• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2004.tde-21032005-104116
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Viti Betti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Bramante, Clovis Monteiro (Presidente)
Bernabé, Pedro Felicio Estrada
Esberard, Roberto Miranda
Garcia, Roberto Brandao
Granjeiro, Jose Mauro
Título em português
Análises microscópica e radiográfica do reparo de defeitos confeccionados em fêmures de coelhos preenchidos com matriz óssea bovina medular em bloco ou cortical em microgrânulos
Palavras-chave em português
coelhos
fêmur de animal
medula óssea de animal
reparo ósseo
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar o reparo ósseo em defeitos de tamanho não crítico tratados com enxerto de matriz orgânica de osso bovino medular em bloco ou de osso cortical em microgrânulos de 0,25-1,0mm (ambos materiais Gen-Ox®- Baumer-SA Brasil). Foram confeccionados defeitos ósseos de 6mm de diâmetro por 8mm de profundidade usando trefina cirúrgica, em ambas epífises distais dos fêmures de coelhos machos Nova Zelândia, sendo 15 defeitos preenchidos com matriz óssea em bloco (grupo experimental I), 15 com matriz óssea em microgrânulos (grupo experimental II) e 15 com coágulo sanguíneo (controle). Os animais de cada grupo foram mortos 30, 90 e 180 dias após a cirurgia. As epífises foram coletadas, fixadas e radiografadas usando o sistema de radiografia digital Digora e filmes periapicais convencionais. As imagens digitais (modos positivo e negativo) e as radiografias convencionais foram avaliadas por dois examinadores através de escores. Após isso, as epífises foram desmineralizadas com EDTA e incluídas em parafina. Foram obtidos cortes com 6µm de espessura que foram corados com hematoxilina e eosina e com o Tricrômico de Masson e observados em microscópio óptico. Na análise microscópica, pós 30 dias, o grupo experimental II apresentou algumas partículas de material em reabsorção por células mononucleares e também uma ligeira maior quantidade de osso trabeculado que os outros grupos. Neste período, enquanto os grupos experimentais apresentaram o defeito preenchido completa ou parcialmente com osso trabeculado, o grupo controle apresentou invaginação do tecido conjuntivo para o interior de defeito, apresentando apenas uma estreita faixa de tecido ósseo de arranjo trabecular. Após 90 dias todos os grupos mostraram intensa remodelação do osso trabeculado que foi substituído por osso lamelar. Após 180 dias, em geral, ambos os grupos experimentais e o grupo controle apresentaram um reparo semelhante. Na análise radiográfica não houve diferenças estatisticamente significantes nem intra nem interexaminadores. Também não foram observadas diferenças significantes entre os grupos em todos os períodos avaliados (p>0,05). Dessa forma, pela análise radiográfica o reparo ósseo foi similar em ambos os grupos experimentais e o controle nos períodos de 30, 90 e 180 dias após a cirurgia. Apesar do reparo ser similar em ambos os grupos experimentais e o controle no período de 180 dias pela análise microscópica e em todos os períodos pela análise radiográfica, o uso da matriz óssea desmineralizada em bloco ou microgrânulos evitou a invaginação do tecido conjuntivo para o interior do defeito ósseo nas fases iniciais do reparo.
Título em inglês
Histological and radiographical analysis of the repair of rabbit femur deffects filled with bovine bone organic cancellous matrix in blocks or cortical matrix in micro granules
Resumo em inglês
The aim of this work was to verify the osseous repair in non through-andthrough defects treated with blocks of lyophilized bovine bone organic matrix of cancellous origin or micro granules (0.25-1.0 mm) of lyophilized bovine bone organic matrix of cortical origin (both materials Gen-Ox®- Baumer SA- Brazil). An osseous defect, 6mm in diameter by 8mm in depth, was created in both distal femoral epiphyses of male New Zealand White rabbits using a trephine bur. Fifteen defects were grafted with cancellous blocks (experimental group I), fifteen with cortical micro granules (experimental group II) and fifteen were filled with blood clot (control). The rabbits of each group were sacrificed 30, 90 and 180 days after surgeries. Thereafter, the epiphyses were collected and fixed. Radiographs were taken using the Digora digital radiographic system and conventional periapical films. The radiographic digital images (positive and negative) and the conventional radiographs were evaluated using scores by two examiners. After this, the epiphyses were demineralized with EDTA and embedded in paraffin. Semi-serial 6-µm thick sections were obtained, stained with hematoxylin and eosin and Masson Trichromic and examined under a light microscope. After 30 days the experimental group II presented some particles of bone matrix in resorption by mononuclear cells and a larger amount of primary woven bone than did the other groups. Both experimental groups showed total or partial closure by woven bone while the control group exhibited migration of the connective tissue into the defect area. After 90 days the experimental and control groups showed intense remodelation of neoformed woven bone that was replaced by lamellar bone. Generally, after 180 days both experimental and control groups exhibited a similar pattern of repair. In the radiographic analysis, neither intra-examiners significant differences nor interexaminers significant differences were observed. Also no significant differences among the groups in all evaluated periods were observed (p>0.05). The osseous repair evaluated by digital and conventional radiographs was similar in both experimental groups and control groups in the periods of 30, 90 and 180 days post-surgery. Although the bone formation appeared similar in the experimental and control groups after 180 days by the histological analysis and in all periods by radiographic analysis, the use of lyophilized bovine bone organic matrix in blocks or micro granules avoided the migration of connective tissue into the defect area in the initial phases of the repair.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LucianaVitiBetti.pdf (3.90 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.