• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2000.tde-21032005-090131
Documento
Autor
Nome completo
Maria Renata Sales Nogueira Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2000
Orientador
Banca examinadora
Assis, Gerson Francisco de (Presidente)
Consolaro, Alberto
Dainesi, Eduardo Alvares
Título em português
Análise morfológica da matriz do esmalte de incisivos de ratos submetido à fluorose
Palavras-chave em português
esmalte dentário
fluorose dentária
histologia e embriologia bucal
morfologia dentária
Resumo em português
As amelogeninas representam o principal grupo de proteínas do esmalte e a sua retenção pós-transicional apresenta-se como um dos fatores relacionados à patogenia da fluorose dentária. O padrão de distribuição das amelogeninas, em dentes com fluorose, foi descrito por técnica imuno-histoquímica e o comprimento linear da matriz orgânica do esmalte foi determinado por análise morfométrica. Foram utilizados 15 ratos, divididos em três grupos e tratados com 100 ppm, sete ppm e com água deionizada, durante 42 dias. Os resultados obtidos por imunohistoquímica indicaram possíveis variações na exposição dos epítopos de amelogeninas, que foram evidenciadas de forma heterogênea. Os resultados da análise morfométrica permitiram a constatação de que não houve diferenças significantes entre os grupos tratados com 7ppm de fluoreto de sódio e com água deionizada ao longo da fase secretora da matriz, e que no grupo com fluorose induzida por 100ppm, o comprimento linear da matriz foi 300% maior, em relação aos outros grupos testados. Observou-se ainda que, a densidade óptica da matriz orgânica manteve-se mais densa e homogênea após o início da fase de maturação do esmalte. Concluiu-se que, frente à metodologia adotada, 100 ppm de fluoreto de sódio reservam a capacidade de reter as proteínas do esmalte ao longo da fase de maturação, onde deveriam ser clivadas e reabsorvidas, resultando em um padrão morfológico macroscópico de hipomineralização, característico da fluorose dentária.
Resumo em inglês
Amelogenins represents the major dental enamel protein motif and its posttransitional retention comes as one of the main factors related to fluorosis pathogenesis. The amelogenins distribution pattern in fluorotic teeth was described by immunohistochemistry and the length of organic matrix was determined by morfometric analysis. Fifteen rats were divided in three groups and treated for 42 days with 100ppm sodium fluoride, 7ppm and with deionizaded water. The immunohistochemistry results displaied amelogenins in a by heterogeneous way, indicating possible variations in the proteins epitopes exposition. The results of morfometric analysis at matrix secretion allowed the verification of no significant differences betwen the group with 7ppm and with deionizaded water. In group with fluorosis induced by 100ppm, the matrix length was 300% longer, whem compared to the other tested groups. It was observed although, that matrix optical density stayed denser and homogeneous after the beginning of the maturation phase, indicating its post-transitional retention. It was ended, front to the adopted methodology, that 100 ppm of sodium fluoride reserves the capacity to retain the enamel proteins along the maturation phase, where they should be resorperd. The result is a hypomineralized pattern, characteristic of the dental fluorosis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MariaRenataCosta.pdf (1.53 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.