• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-15102008-151458
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Camolese Fornetti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Abdo, Ruy Cesar Camargo (Presidente)
Duarte, Marco Antonio Hungaro
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira
Título em português
Estudo clínico e radiográfico do formocresol de Buckley diluído a 1/5 e do cimento Portland utilizados para pulpotomia em dentes decíduos humanos
Palavras-chave em português
Cimento Portland
Dente decíduo
Formocresol
Pulpotomia
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia clínica e radiográfica do formocresol de Buckley diluído a 1/5 e do cimento Portland como agentes capeadores pulpares em dentes decíduos humanos acometidos por cárie extensa. Sessenta e oito molares decíduos inferiores de 52 crianças com idades entre 5 e 9 anos foram criteriosamente selecionados. Os dentes foram aleatoriamente divididos nos grupos formocresol ou cimento Portland e tratados pela técnica convencional de pulpotomia. Após a remoção da polpa coronária e hemostasia, no grupo do formocresol (34 dentes), uma bolinha de algodão embebida na solução foi colocada por 5 minutos sobre o remanescente pulpar e então a câmara pulpar preenchida com óxido de zinco e eugenol. No outro grupo (34 dentes), uma camada de 1mm de espessura de cimento Portland foi acomodada sobre o remanescente pulpar. Todos os dentes foram restaurados com uma base de óxido de zinco e eugenol reforçado (IRM) e cimento de ionômero de vidro modificado por resina. As avaliações clínicas e radiográficas foram realizadas nos períodos de 3, 6 e 12 meses do pós-operatório. Os 68 dentes foram avaliados nos períodos de 3 e 6 meses. Entretanto, aos 12 meses, 6 dentes não puderam ser avaliados (4 dentes esfoliaram naturalmente e 2 crianças mudaram de endereço). Nenhum sinal de falha clínica foi observado, para ambos os grupos, em todos os períodos avaliados. A avaliação radiográfica revelou apenas um caso de reabsorção interna, detectada aos 3 meses do pós-operatório, no grupo do formocresol. A presença de barreira dentinária foi detectada em 2 dentes do grupo do cimento Portland. Diferenças estatisticamente significante entre os grupos foram observadas apenas quando avaliadas a coloração da coroa dentária e a obliteração do canal radicular, verificadas em todos os períodos avaliados, em todos os dentes do grupo do cimento Portland. O cimento Portland parece ser um possível substituto do formocresol em pulpotomias de dentes decíduos. Embora os resultados sejam encorajadores, estudos futuros e com acompanhamentos em longo prazo são necessários para se determinar a indicação clínica segura do cimento Portland
Título em inglês
Clinical and radiographic study on 1: 5 dilution of Buckley's formocresol and Portland cement used for pulpotomias of human primary teeth
Palavras-chave em inglês
Formocresol
Portland cement
Primary teeth
Pulpotomy
Resumo em inglês
The aim of this study was to compare the clinical and radiographic effectiveness of formocresol and Portland cement as pulp dressing agents in carious primary teeth. Sixty eight primary mandibular molars of 52 children between 5 and 9 years old were criteriously selected. The teeth were randomly assigned to formocresol or Portland cement groups, and treated by a conventional pulpotomy technique. After coronal pulp removal and hemostasis, in the formocresol group (34 teeth), a cotton pellet, soaked in the solution, was placed for 5 minutes over the pulp stumps and then the pulp chamber was filled with zinc oxide-eugenol paste. In the other group (34 teeth), an 1 mm-thick paste of Portland cement was placed over the pulp stumps. All the teeth were restored with reinforced zinc oxide-eugenol base and resin modified glass ionomer cement. Clinical and radiographic evaluations were recorded at 3, 6 and 12-month follow-up. The sixty eight teeth were available for 3 and 6-month follow-up; however, at 12-month follow-up appointment, 6 teeth could not be assessed (4 teeth exfoliated and 2 children had their address changed). No signs of clinical failure were observed at all follow-up appointments in both group. The radiographic evaluation revealed only one case of internal resorption detected at 3-month follow-up in the formocresol group. Dentine bridge was detected in 2 teeth in the Portland cement group. Statistically significant difference was only observed between both groups when assessing tooth crown discoloration and pulp canal obliteration, which were observed in all teeth treated with Portland cement at all follow-up appointments. Portland cement may serve as an effective substitute of formocresol in primary molar pulpotomies. Although our results are very encouraging, further studies and longer follow-up assessment are needed in order to determine the safety clinical indication of Portland cement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaFornetti.pdf (7.79 Mbytes)
Data de Publicação
2008-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.