• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-04042005-144152
Documento
Autor
Nome completo
Murilo Pereira de Melo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Valle, Accacio Lins do (Presidente)
Moraes, Newton Expedito de
Salvador, Milton Carlos Goncalves
Título em português
Avaliação da resistência à fratura de dentes tratados endodonticamente com pinos pré-fabricados e resinas compostas variando a quantidade de remanescente dentário coronal
Palavras-chave em português
fraturas dos dentes
pinos dentários
reabilitação bucal
resinas compostas
Resumo em português
O objetivo desta pesquisa foi avaliar a influência do remanescente dentário coronal de dentes tratados endodonticamente, restaurados com pinos pré-fabricados e duas resinas como núcleos de preenchimento, uma de presa dual (Enforce Core) e outra fotopolimerizável (Z-250). Foram utilizados 40 caninos superiores humanos extraídos, divididos em quatro grupos de 10 espécimes: Grupo l – com remanescente dentário coronal de 3mm e restaurados com Enforce Core; Grupo ll – com remanescente dentário coronal de 3mm e restaurado com Z-250; Grupo III – sem remanescente dentário coronal e restaurado com Enforce Core; Grupo IV – sem remanescente dentário coronal e restaurado com Z-250. Após restaurados, os dentes foram levados a uma Máquina de Ensaio Universal e submetidos a uma força de compressão à 45º até que ocorresse fratura da restauração. A análise dos resultados (ANOVA, p>0,05) mostrou não haver diferença estatisticamente significativa entre os dentes com e sem remanescente dentário coronal. Com relação ao material utilizado para o preenchimento coronário, constatou-se diferença significativa, sendo que os valores mais elevados de resistência à fratura foram encontrados no grupo restaurado com a resina fotopolimerizável.
Título em inglês
Fracture strength assessment of teeth endodontically treated, restored with prefabricated posts and compound resins, and varying amount of remaining coronal dental structure
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the remaining coronal dental structure influence of endodontically treated teeth, restored with prefabricated posts and two different types of resin filling cores, a dual cure resin (Enforce Core) and a photopolymerizing resin (Z-250). 40 extracted upper canine human teeth were used, divided into four groups of 10 specimens each: Group I – with coronal dental structure of 3mm restored with Enforce Core; Group II – with coronal dental structure of 3mm restored with Z-250; Group III – without any remaining coronal dental structure restored with Enforce Core; Group IV – without any remaining coronal dental structure restored with Z-250. After the complete restoration, the teeth were taken to a universal test machine, and then submitted to compression forces at 45º, until reaching the fracture of the restoration. The analysis of the results (ANOVA, p>0,05) showed no statistically significant difference between the teeth with or without coronal dental structure. In relation to the material used for the coronal filling, there has been a statistically significant difference. Higher fracture strength values were found in the group restored with photopolymerizing resin.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.