• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2008.tde-16042009-093438
Documento
Autor
Nome completo
Michele Conceição Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2008
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Denise Tostes (Presidente)
Campanelli, Ana Paula
Hanemann, João Adolfo Costa
Rogatto, Silvia Regina
Taveira, Luis Antonio de Assis
Título em português
Associação do polimorfismo do gene da proteína catiônica eosinofílica com a eosinofilia tecidual associada aos tumores em carcinomas espinocelulares de boca
Palavras-chave em português
carcinoma espinocelular
ECP
eosinófilos
polimorfismo genético
prognóstico
Resumo em português
A proteína catiônica eosinofílica (ECP) presente nos grânulos específicos dos eosinófilos apresenta atividade citotóxica, particularmente para células tumorais, entretanto a função exata dos eosinófilos e de seus produtos nas neoplasias malignas continua obscura. O objetivo desse trabalho foi investigar a prevalência do polimorfismo 434(G>C) do gene ECP em pacientes com carcinoma espinocelular (CEC) de boca e sua correlação com a eosinofilia tecidual associada aos tumores (TATE), bem como com as características demográficas, clínicas e microscópicas. O genótipo 434 do gene ECP em 165 pacientes saudáveis e em 157 pacientes com CEC de boca, tratados no Hospital do Câncer A.C. Camargo entre 1984 a 2002, foi detectado pela clivagem da seqüência específica de DNA amplificada com a enzima de restrição PstI e análise dos produtos de clivagem pela eletroforese em gel de agarose. A TATE foi determinada por análise morfométrica. A associação entre os genótipos, a intensidade da TATE e as variáveis demográficas, clínicas e microscópicas foi avaliada pelo teste qui-quadrado ou teste exato de Fisher. As análises das sobrevidas global, livre de doença e específica por câncer foram feitas pelo estimador limite de Kaplan-Meier e a comparação das curvas de sobrevida foi realizada utilizando-se o teste log-rank. Notou-se uma predominância dos indivíduos heterozigotos para o polimorfismo 434(G>C) do gene ECP. Nenhuma diferença estatística significativa foi obtida entre os diferentes genótipos, a intensidade da TATE e as variáveis demográficas, clínicas e microscópicas. Uma maior freqüência de esvaziamento cervical bilateral, recidiva local, embolização vascular, comprometimento das margens cirúrgicas e realização de radioterapia pós-operatória foi observada nos pacientes com CEC de boca, TATE intensa e genótipos 434GC/CC. Não houve correlação estatística significativa entre os diferentes genótipos 434 do gene ECP e as sobrevidas global, livre de doença e específica por câncer. Baseados em nossos resultados, concluímos que houve uma tendência de os pacientes com CEC de boca, intensa eosinofilia tecidual e genótipos 434GC/CC do gene ECP apresentarem uma evolução clínica desfavorável, quando comparados aos indivíduos com genótipo 434GG, provavelmente pela presença de uma variante genética dessa proteína com propriedades citotóxicas alteradas.
Título em inglês
Association of eosinophil cationic protein gene polymorphism with tumor-associated tissue eosinophilia in oral squamous cell carcinomas
Palavras-chave em inglês
ECP
eosinophils
gene polymorphism
prognosis
squamous cell carcinoma
Resumo em inglês
Eosinophil cationic protein (ECP), found in secretory granules of human eosinophils, presents cytotoxic activity, particularly against cancer cells. The specific functional role of eosinophils in solid malignant tumors remains unclear. The aim of this study was to investigate the prevalence of the ECP-gene polymorphism 434(G>C) in oral squamous cell carcinoma (OSCC) patients and its association with tumor-associated tissue eosinophilia (TATE), as well as demographic, clinical and microscopic variables. The 434 genotypes in the ECP-gene of 165 healthy individuals and 157 OSCC patients, submitted to surgical treatment at the Hospital A.C. Camargo from 1984 to 2002, were detected by cleavage of the amplified DNA sequence with restriction enzyme PstI and analyses of the cleaved product by agarose gel electrophoresis. TATE, in OSCC, was obtained by morphometric analysis. Chisquare test or Fishers exact test was used to analyze the association among ECP-gene polymorphism 434(G>C), TATE, demographic, clinical and microscopic variables. Diseasefree survival and overall survival were calculated by the Kaplan-Meier product-limit actuarial method and the comparison of the survival curves were performed using log rank test. Most of healthy individuals and OSCC patients showed the genotype 434GC. There was no statistical association among 434 genotypes, TATE intensity and demographic, clinical or microscopic variables of OSCC patients. Higher frequency of bilateral neck dissection, local recurrence, vascular embolization, involved resection margins and postoperative radiotherapy was detected in OSCC patients with intense TATE and 434GC/CC genotypes. No statistically significant differences on survival rates were found among 434 genotypes. In conclusion, these results suggest a tendency of worse clinical outcome in OSCC patients with intense TATE and 434GC/CC genotypes, probably due an ECP genetic variant with altered cytotoxic activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-16
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Almeida, AS, et al. Podoplanin and VEGF-C immunoexpression in oral squamous cell carcinomas: prognosis significance. Anticancer Research, 2013, vol. 33, p. 3969-3976.
