• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2010.tde-24032010-151020
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Maria Calvo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Santos, Carlos Ferreira dos (Presidente)
Dekon, Aparicio Fiuza de Carvalho
Fernandes, Maria Helena Raposo
Oliveira, Sandra Helena Penha de
Sant'Ana, Eduardo
Título em português
A experiência do cirurgião-dentista tem efeito sobre a ocorrência de infecções após exodontias de terceiros molares inferiores inclusos e/ou impactados?
Palavras-chave em português
Antibiótico
Dor
Edema
Neutrófilo
Proteína C-reativa
Terceiro molar
Trismo
Resumo em português
A antibioticoterapia em cirurgias de terceiros molares inferiores inclusos e/ou impactados é um assunto controverso no meio odontológico. O objetivo do presente estudo foi elucidar a real necessidade de prescrição de antibióticos nestes tipos de cirurgias realizadas por três operadores com experiências clínicas distintas. Um especialista, uma doutoranda e um aluno do último ano da graduação realizaram 50 cirurgias cada um, todas com remoção de osso e alto grau de dificuldade. Antibióticos não foram prescritos nos períodos pré e pós-operatório. No período préoperatório, 2o e 7o dias pós-operatórios foram analisados os seguintes parâmetros: dor, edema, trismo, temperatura corpórea, níveis de proteína C-reativa e contagem de neutrófilos salivares. Durante a cirurgia foram analisados: pressão arterial sistólica, diastólica e média, oximetria, freqüência cardíaca, qualidade da anestesia, quantidade de anestésico local, sangramento, dificuldade e tempo de duração da cirurgia. No dia da retirada de pontos, 7o dia pós-cirúrgico, foi avaliada a qualidade de cicatrização e os voluntários relataram a avaliação global do período póscirúrgico. Não houve nenhum caso comprovado de alveolite ou outro tipo de infecção no local operado. O tempo de cirurgia do graduando e da doutoranda mostraram valores médios maiores que os do especialista (p<0,05). Houve diferença estatisticamente significativa entre o graduando e os outros dois operadores nos seguintes parâmetros: qualidade da anestesia, quantidade de tubetes utilizados, sangramento no momento da incisão, trismo e dor em vários momentos pósoperatórios (p<0,05). Não houve mudanças significativas nos parâmetros hemodinâmicos durante as cirurgias. Os voluntários operados pela doutoranda tiveram uma recuperação da abertura de boca melhor que os operados pelos outros dois operadores (95,88±1,67% para a doutoranda, 86,87±2,05% para o especialista e 79,51±3,05% para o graduando, p<0,05). Houve diferença estatisticamente significativa nos níveis de proteína C-reativa no 2o dia de pós-operatório entre o graduando e o especialista e entre o graduando e a doutoranda (20,39±2,77 mg/L, 18,83±3,94 mg/L e 9,31±0,68 mg/L, respectivamente, p<0,05) e na contagem de neutrófilos salivares no 2o dia de pós-operatório entre os voluntários operados pelo graduando e os operados pela doutoranda (248±41,01 e 78,40±14,51 respectivamente, p<0,05). Os voluntários operados pela doutoranda avaliaram mais positivamente o período pós-cirúrgico em relação àqueles operados pelos outros dois operadores, possivelmente pela menor força e maior delicadeza exercida no momento da cirurgia. A análise conjunta dos resultados obtidos nesta pesquisa permite concluir que a antibioticoterapia mostra-se desnecessária em cirurgias de terceiros molares com necessidade de osteotomia independentemente da experiência do operador.
Título em inglês
Does the surgeons experience affect the occurrence of infections after removal of impacted or intrabony lower third molar?
Palavras-chave em inglês
Antibiotic
C-reactive protein
Neutrophil
Pain
Swelling
Third molar
Trismus
Resumo em inglês
The use of antibiotics in lower third molar surgeries with necessity of boné removal is controversial. The aim of this study was to elucidate the real necessity of antibiotics prescription in such types of surgeries performed by three different surgeons with distinct clinical experiences. A specialist, a PhD student and a senior dental student performed 50 surgeries each, all with osteotomy and high degree of difficulty. Antibiotics were not prescribed either before or after surgeries. In the preoperatory period and on the second and seventh postoperative days, the following parameters were analyzed: pain, swelling, trismus, body temperature, C-reactive protein levels and salivary neutrophil count. During the surgeries the following parameters were analyzed: systolic, diastolic and mean arterial pressure, oxymetry, heart rate, quality of anesthesia, amount of local anesthetic, bleeding, surgery difficulty and duration of surgery. At the suture removal, seventh postoperative day, quality of wound healing and global evaluation performed by the patient were recorded. There was no confirmed case of dry socket or another type of local infection in the study. The duration of surgeries performed by the senior student and the PhD student showed higher values as compared to the specialist (p<.05). There was statistically significant difference between the senior student compared to both surgeons in the following parameters: quality of anesthesia, amount of local anesthetic, bleeding at incision time, trismus and pain at several postoperative times (p<.05). There were no significant changes in hemodynamic parameters during the surgeries. The PhD students volunteers had better recovery of mouth opening in comparison with the volunteers of the other surgeons (95.88±1.67% for the PhD student, 86.87±2.05% for the specialist, and 79.51±3.05% for the senior student, p<.05). There was significant statistically difference in C-reactive protein levels between the senior student and the specialist, and between the senior student and the PhD student (20.39±2.77 mg/L, 18.83±3.94 mg/L and 9.31±0.68 mg/L, respectively, p<.05), and in salivary neutrophil counts on the second postoperative day between the senior students patients and the PhD students patients (248±41.01 and 78.40±14.51 respectively, p<.05). The PhD students volunteers evaluated the postoperative period more positively in comparison to the volunteers of the other surgeons. Taken together, the results of the present work allow to conclude that antibiotics prescription is not necessary in lower third molar removal with osteotomy regardless of the surgeons experience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AdrianaMariaCalvo.pdf (2.91 Mbytes)
Data de Publicação
2010-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.