• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2009.tde-02072009-154931
Documento
Autor
Nome completo
Carla Vecchione Gurgel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2009
Orientador
Banca examinadora
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira (Presidente)
Buzalaf, Marília Afonso Rabelo
Correa, Maria Salete Nahás Pires
Título em português
Avaliação da prevalência e etiologia da erosão dentária em adolescentes
Palavras-chave em português
Adolescente
Erosão dentária
Prevalência
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência da erosão dentária em adolescentes e os possíveis fatores etiológicos extrínsecos e intrínsecos envolvidos nesse processo. A amostra consistiu de 414 adolescentes com 12 e 16 anos de idade, de ambos os gêneros, matriculados em escolas públicas ou privadas da cidade de Bauru/SP. O exame clínico foi realizado por dois examinadores previamente calibrados (Kappa = 0.85), que utilizaram o índice de OBrien (1994) para avaliar as faces vestibulares e palatinas dos incisivos superiores e a oclusal dos primeiros molares permanentes. Um questionário foi aplicado para pesquisar sobre dieta, história médica e hábitos dos adolescentes. Os dados foram devidamente analisados através da estatística descritiva e dos testes do Qui-Quadrado e de Mann-Whitney. Foi adotado nível de significância de 5% para que as diferenças sejam consideradas estatisticamente significantes. A prevalência de erosão foi de 20% na amostra estudada, com envolvimento apenas de esmalte. Nenhuma superfície apresentou erosão em dentina (código 2) ou exposição pulpar (código 3). A face vestibular foi a mais acometida (16,1%) e a face oclusal a menos acometida (1,3%). Não houve diferenças estatisticamente significantes entre gênero, condição sócio-econômica e tipo de escola. Nenhum dos fatores de risco pesquisados no questionário apresentou uma associação significativa com a erosão. Os resultados deste estudo sugerem que a erosão dentária foi uma condição observada na amostra estudada e não houve correlação entre esta ocorrência e as condições e hábitos de vida desta população.
Título em inglês
The prevalence and etiology of dental erosion in adolescents
Palavras-chave em inglês
Adolescents
Dental erosion
Prevalence
Resumo em inglês
The aim of this study was to assess the prevalence of dental erosion in adolescents and determine the possible etiological factors. A sample of 414 adolescents (12- and 16-year-old) from private and public schools in Bauru participated in this study. For the dental examination, two examiners previously calibrated (kappa=0,85) made the evaluation on the labial and palatine surfaces of the maxillary permanent incisors and on the oclusal surface of the first permanent molars for the presence of dental erosion using the OBrien (1994) index. Data on dietary habits, oral hygiene practices and medical background were collected by a structured questionnaire completed by the adolescents. Descriptive statistics were applied to the data and the associations between dental erosion and the variables under study were investigated by Chi-square and Mann-Whitney analysis. The statistical significance level was set at 5%. The prevalence of dental erosion was 20% in this sample, with only enamel been involved. Erosion affecting dentine (score 2) or pulpar exposure (score 3) were not observed. The labial was the most affected surface (16,1%) and the oclusal surface the least (1,3%). There were no statistically significant differences between the presence of erosion and gender, socioeconomic status and type of school. The risk factors investigated in the questionnaire were not associated with the presence of erosion. The results of this study indicate that dental erosion was observed among adolescents in Bauru/SP and there was no correlation between this condition and the life habits of this population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.