  • Faustino, S E S, et al. Recurrent peripheral odontogenic keratocyst: a case report [doi:10.1259/dmfr/23478898]. Dento-Maxillo-Facial Radiology [online], 2008, vol. 37, p. 412-414.
  • Figliolia, SLC, et al. Oral mucositis in acute lymphoblastic leukaemia: analysis of 169 paediatric patients [doi:10.1111/j.1601-0825.2008.01468.x]. Oral Diseases [online], 2008, vol. 14, p. 761-766.
  • Marocchio, Luciana S., et al. Oral plexiform neurofibroma not associated with neurofibromatosis type I: case report [doi:10.2334/josnusd.48.157]. Journal of Oral Science [online], 2006, vol. 48, nº 03, p. 157-160.
  • MAROCCHIO, Luciana Sassa, et al. Sporadic and multiple neurofibromas in the head and neck region: a retrospective study of 33 years [doi:10.1007/s00784-006-0096-6]. Clinical Oral Investigations [online], 2007, vol. 11, p. 165-169.
  • Oliveira, PCR, et al. Eosinophil cationic protein: overview of biological and genetic features [doi:10.1089/dna.2012.1729]. DNA and Cell Biology [online], 2012, vol. 31, p. 1442-1446.
  • Oliveira, POL, et al. Hypoxic condition and prognosis in oral squamous cell carcinoma. Anticancer Research, 2014, vol. 34, p. 605-612.
  • PEREIRA, Michele C, et al. The 434(G>C) polymorphism in the eosinophil cationic protein gene and its association with tissue eosinophilia in oral squamous cell carcinomas [doi:10.1111/j.1600-0714.2009.00795.x]. Journal of Oral Pathology and Medicine [online], 2010, vol. 39, p. 56-62.
  • PEREIRA, Michele Conceição, et al. Histological subtypes of the oral squamous cell carcinoma: prognostic relevance. Journal - Canadian Dental Association, 2007, vol. 73, p. 339-344.
  • PEREIRA, Michele Conceição, OLIVEIRA, D. T., and KOWALSKI, Luiz Paulo. The role of eosinophils and eosinophil cationic protein in oral cancer: a review [doi:10.1016/j.archoralbio.2010.10.015]. Archives of Oral Biology [online], 2011, vol. 57, p. 353-358.
  • MAROCCHIO, Luciana Sassa, et al. Isolated neurofibromas in the head and neck: clinical and histopathological considerations. Journal of Oral Pathology and Medicine, 2006, vol. 35, nº 07, p. 453-454. Abstract.
  • MAROCCHIO, Luciana Sassa, et al. Neurofibroma isolado na região de cabeça e pescoço: considerações clínicas e histopatológicas. In I Encontro de Pós-graduação da Faculdade de Odontologia de Bauru, Bauru, 2006. I Encontro de Pós-graduação da Faculdade de Odontologia de Bauru., 2006. Resumo.
  • Oliveira, POL, et al. Efecto de la proteína catiónica de eosinófilos en la viabilidad de linajes celulares derivados de cáncer bucal. In X Reunión Internacional de la Academia Iberoamericana de Patologia y Medicina Bucal y IV Congreso Internacional de Patologia y Cirurgia Bucomaxilofacial., Cartagena, 2012. Medicina Oral, Patología Oral y Cirugía Bucal (Ed. impresa)., 2012. Resumo.
  • Pereira, M.C., et al. P3.64. The 434(G>C) polymorphism in the eosinophil cationic protein gene and its association with tissue eosinophilia in oral squamous cell carcinomas [doi:10.1016/j.oos.2009.06.590]. In Second World Congress of the International Academy of Oral Oncology, Toronto - Canadá. Oral Oncology Supplement., 2009. Abstract.
  • PEREIRA, Michele Conceição, et al. Fatores de risco para mucosite bucal em pacientes com leucemia linfóide aguda submetidos a diferentes protocolos de tratamento. In XXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica - II Reunião da Federação Latinoamericana / IADR., Atibaia, 2007. Braz Oral Res., 2007. Resumo.
  • PEREIRA, Michele Conceição, et al. Polimorfismo do gene da proteína catiônica eosinofílica e sua relação com a eosinofilia tecidual em carcinomas espinocelulares de boca. In XXV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica - III Reunião da Federação Latinoamericana / IADR, Águas de Lindóia, 2008. Braz Oral Res., 2008. Resumo.
  • FIAMENGUI FILHO, Jorge, et al. Recidiva local do carcinoma verrucoso de boca após tratamento cirúrgico. In XXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas, Atibaia, 2006. XXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas., 2006. Resumo.
  • MAROCCHIO, Luciana Sassa, et al. Isolated neurofibromas in the head and neck: clinical and histopathological considerations. In 13th International Congress on Oral Pathology and Medicine, Brisbane, 2006. 13th International Congress on Oral Pathology and Medicine., 2006. Abstract.
  • Menção Honrosa com o trabalho "Fatores de risco para mucosite bucal em pacientes com leucemia linfóide aguda submetidos a diferentes protocolos de tratamento" - Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica - International Association Dental Research
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.