• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-15102008-164844
Documento
Autor
Nome completo
Carla Renata Sipert
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Santos, Carlos Ferreira dos (Presidente)
Costa, Carlos Alberto de Souza
Garcia, Roberto Brandao
Título em português
Produção de MIP-1alfa e SDF-1 por fibroblastos de polpa dental humana em cultura frente ao desafio com Enterococcus faecalis inativado por calor
Palavras-chave em português
Fibroblastos
Inflamação
Quimiocinas
Resumo em português
A polpa dental é formada de tecido conjuntivo frouxo sendo constituída por diversas células, dentre as quais os fibroblastos são as mais numerosas. Ao serem submetidas a agressões diversas, estas células respondem com a liberação de substâncias, tais como citocinas e quimiocinas, que participam de maneira ativa no processo inflamatório. Assim sendo, este trabalho teve como proposição: 1. avaliar a capacidade de fibroblastos de polpa dental humana em cultura em produzirem as quimiocinas MIP-l'alfa' /CCL3 e SDF-1/CXCL12; 2. avaliar a produção destas quimiocinas pelos fibroblastos quando estimulados por Enterococcus faecalis morto por calor com relação à quantidade de bactérias por célula e 3. avaliar a liberação destas quimiocinas com relação ao tempo de estímulo. Para o estabelecimento das culturas, foi coletada a polpa de terceiro molar hígido de um paciente saudável. O tecido foi extraído, armazenado e picotado em meio de cultura para fibroblastos (DMEM), os quais foram utilizados a partir da quarta passagem. Após adesão das células a placas de 24 poços, o meio de cultura contendo Enterococcus .faecalis morto por calor numa concentração correspondente a 1, 10 e 100 bactérias por fibroblasto foi adicionado aos poços. Após 1, 6 e 24 horas, o sobrenadante das células foi coletado para a análise por ELISA. A análise estatística foi realizada aplicando-se o teste Kruskal-Wallis com nível de significância de 5%. A produção de MIP-l'alfa' /CCL3 e SDF-l/CXCL12 pelas células pôde ser detectada por ELISA. Os fibroblastos pulpares se mostraram capazes de produzir SDF-1 constitutivamente sendo que o estímulo bacteriano levou a uma diminuição estatisticamente significativa desta produção. A produção de MIP-l'alfa' também foi detectada tanto de maneira constitutiva como em resposta ao desafio microbiano. Enquanto a concentração intermediária de bactéria por fibroblasto (10:1) mostrou uma produção semelhante ao grupo controle, as concentrações de 1 e 100 bactérias por fibroblasto induziram aumento maior na primeira hora de estímulo. Essas diferenças, entretanto, não foram estatisticamente significativas. A capacidade dos fibroblastos secretarem quimiocinas, como MIP-l'alfa' e SDF-1, reforça a importância dessas células dentro do contexto de imunidade e inflamação pulpar, principalmente por serem as células mais numerosas deste microambiente.
Título em inglês
Production of MIP-1alfa and SDF-1 by cultured human dental pulp fibroblasts challenged by heat killed Enterococcus faecalis
Palavras-chave em inglês
Chemokines
Fibroblasts
Inflammation
Resumo em inglês
Dental pulp is a connective tissue structure constituted by many different cell types. Among them, the fibroblasts are the most frequent ones. When challenged by different aggressive agents, these cells are able to release some substances like cytokines and chemokines, which are essential to trigger the inflammatory process. The aims of this study were: 1. to evaluate the ability of fibroblasts to produce the chemokines MIP-l'alfa'/CCL3) and SDF-1/CXCL12; 2. to evaluate the expression of these chemokines by fibroblasts when challenged by heat killed Enterococcus. faecalis in gradual concentrations and 3. to evaluate the production of these chemokines in a time course manner. The dental pulp from non-carious third molar was collected from a healthy patient. Explants were made and stocked in culture medium (DMEM) for fibroblasts growth. The cells were used since passage four. In a 24-well plate and after reaching confluence, culture medium alone or containing heat killed E. faecalis at proportion 1:1, 10:1 and 100:1 bacteria:fibroblast, were added to the fibroblasts. After 1, 6 and 24 hours, the supernatants were collected for analysis. The protein detection of MIP-l'alfa'/CCL3 and SDF-1/CXCL12 was performed by ELISA. For statistical analysis, data were assessed by Kruskal-Wallis followed by Miller post-test. Significance levels of 5% were adopted. Production of both chemokines was detected by ELISA. Pulp fibroblasts were able to produce SDF-1 constitutively. This production decreased with the increase in the number of heat killed E. faecalis increased (p < 0.05). Production of MIP-l'alfa' was detected in unchallenged and challenged cells. The median bacterial concentration (10:1) presented a profile production similar to that of unstimulated cells. Bacterial concentrations of 1 and 100 microrganisms/cell showed a highly enhanced production of MIP-l'alfa' at the first hour of stimulum; however, these data were not statistically significant (p > 0.05). Fibroblasts ability to produce chemokines, like MIP-l'alfa' and SDF-1, confirms their importance at immune and inflammatory events in dental pulp, specially being fibroblasts the most abundant cells at this microenvironment .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlaSipert.pdf (3.20 Mbytes)
Data de Publicação
2008-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.