Tanamati, Liège Franzini
Título em português
Telessaúde e audiologia: teleconsulta para o preceptorado clínico na verificação dos aparelhos de amplificação sonora individuais
Palavras-chave em português
Audiologia
Auxiliares de audição
Consulta remota
Educação a distância
Telemedicina
Resumo em português
As medidas com microfone sonda constituem o método preferencial para a verificação do Aparelho de Amplificação Sonora Individual in situ. No Brasil apenas uma pequena parcela dos fonoaudiólogos que atuam em serviços públicos realiza esse procedimento devido, principalmente, à fragilidade de treinamento profissional. O treinamento profissional continuado, aliado a um processo de preceptorado, tem potencial para modificar esta realidade. O uso da teleconsulta como forma de preceptorado clínico vem sendo sugerido na literatura e pode representar uma oportunidade importante de integração entre ensino e serviço. O objetivo do estudo foi avaliar a eficácia de um treinamento online e da teleconsulta síncrona para preceptorado clínico na realização de procedimentos de verificação do aparelho de amplificação sonora individual in situ. Participaram do estudo 50 fonoaudiólogos que atuavam no processo de seleção e verificação do AASI nos serviços públicos de Reabilitação Auditiva sendo divididos de maneira aleatória em grupos controle (n=25) e experimental (n=25). Todos os participantes tiveram acesso a um material educacional online (plataforma Moodle) sobre as medidas com microfone e sonda. No decorrer do curso realizaram procedimentos de avaliação formativa e somativa. Posteriormente, o grupo experimental participou de teleconsultas síncronas. A inabilidade para interpretação de resultados, manuseio dos equipamentos e fragilidade do treinamento profissional foram fatores que interferiram na adoção ou dificultaram o uso das MMS na prática clínica, anteriormente ao treinamento. Não foram observadas diferenças estaticamente significativas (teste U de Mann-Whitney) entre os grupos no acesso aos conteúdos do curso, nas reações ao desempenho do instrutor, a interface gráfica e ao treinamento e no benefício do treinamento online. Ocorreu diferença significativa (teste de Friedman) para análise dos acessos intragrupo. Houve correlação (Spearman) significativa e positiva entre os resultados de reação e o instrutor e com a interface gráfica. A teleconsulta foi mais utilizada com o propósito de equiparar as respostas obtidas com AASI ao target de prescrição e, ao longo do tempo, a frequência de solicitação de teleconsultas para o grupo experimental foi sendo reduzida. Concluiu-se de um modo geral que o treinamento online foi bem avaliado em todos os quesitos pelos participantes, assim como as teleconsultas e que houve benefício do treinamento nas habilidades dos participantes em interpretar os resultados das medidas com microfone sonda e tomar condutas clinicas compatíveis. Ambos os grupos apresentaram melhora para resoluções de casos clínicos após o treinamento realizado. Combinar a teleconsulta ao treinamento online não impactou estes resultados do benefício.
Título em inglês
Telehealth and audiology: teleconsultation for clinical preceptorship in the verification of individual hearing aids
Palavras-chave em inglês
Audiology
Education distance
Hearing Aids
Remote consultation
Telemedicine
Resumo em inglês
The microphone probe measurements are the preferred method for the verification of individual sound amplification device in situ. In Brazil only a small portion of the audiologists who work in public services does so mainly due to the fragility of professional training. Continued professional training, coupled with a preceptorship process, has the potential to change this reality. The use of teleconsultation as a form of clinical preceptorship has been suggested in the literature and may represent an important opportunity for integration between teaching and service. The objective of the study was to evaluate the effectiveness of an online training and synchronous teleconsultation for clinical preceptorship in procedures for verification of individual hearing aid in situ. The study included 50 audiologists who worked in the selection and verification of hearing aids in public service of Auditory Rehabilitation, divided randomly into control group (n=25) and experimental group (n=25). All participants had access to an online educational material (Moodle platform) on measures with microphone and probe. During the course they conducted formative and summative assessment procedures. Subsequently, the experimental group participated in synchronous teleconsultation. The inability to interpretation of results, handling equipment and fragility of professional training were factors that interfered in the adoption or hindered the use of MMS in clinical practice, prior to the training. Statically significant differences weren't observed (Mann-Whitney U test) between groups in access to course content, in response to instructor performance, the graphics and the training and efficiency of online training interface. Significant differences (Friedman test) occured for analysis of intra-group access. There was a significant and positive correlation (Spearman) between results of the reaction and the instructor and with the graphical interface. The teleconsultation was more used in order to match the responses obtained with HA to target prescription and over time, the frequency of teleconsultation request to the experimental group was reduced. It was concluded, in general, that online training was well rated in all aspects by the participants, as well as telconsultas and that the training was beneficial on the skills of the participants in interpreting the microphone probe measurements and take compatible clinical behavior. Both groups showed improvement in clinical cases resolutions after the training conducted. Combining teleconsultation with the online training did not affect these results the benefit.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.