• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2002.tde-21032005-093743
Documento
Autor
Nome completo
Sara Nader Marta
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Lima, Jose Eduardo de Oliveira (Presidente)
Araujo, Paulo Amarante de
Carrara, Carlos Eduardo
Cunha, Robson Frederico
Silva, Salete Moura Bonifacio da
Título em português
Avaliação in situ do efeito de dentifrícios com e sem flúor associados ou não à profilaxia profissional com jato de bicarbonato de sódio sobre a remineralização do esmalte dental
Palavras-chave em português
dentifrício
dentifrício fluorado
profilaxia dentária
remineralização dentária
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar, “in situ”, o potencial de remineralização do dentifrício fluoretado ou não, isoladamente ou associado à profilaxia profissional com jato de bicarbonato de sódio, em esmalte de dentes bovinos com lesão superficial artificial de cárie. Foram selecionados 10 voluntários jovens, não fumantes, que não estavam usando medicamentos e sem lesões de cárie ativa. Esses utilizaram dispositivos intrabucais palatinos contendo 2 blocos de esmalte bovino (4 x 4 x 2 mm), desmineralizados artificialmente com solução de ácido láctico 0,05M pH 5,0, 50% saturado com esmalte dental bovino (EDB), colocados no mesmo nível da resina do dispositivo, durante 4 períodos cruzados de 10 dias, com intervalo de descanso de 7 dias entre eles. Os voluntários realizaram higiene bucal (4 vezes/dia após as refeições) com o dentifrício indicado para o período e, nos intervalos de descanso, só com dentifrício não fluoretado, com a recomendação de não escovar os fragmentos de esmalte. Foram utilizados 80 blocos de esmalte, nos quais realizaram-se as medições de microdureza superficial, com penetrador Knoop e carga de 50 g por 7 s, em 3 momentos: esmalte hígido (EH), desmineralizado (ED) e tratado (ET), para o cálculo do percentual de recuperação da dureza inicial (% rem). Foram estabelecidos 4 grupos de estudo: Grupo 1 - controle - escovação com creme dental sem flúor (Ds/F); Grupo 2 - escovação com dentifrício fluoretado 1500 ppm de flúor MFP (DF); Grupo 3 - antes da instalação do dispositivo realizou-se uma profilaxia com jato de bicarbonato de sódio; em seguida, os voluntários foram orientados a proceder a escovação com dentifrício sem flúor (PDs/F); Grupo 4 - profilaxia e uso de dentifrício fluoretado (PDF). A análise estatística foi realizada com auxílio do “software” Sigma Stat. Através do teste “t” de Student pareado, comparou-se a microdureza inicial e final de cada grupo isoladamente, que mostrou diferença estatisticamente significativa (p<0,0001), para todos os grupos. A análise de variância (Kruskal-Wallis, p=2,03x10-7) e o teste Student-Newman-Keuls (p<0,05) , realizados para a comparação entre as % rem dos 4 grupos, indicaram diferenças entre todos eles, com exceção de G2 (DF) e G4(PDF). A partir destes resultados verificou-se que a remineralização ocorreu em todos os grupos isoladamente e foi potencializada nos grupos em que o flúor (do dentifrício) estava presente, com as médias das % rem de 34,28 %; 33,71%; 26,80% e 15,49% para os grupos G2, G4, G3 e G1, respectivamente. A associação da profilaxia profissional não alterou o desempenho da remineralização para os grupos que utilizaram o dentifrício fluoretado (% rem G4 = % rem G2). Porém, na ausência do flúor, o efeito da remoção total da placa bacteriana foi significativo em favor do processo de remineralização (% rem G3 > % rem G1).
Título em inglês
In situ evaluation on dental enamel remineralization after the use of fluoridated and non-fluoridated toothpaste with or without prophylaxis using sodium bicarbonate under pressure
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate, in situ, the potencial effect of remineralization after the use of fluoridated and non-fluoridated toothpaste, with or without prophylaxis using the bicarbonate of sodium under pressure, on bovine teeth enamel with artificial external carie lesions. During a crossover study in four phases of ten days, with a seven-day pause, ten volunteers, using acrylic palatal appliances containing two polished bovine enamel slabs (4 x 4 x 2 mm), artificially demineralized in 0,05M lactic solution and 5,0 pH with saturation of 50% (EDB), took part in this study. They brushed their teeth four times a day, after meals, with the dentifrice indicated in each phase with a non-fluoridated dentifrice used in the pause intervals. Slabs enamel surface microhardness was evaluated through Knoop process and, in a charge of 50 g per 7 s, it was divided in three kinds of enamel: healthy (EH), demineralized (ED) and treated (ET) in order to set the retrieval rate of the initial hardness (%rem). They were divided into four different groups: G1 – control – with non-fluoridated toothpaste (DsF); G2 – 1500 ppm MFP fluoridated toothpaste (DF); G3 –nonfluoridated toothpaste, but having a previous prophylaxis with bicarbonate of sodium under pressure (PDsF); and G4 – with fluoridated toothpaste and prophylaxis (PDF). The pairedt test showed that initial microhardness and the final one were different at those four observed phases (p<0,0001). The variance analysis (Kruskal-Wallis, p=2,03 x 10-7) andthe Student-Newman-Keuls Test (p<0,05), set to compare %rem of the 4 groups, showed differences in all of them, excepting in G2 (DF) and G4 (PDF). These data made evident that remineralization occurred in all groups and that the process was stronger in those which made use of fluoridated dentrifice, shown in the rates of %rem indicated by 34,28%; 33,71% 26,80% and 15,49% to the groups G2, G4, G3 and G1, respectively. Professional prophylaxis wasn’t efficient only on the groups that made use of fluoridade dentifrice (%remG4 = %remG2), however, in the fluoride absence, the removal of the bacterial plaque helped to increase the remineralization process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SaraNaderMarta.pdf (1.94 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.