• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.1999.tde-03012005-163532
Documento
Autor
Nome completo
Edevaldo Tadeu Camarini
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 1999
Orientador
Banca examinadora
Chinellato, Luiz Eduardo Montenegro (Presidente)
Marquez, Iris Malagoni
Tomita, Nilce Emy
Título em português
Estudo Epidemiológico dos Carcinomas Espinocelulares de Boca nas Cidades de Bauru e Jau, Estado de São Paulo, Brasil.
Palavras-chave em português
carcinoma
diagnostico bucal
Resumo em português
Os carcinomas espinocelulares têm sido objeto de estudos em várias partes do mundo, apesar dos inúmeros relatos epidemiológicos existentes na literatura estrangeira, os levantamentos estatísticos no Brasil são escassos, principalmente na área odontológica. Por isso nosso objetivo de obter dados regionais sobre o Câncer de boca. Foram consultados os arquivos dos laboratórios de Anatomia Patológica de Bauru e Jaú, durante um período de 20 anos (1.976 - 1.995) e coletados dados referentes à identificação dos pacientes (gênero, cor, idade), e localização das lesões nas diversas áreas da boca. Após análise dos dados obtidos, tornou-se possível concluir que, os carcinomas espinocelulares acometeram em 81,1% indivíduos do gênero masculino e 19,9% para o feminino, 91,58% para os indivíduos da cor branca, 1,8% negra, 0,32% parda, 0,12% amarela, em 6,18% dos casos não foi especificada. A faixa etária que apresentou a maior freqüência foi a sexta década de vida, a seguir a sétima década posteriormente a oitava década. De maneira geral, os resultados obtidos nesta pesquisa mostraram, que o câncer bucal constitui-se em um problema de saúde pública e que há necessidade de programas preventivos para a detecção precoce dos carcinomas espinocelulares de boca.
Resumo em inglês
Squamous cell carcinoma has been the object of studies in several places in the world for decades, and, although there are numerous reports in the literature, its diagnosis remains a challenge. The records of the Histopathology laboratories of Bauru and Jaú were checked, during a period of 20 years (1976-1995). Data concerning the identification of pacients (gender, race, age) and region and site of intraoral involvement were collected. The analysis of the data obtained allowed us to conclude that affected individuals were: according to gender 81,1% males and 19,9% females, according to the race: 91,58% caucasian, 1,8% negro, 0,32% mulatto, 0,12% yellow, 6,18% non-specied race. According to the age the sixth decade was predominantly affected followed by the seventh and the eighth decade. Data obtained in this study show that oral cancer is a public health problem and there is a need of preventive programs for the early detection of squamous cell carcinoma.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Edevaldo.pdf (1.82 Mbytes)
Data de Publicação
2005-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.